França reabre fronteiras para viajantes totalmente vacinados contra Covid-19

A França está aberta para turistas do Brasil, que devem cumprir os seguintes requisitos de viagem:

Documentação para viajar à França durante a pandemia

Estes são os requisitos para brasileiros vacinados entrarem na França:

  • Teste negativo de Covid-19: RT-PCR ou antígeno realizado até 48 antes do voo (a informação ainda não atualizou no site oficial, mas já circula na imprensa, após anúncio de Gabriel Attal, porta-voz do governo francês)
  • Certificado de vacinação: com dados do viajante, nome, lote e data, mostrando que segunda dose foi há mais de 7 dias ou, no caso da Janssen, 28 dias – veja como emitir o seu
  • Certificado de viagem internacional: preencher antes do embarque – obter formulário
  • Declaração de honra: preencher afirmando que não tem sintomas de Covid-19 – obter modelo
  • Seguro-viagem: obrigatório – fazer cotação
  • Passaporte: validade de no mínimo 90 dias, a contar da data de saída da França
  • Aplicativo: utilizar no celular o app TousAntiCovid durante a viagem – download
  • Quarentena: não necessária para viajantes totalmente vacinados

Os requisitos atualizados estão disponíveis no site do Ministério do Interior da França, o qual disponibiliza um PDF detalhando tudo.

Entre também no site oficial do Ministério da Europa e de Relações Exteriores da França, o qual contém os requisitos de viagem atualizados.

Vacinas aceitas para entrar na França

Por enquanto, a França aceita só as aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA):

  • Pfizer
  • Astrazeneca (inclusive Covishield, produzida pela Fiocruz)
  • Janssen (Jonhson&Jonhson)
  • Moderna

Aplica-se uma exceção para turistas vacinados com Coronavac: caso tenham recebido uma dose de reforço com da Moderna ou Pfizer, no mínimo 7 dias antes da viagem, poderão entrar na França.

Não vacinados ou vacinados com imunizante não aprovado devem apresentar um motivo imperioso para viajar à França e cumprir protocolos mais rigorosos, como teste com no máximo 24 horas de antecedência e quarentena.

Encontrar passagens aéreas baratas para a França

Passe sanitário para pontos turísticos a França

Restaurantes e pontos turísticos estão abertos, por exemplo, o Museu do Louvre e Torre Eiffel.

Entretanto, deve-se apresentar o chamado “passe sanitaire”, que consiste num comprovante de que você se imunizou contra a Covid-19. Trata-se de um documento diferente do certificado de vacinação contra Covid-19 utilizado para entrar na França. Logo, você vai usar seu certificado para emitir o passe sanitário, que mostrará dentro da cidade – saiba como emitir o seu

Se você quiser entender a fundo sobre o passe sanitário, leia este artigo no site oficial do governo da França (em francês, mas pode traduzir com o Google Tradutor).

Viagens domésticas estão permitidas, ou seja, você pode se deslocar entre cidades francesas.

Cias. aéreas para viajar à França

Agora que a França reabriu as fronteiras para brasileiros vacinados, você pode escolher entre diversas companhias para viajar:

  • Air France
  • LATAM
  • TAP Air Portugal

Encontrar passagens aéreas baratas para a França

Teste de Covid-19 na França para voltar ao Brasil

Desde o final de 2020, o Brasil exige teste negativo de Covid-19 para retornar ao país. Portanto, você precisará fazer um até 24 horas (antígeno) ou até 72 horas (RT-PCR) antes do embarque de volta da França. Há buscadores on-line de laboratórios para teste RT-PCR de Covid-19 na França:

O preço do teste RT-PCR de Covid-19 na França varia entre € 30 e € 50 (média de R$ 180 a R$ 300).

Voltar ao sumário

Encontrar passagens aéreas baratas para a França

Dicas de viagem a Paris

Agora que a França reabriu as fronteiras para brasileiros vacinados contra Covid-19, anote estas dicas para o seu próximo roteiro:

Situação de outras fronteiras para brasileiros

A situação das fronteiras é dinâmica, mudando a todo momento. Então, para você se atualizar, veja também estes outros artigos:

América do Norte e Caribe

América do Sul

Ásia e Oceania

Europa

África

Encontre passagens aéreas promocionais para a França

Voltar ao sumário