Home > Dicas de viagem > Deserto do Atacama: como visitar e dicas gerais

Deserto do Atacama: como visitar e dicas gerais

O Deserto do Atacama é, sem dúvida, um dos lugares mais fascinantes e impressionantes do mundo. Não apenas por ser considerado o deserto mais árido e alto que existe, mas porque ainda abriga vários tipos de cenários de tirar o fôlego, que vão muito além de um mar de areia que se estende por mais de 100 mil quilômetros quadrados.

deserto do atacama no chile

Com cerca de 1.000 km de extensão, o Deserto do Atacama é considerado o mais alto do mundo | Foto: Pixabay

E o melhor: não é preciso ir tão longe para conhecer um pouco mais sobre gêiseres, vulcões (sendo que centenas deles ainda estão ativos), belíssimas lagoas, sítios arqueológicos, formações rochosas que parecem ter vindo de outro planeta e diversas outras paisagens capazes de deixar qualquer um encantado.

Sua geografia privilegiada consegue atrair e impressionar turistas do mundo inteiro.

Você encontrará aqui as melhores dicas para conhecer o Deserto do Atacama, desde o momento da sua chegada até passeios imperdíveis. Acredite, a região é sensacional, e cada segundo vale muito a pena!

#DicaPI: mas, antes, veja o nosso passo a passo para tirar o seu passaporte e viajar para o Deserto do Atacama e todo o mundo!

Então, para facilitar, utilize o menu abaixo e vá direto às suas principais dúvidas.

Onde fica o Deserto do Atacama

A imensa região está entre o Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes, estendendo-se do norte do Chile até a divisa com o Peru. Aliás, os mais de 1.000 quilômetros de extensão também estão espalhados nas fronteiras com Argentina e Bolívia.

Existem poucas cidades no entorno do deserto, devido às temperaturas e condições extremas, que variam do dia para a noite, literalmente. No entanto, San Pedro de Atacama é a cidade mais famosa e considerada a “base” para quem quer conhecer a região. E mesmo se tratando de um vilarejo rústico com cerca de apenas 5 mil habitantes, conta com uma boa estrutura para receber turistas.

Como chegar

san pedro é a cidade base do deserto do atacama

Porta de entrada para conhecer o Deserto do Atacama, San Pedro abriga cerca de 5 mil habitantes entre suas casinhas de adobe e ruas de terra | Foto: Flickr

Para chegar até San Pedro de Atacama – cidade base para fazer os passeios pelo deserto -, o mais comum é comprar passagens aéreas para Santiago, capital do Chile, fazer uma conexão, e de lá pegar um voo interno até Calama, a cidade mais próxima do deserto chileno.

Por fim, será necessário contratar um serviço de transfer ou ônibus que levará até San Pedro do Atacama.

#DicaPI: saiba como comprar passagens aéreas no nosso site!

Dinheiro e câmbio

A moeda oficial do Chile é o Peso Chileno. Então, se o primeiro destino da sua viagem é o Deserto do Atacama, leve dólares. Faça câmbio de dólares para pesos chilenos ao chegar em San Pedro do Atacama.

Melhor época

O clima, a temperatura e a melhor época para ir ao Deserto do Atacama são motivo de dúvidas de muitos viajantes. O destino é um daqueles lugares que podem ser visitados o ano inteiro.

Entretanto, se você gosta de viajar com o clima mais agradável para fazer turismo sem sofrer com chuva, neve, calor ou frio em excesso, é importante saber o que esperar de cada mês na região.

Março, abril e maio

O Deserto do Atacama é, de fato, um local para ser visitado em qualquer época. Mas os três meses são considerados as melhores épocas. Por ser outono, as temperaturas são mais amenas durante o dia, mas não tão frias durante a noite, como no inverno.

Junho, julho e agosto

Os meses de junho, julho e agosto atraem bastante turistas. Esse é o período de inverno na região e, com isso, as temperaturas durante o dia são bem mais agradáveis do que nas demais épocas do ano.

No entanto, durante a noite, elas caem bastante e podem se aproximar de 0 °C. Em algumas regiões, como a Geysers El Tatio, por exemplo, dependendo da hora, as mínimas podem ser negativas.

Setembro, outubro e novembro

Os meses de primavera também são considerados uma ótima opção para quem deseja viajar para o Deserto do Atacama. Durante esse período, as temperaturas são mais amenas e a amplitude térmica é menor. É importante ressaltar que em setembro podem ocorrer tempestades de areia, mas esse fenômeno é bastante raro.

Em resumo: não há uma época ideal e nenhuma que deva ser evitada a todo custo. Porém, é importante saber as variações climáticas ao longo do ano, para evitar sustos. Durante o verão (dezembro, janeiro e fevereiro), o dia conta com temperaturas mais altas e a amplitude térmica é grande.

#DicaPI: aproveite para anotar mais dicas de viagem ao Chile em geral! 

Quanto tempo ficar no Atacama

Você precisa de até 7 dias para uma viagem tranquila ao Deserto do Atacama, sem deixar nenhum dos principais passeios de fora.

A conta é:

  • 1 dia para a chegada (com direito a visita às agências de passeio e casas de câmbio);
  • 5 dias de tour pelo Deserto;
  • 1 dia para retornar à sua casa.

Mas é claro que esse roteiro pode ser feito de acordo com o tempo que você terá disponível. Você pode, também, adicionar mais dias para fazer atividades de aventura ou relaxar no seu hotel.

#DicaPI: depois de decidir qual o período da sua viagem, é hora de escolher um hotel para se hospedar. Então, confira e compare as escolhas em dois parceiros: Hoteis.com e Booking.

O que fazer

O deserto mais seco do mundo guarda passeios de tirar o fôlego: as dunas parecem artificiais, gêiseres brotam do chão, há trilhas de antigos povoados, além das piscinas naturais quentinhas.

Há, sem dúvida, muito o que fazer! Por isso, separamos alguns (dos muitos) passeios imperdíveis, que, se possível, você deve colocar no seu roteiro.

Lagunas Altiplânicas

lagunas altiplânicas no deserto do atacama

As Lagunas Altiplânicas são um dos principais tours a se fazer no Atacama | Foto: Flickr

As Lagunas Altiplânicas são consideradas um dos lugares mais lindos do Atacama. O visual é, de fato, surpreendente. Um verdadeiro paraíso construído “sem querer” pela natureza.

A vegetação combina com a cor da areia e as lagunas azuis refletem o desenho das formações rochosas. Elas estão localizadas praticamente dentro das Piedras Rojas, a 115 km de San Pedro de Atacama.

Piedras Rojas

piedras rojas

Piedras Rojas é um dos passeios imperdíveis no Deserto do Atacama: Foto: Commons Wikimedia

O local é outro passeio imperdível, porque as paisagens de Piedras Rojas parecem uma miragem no meio do deserto, um cenário inesquecível e diferente de tudo que você já viu.

As agências especializadas em passeios no Deserto do Atacama podem fazer o caminho passando por outras atrações famosas, como o Trópico de Capricórnio e as Lagunas Altiplânicas. Se for chegar ao local a pé, por meio de trilhas, prepare-se para uma caminhada exaustiva, mas que vale o esforço.

Valle de La Luna e Valle de La Muerte

Os cenários do Valle de La Luna e do Valle de La Muerte são de ficar de boca aberta. Parecem mesmo de outro mundo, combinando dunas de areia, cânions e formações de sal.

O Valle de La Luna fica a cerca de 17 km do centro de San Pedro. Logo, é possível alugar uma bike e fazer o passeio por conta própria ou contratar agência para fazer o tour.

#DicaPI: se você gosta de ambientes desérticos, confira este roteiro no Marrocos mostrando como visitar o Deserto do Saara! 

Salar de Atacama

flamingos rosas no salar de atacama

Os flamingos – quase todos rosas – são uma das atrações do Deserto do Atacama | Foto: Flickr

O Salar de Atacama é um dos lugares importantíssimos para a economia e a cultura do Chile. Apesar da imensidão de sal, o que mais chama atenção no Salar são os diversos flamingos rosados por toda a região. Os animais colorem a imensidão cinza e impressionam quem passa por lá!

Tour Astronômico

As opções do que fazer no Deserto do Atacama são diversas, mas, um dos programas mais procurados é o Tour Astronômico. E não é para menos, já que o céu de lá é um dos mais incríveis do mundo – isso graças ao baixo nível de poluição e à baixa luminosidade, que permitem uma visualização perfeita.

Em conclusão, o Deserto do Atacama é, sim, um lugar único, intenso, que fica gravado na memória de quem o visita. É o mais seco do mundo e também o mais espetacular de todos. Esse “outro planeta” está do ladinho de casa. Bora viajar!

Passagem aérea em promoção para conhecer o Deserto do Atacama, é aqui!

Depois de verificar mais sobre alguns países que exigem vistos para brasileiros, siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebook e Twitter) e fique de olho nas nossas ofertas! Você também pode baixar o nosso aplicativo, que é gratuito, e te notifica em tempo real. Bora viajar!