Suíça reabre fronteiras para turistas brasileiros: veja protocolos

zurique, capital da suiça

Com a reabertura da Suíça para turistas brasileiros, é possível visitar a cidade de Zurique novamente | Foto: Pixabay

A Suíça reabriu as fronteiras para turistas brasileiros em 26 de junho de 2021, desde que sigam todos os protocolos biossegurança contra a Covid-19 e requisitos de entrada. Dessa forma, reunimos informações oficiais e atualizadas. Confira!

Requisitos e documentos para viajar à Suíça

Saiba quais são os requisitos de entrada para brasileiros na Suíça durante a pandemia:

  • Teste negativo de Covid-19*:
    • Primeiro: RT-PCR, realizado até 72 horas antes da entrada no país
    • Segundo: RT-PCR ou antígeno, entre o 4º e o 7º dias de viagem
  • Certificado de vacinação: comprovando imunização completa do viajante há no mínimo 14 dias antes da viagem – veja como emitir o seu
    • Vacinas aceitas: Coronavac (Sinovac), AstraZeneca (inclusive Covishield, produzida pela Fiocruz), Pfizer, Janssen (Johnson&Johnson) e Moderna – fonte da lista
  • Formulário de entrada: preencher antes da viagem
  • Seguro-viagem: obrigatório – faça uma cotação

* A partir de sábado, 4 de dezembro de 2021, passará a ser obrigatória a apresentação de teste negativo RT-PCR realizado até 72 horas da entrada no país e a realização de um outro teste entre o 4º e o 7º dias de viagem. O governo suíço publicou o anúncio da novidade na sexta-feira, 3 de dezembro de 2021, Esses requisitos devem valer até 24 de janeiro de 2022, quando serão reavaliados.

Quanto à documentação que comprove a aplicação das duas doses da vacina, qualquer documento oficial é válido, desde que a pessoa possa provar que o documento lhe pertence, com dados com nome e sobrenome, data de nascimento, nome do curso de vacinação e data da vacinação. Mas, para evitar problemas, considere levar o certificado do ConecteSUS.

menores de 16 anos (incompletos) podem entrar acompanhados dos pais vacinados sem a necessidade de apresentar teste. Adolescentes entre 16 e 18 anos devem apresentar teste PCR negativo para poder acompanhar os pais sem a vacina.

Mas, atenção! Esses requisitos de viagem podem mudar de repente, visto que o governo pode fechar as fronteiras da Suíça conforme o avanço da pandemia no país ou no mundo. Então confira mais informações neste simulador de requisitos do governo suíço!

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Voltar ao sumário

Protocolos de biossegurança na Suíça

Como a Suíça está com as fronteiras abertas, o país tem adotado medidas preventivas contra a Covid-19 para proteger os turistas, por exemplo:

  • Uso de máscaras em locais públicos, inclusive o voo e aeroporto (saiba quais são autorizadas para embarcar)
  • Distanciamento social 
  • Ocupação limitada e estabelecimentos comerciais
  • Desinfecção de superfícies e equipamentos compartilhados
  • Medição de temperatura das pessoas

Passe sanitário

Em 13 de setembro de 2021, entrou em vigor na Suíça a obrigatoriedade de apresentar um certificado comprovando vacinação contra Covid-19, resultado negativo ou prova de cura da doença para acessar áreas internas de restaurantes, museus, etc., bem como grandes eventos. Veja as regras:

De 13 a 19 de setembro

Turistas do Brasil podem fazer teste antígeno gratuitamente a cada 48 horas para acessar lugares fechados. Verifique os endereços dos Centros de Teste para encontrar uma opção mais próxima do seu hotel.

O resultado do teste será enviado por e-mail ou SMS e será possível fazer upload do resultado no aplicativo Covid Certificate através do QR Code ou PDF enviado pelo laboratório.

De 20 de setembro a 10 de outubro

Autorizada a entrada em locais fechados apresentando o certificado ConecteSUS em inglês ou espanhol, isto é, o mesmo que serviu na imigração da Suíça, desde que  a vacina seja aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), o que não é o caso da Coronavac nem da Covishield, nome da AstraZeneca produzida pela Fiocruz (as reconhecidas são Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Moderna).

Sendo assim, apesar de vacinados com Coronavac e Covishield ainda poderem entrar na Suíça, deverão fazer teste antígeno a cada 48 horas ou PCR a cada 72 para acessarem locais fechados, como restaurantes e museus.

Até 30 de setembro, turistas do Brasil podem fazer teste antígeno gratuitamente a cada 48 horas. Verifique os endereços dos Centros de Teste para encontrar uma opção mais próxima do seu hotel.

De 11 de outubro a 24 de outubro

Para frequentar lugares fechados, deve-se emitir outro certificado de vacinação na própria Suíça, gratuitamente, desde que a vacina que tomou seja aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

No caso de vacinados com Coronavac, deverão fazer teste antígeno a cada 48 horas ou PCR a cada 72 para acessarem locais fechados.

A partir de 25 de outubro

Uma nova mudança sobre a emissão do certificado de vacinação foi divulgada na quarta-feira, 13 de outubro. A partir do dia 25 de outubro a conversão do certificado para Certificado de Covid Suíço terá um custo extra para o turista. Será cobrado o valor de 30 CHF (cerca de R$ 180).

Veja detalhes sobre o certificado da Suíça contra Covid-19 no site oficial  do governo.

A partir de 1º de dezembro

Vacinados com Coronavac também poderão solicitar o certificado de vacinação on-line, ao custo de 30 CHF (cerca de R$ 180), e acessar locais fechados na Suíça, como restaurantes, bares e museus. Até então, esse grupo de turistas tinha de fazer teste antígeno a cada 48 horas ou PCR a cada 72 horas para acessarem locais fechados.

Um detalhe é que o certificado de vacinação suíço emitido para vacinados com Coronavac dura apenas 30 dias. Se você ficar tempo maior que esse e foi vacinado com Coronavac, ao término desse prazo precisará fazer testes de Covid-19 para acessar locais fechados.

Quem se vacinou com as demais aplicadas no Brasil ou a Moderna, já pode desde o início pedir o certificado de vacinação suíço para frequentar ambientes fechados no país.

Voltar ao sumário

Cias. aéreas que voam para a Suíça

Agora que a Suíça reabriu as fronteiras para brasileiros, veja algumas cias. aéreas disponíveis para visitar o país:

  • SWISS 
  • Turkish Airlines
  • TAP Air Portugal
  • KML
  • Air France
  • Air Europa
  • Lufthansa
  • Iberia

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Voltar ao sumário

Teste de Covid-19 para entrar no Brasil

Desde o final de 2020, o Brasil exige teste negativo de Covid-19 para retornar ao país. Portanto, você precisará fazer um até 24 horas (antígeno) ou até 72 horas (RT-PCR) antes do embarque de volta da Suíça.

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Voltar ao sumário

Mais sobre a retomada do turismo  no Brasil e no mundo

A situação das fronteiras é dinâmica, mudando a todo momento. Então, para você se atualizar, veja também estes outros artigos:

América do Norte e Caribe

América do Sul

Ásia e Oceania

Europa

África

Encontre passagens aéreas baratas para a Suíça

Voltar ao sumário