Reabertura das fronteiras do Chile para brasileiros: conheça os protocolos

cerro san cristobal teleferico santiago

Com a reabertura do Chile, turistas brasileiros poderão visitar o Cerro San Critóbal (e outros pontos) seguindo protocolos | Foto: Passagens Imperdíveis

O Chile reabriu as fronteiras para turistas estrangeiros, inclusive brasileiros, desde que obedeça os protocolos de entrada.

Requisitos para viajantes brasileiros entrarem no Chile

Saiba quais são os requisitos para brasileiros entrarem no Chile durante a pandemia de Covid-19:

  • Teste PCR negativo de Covid-19: realizado até 72 horas antes de embarcar; nos voos com escala é considerado desde o último embarque
  • Certificado de vacinação: apresentar esquema vacinal completo, que deve ser validado antes de entrar no país para obter o passe de mobilidade de 30 dias
  • Formulário de viajante: preencher “Declaración Jurada Para Viajeros” até 48 horas antes do embarque. O documento entregará um código QR como meio de verificação
  • Seguro-viagem: obrigatório, que cubra gastos com coronavírus e tenha cobertura mínima de US$ 30 mil – faça uma cotação
  • Quarentena*: isolamento por 5 dias no endereço que cadastrou ao entrar no país

A partir de 1 de novembro, os viajantes totalmente vacinados poderão reduzir o tempo de quarentena ao fazer teste de Covid-19 no Chile. Dessa forma, deverão ficar no hotel até 48 horas aguardando o resultado, que pode sair antes desse prazo! Tão logo saia o resultado negativo, estarão liberados para as demais atividades.

As regras podem mudar a qualquer momento, dessa forma, recomendamos consultar antes de viajar. Os atuais requisitos detalhados estão disponíveis no site oficial de turismo do Chile!

#DicaPI: além dessas medidas por causa da pandemia, veja outras dicas antes de viajar ao Chile!

Vacinas aceitas no Chile

Listamos os imunizantes reconhecidos para entrada de viajantes no país:

  • Coronavac (Sinovac)
  • Pfizer
  • Astrazeneca (inclusive Covishield, fabricada pela Fiocruz)
  • Janssen (Johnson&Johnson)
  • Moderna
  • Sinopharm

Protocolos de biossegurança no Chile

Veja alguns protocolos de biossegurança nesta reabertura das fronteiras do Chile, tanto para turistas brasileiros quanto para moradores:

  • Uso de máscara, inclusive no avião – veja quais são permitidas no voo
  • Distanciamento social de ao menos 2 metros
  • Higienização das mãos e de superfícies de contato

Voltar ao sumário

Cias. aéreas que voam entre Brasil e Chile

São diversas as cias. que conectam o Brasil a terras chilenas. Confira algumas delas:

  • GOL
  • Sky Airline
  • Aerolíneas Argentinas

Encontre passagens promocionais para o Chile

Voltar ao sumário

Teste de Covid-19 para entrar no Brasil

Desde o final de 2020, o Brasil exige teste RT-PCR negativo de Covid-19 para retornar ao país. Portanto, você precisará fazer um no retorno do Chile até 72 horas antes do embarque de volta

A fim de realizar o teste de Covid-19 para o retorno ao Brasil, escolha uma das redes de laboratórios chilenos presentes em diversos pontos do país:

O preço médio de um teste RT-PCR no Chile é de 25.000 pesos chilenos, cerca de R$ 200, podendo variar conforme o laboratório e o prazo de entrega do resultado. 

Recomendamos pedir indicações de laboratório no seu hotel no Chile para que, assim, você encontre a opção que melhor se encaixe no seu roteiro. 

Encontre passagens promocionais para o Chile

Voltar ao sumário

Dicas de viagem para Santiago

Já que a reabertura das fronteiras do Chile nos devolveu a oportunidade de visitar esse país incrível, programe-se com estas dicas:

Voltar ao sumário

Mais sobre a retomada do turismo no mundo

A situação das fronteiras é dinâmica, mudando a todo momento. Então, para você se atualizar, veja também estes outros artigos:

América do Norte e Caribe:

América do Sul

Ásia

Europa

África

Encontre passagens promocionais para o Chile

Voltar ao sumário