Home > Dicas de viagem > Dicas de turismo no Canadá: o que saber antes da viagem

Dicas de turismo no Canadá: o que saber antes da viagem

Não é só intercâmbio que os viajantes procuram neste país. O turismo no Canadá também vale a pena, afinal essa nação gigantesca tem muito a oferecer. Por lá, você encontrará paisagens naturais lindíssimas, imponentes edifícios históricos, a saborosa culinária típica e, claro, a receptividade do povo.

vista centre island toronto

Toronto, maior cidade do Canadá | Foto: Passagens Imperdíveis

Então anote estas dicas para organizar a sua viagem e aproveitá-la ao máximo. E se quiser, vá direto à sua dúvida:

Quando ir ao Canadá

Por ficar no hemisfério norte, as estações do ano no Canadá não coincidem com as nossas. Logo, enquanto faz calor no Brasil, esfria por lá. Ainda em terras canadenses: a primavera começa em março; o verão, em junho; o outono, em setembro; o inverno, em dezembro.

Algo interessante é que no verão anoitece por volta das 21h em algumas cidades canadenses. Assim, se consegue aproveitar melhor os seus dias de turismo no Canadá!

#DicaPI: se você tem dúvidas sobre decidir qual a melhor época para viajar a qualquer lugar, leia este post sobre o assunto!

Como chegar

Explicamos as formas mais populares de chegar de avião, bem como os documentos necessários para o turismo no Canadá.

Documentação para o Canadá

A documentação de turismo no Canadá é a seguinte:

Voo partindo do Brasil

Com as promoções de passagens aéreas para o Canadá divulgadas pelo Passagens Imperdíveis, você consegue descontos para diversos trechos. Por exemplo, sair de Belo Horizonte para Montreal, do Rio de Janeiro para Quebec, de Porto Alegre para Toronto, etc.

Só se deve ter atenção para o fato de que boa parte desses voos não é direto, ou seja, faz conexão em outro país. E caso seja nos Estados Unidos, você deve ter o visto americano, mesmo que esteja só de trânsito por lá.

Voo partindo dos EUA

classe executiva

Classe executiva | Foto: Passagens Imperdíveis

Muita gente aproveita a viagem aos Estados Unidos para também visitar o Canadá. Sendo assim, pode-se ou comprar uma passagem aérea de múltiplos destinos ou, uma vez nos EUA, adquirir um bilhete separado.

Outra alternativa é fazer como nós, que pegamos uma promoção de classe executiva para a Philadelphia, EUA, e compramos outra passagem barata para Montreal. Isso porque a soma dos 2 trechos saiu mais barata que se fosse direto do Brasil para o Canadá.

Fuso horário no Canadá

Devido à grande extensão territorial do país – o 2º maior do mundo, atrás só da Rússia –, há 6 faixas de horário no Canadá.

Por exemplo, em Montreal e Toronto, conforme a época do ano, a diferença varia de 1 a 3 horas para o horário de Brasília. Dessa forma, para você não precisar fazer tantas contas, adicione ao relógio do celular o horário da cidade pretendida na sua viagem.

Tomada e eletricidade

Para uma excelente experiência de turismo no Canadá, com todos os seus eletrônicos carregados, conheça o padrão de tomada no país.

A voltagem é 127 V, semelhante ao Brasil. Mas as tomadas são do padrão americano, tipos A e B, com dois pinos chatos e um arredondado. Portanto, leve um adaptador universal.

Moeda e câmbio

A moeda oficial do Canadá é o dólar canadense, cujo código é o CAD. A sigla utilizada é o C$, semelhante nosso R$.

  • Notas: C$ 100, C$ 50, C$20, C$ 10 e C$ 5.
  • Moedas: C$ 2, 1 C$, 50 centavos, 25 centavos, 10 centavos, 5 toonies e 1 loonie.

Vale a pena fazer câmbio ainda no Brasil. Contudo, você também pode levar dólares americanos e trocar lá, caso não se importe com as contas extras. E para conseguir o melhor câmbio, a dica é trocar apenas uma quantia no aeroporto e deixar o restante para uma casa de câmbio na cidade.

Idiomas

monumento english e french canadians montreal

Estátuas em Montreal retratam a diversidade | Foto: Passagens Imperdíveis

Em sua viagem de turismo no Canadá, você vai encontrar pelo menos 2 idiomas oficiais: inglês e francês.

Caso não domine nenhum desses, use o Google Tradutor na sua viagem, pois facilitará bastante a comunicação.

Internet no Canadá

Ao menos 4 operadoras se destacam no fornecimento de internet no Canadá: Rogers, Sollus, Virgin e Bell.

Em nossa viagem pelo país, que começou em Montreal, optamos pela Bell, que oferecia um plano por C$ 50 (R$ 146,50), com 2 GB de internet. Mas recomendamos que você pesquise no site das operadoras indicadas para encontrar a que melhor se encaixa no seu orçamento e demanda.

Algumas operadoras têm loja nos aeroportos, o que agiliza o processo de compra. Mas ainda que não seja o caso, você pode comprar em outra unidade próxima ao hotel ou a algum ponto turístico.

Quanto ao Wi-Fi, praticamente todos os restaurantes que fomos e todos os hotéis que ficamos ofereciam acesso gratuito à internet.

O que levar na mala

Estes são alguns itens indispensáveis para a sua viagem:

  • Remédio de estômago e diarreia, caso não se adapte rapidamente à culinária local.
  • Tênis, porque se anda bastante entre os pontos turísticos.
  • Roupas e acessórios de frio, pois é comum a temperatura ficar abaixo de 0 °C no inverno.
  • Adaptador de tomada, para carregar seus eletrônicos.

Transporte no Canadá

No que diz respeito ao turismo no Canadá, de modo geral os meios de transporte são bem eficazes e, portanto, satisfatórios. É claro que cada cidade tem suas particularidades. Por isso, passamos um panorama geral baseado em nossa própria experiência.

Carro alugado

Para nós, valeu a pena só para passeios bate-volta nos arredores das cidades, como o caso das Cataratas do Niágara, próximas a Toronto. Já dentro dos centros urbanos, não achamos vantajoso porque o trânsito é pesado e boa parte das atrações ficam próximas uma das outras, ou seja, acessíveis a pé.

Trem

dentro do trem canada via rail

Trens são confortáveis e eficientes | Foto: Passagens Imperdíveis

Uma excelente opção de transporte para ir de uma cidade a outra. Tanto que viajamos bastante de trem pelo Canadá: Montreal a Quebec City, depois Ottawa, Toronto e de volta à primeira.

Saiu mais barato que carro alugado e avião, além de ter sido uma aventura à parte, devido às belas paisagens. O conforto e eficiência dos trens para fazer turismo no Canadá também nos surpreendeu.

Táxi e Uber

As grandes cidades do Canadá têm aplicativos de transporte, como o Uber. Assim, você pode aproveitar sua conta brasileira e usar o app em terras canadenses, desde que tenha cartão de crédito internacional habilitado.

Não chegamos a experimentar o serviço de táxi, pois o Uber foi bem mais cômodo.

Transporte público

Nas cidades em que fizemos turismo no Canadá, a exemplo da capital Ottawa, a infraestrutura de transporte público era excelente, com ônibus e metrô integrados.

Em Toronto, o metrô faz parte da PATH, uma cidade subterrânea com, literalmente, milhares de lojas, restaurantes e serviços em geral. Por isso, dá para ter ideia de como é avançado o transporte por lá.

Mesmo em Quebec City, em que praticamente só andamos a pé, o transporte facilita a locomoção pela cidade pagando pouco.

Cultura local

restaurante poutine la banquise montreal

Poutine bem farto | Foto: Passagens Imperdíveis

Os canadenses são mundialmente conhecidos pela educação, e não é mentira, pois comprovamos isso. A todo momento fomos tratados com cortesia e atenção, portanto só elogios a tal aspecto desse povo.

Sobre a culinária do Canadá, pelo menos dois pratos chamaram a nossa atenção: o poutine, um misto de batatas com queijo e carne; e o maple syrup, um xarope típico que acompanha diversas refeições.

Ainda sobre restaurantes, duas dicas essenciais: reservar com antecedência e aproveitar o pratos “to share”, isto é, aqueles para dividir entre 2 ou mais pessoas. Desse modo, você não só garante seu lugar, como também economiza dinheiro! Para as reservas, use o site do próprio estabelecimento ou o app OpenTable.

Mais um ponto de atenção! Deve-se adicionar um percentual de impostos sobre o valor dos produtos e serviços. Sendo assim, além do preço que ver na prateleira, há um acréscimo, que varia conforme a província. Em Quebec, por exemplo, a média é de 15%, já em Ontario, 13%. Outro detalhe é que nem tudo está sujeito à tributação. Logo, alimentos frescos, bebidas enlatadas ou engarrafadas, medicamentos com prescrição, etc. estão isentos.

A gorjeta (tip) no Canadá não é obrigatória, no entanto é cultural. Por isso, é de bom grado deixar cerca de 15% a 20% do valor do serviço a garçons, bartenders, taxistas, etc.

Quanto tempo ficar

Tudo vai depender do seu roteiro, disponibilidade de tempo e orçamento. Nós, por exemplo, passamos 14 dias no Canadá e vistamos 4 grandes cidades, gastando, em média, 2 dias e meio em cada uma.

De qualquer maneira, nossa recomendação é que separe ao menos 3 dias para cada cidade, caso queria conhecer o básico. Com 5 dias, já consegue visitar os locais com mais calma e, conforme a época, ainda aproveitar os grandes eventos.

O que fazer no Canadá

cataratas niagara canada

Vista das Cataratas do Niágara | Foto: Passagens Imperdíveis

No 2º maior país do mundo em extensão, sobram atividades, eventos e pontos turísticos que dariam um livro. Por isso, para facilitar sua decisão, vamos focar apenas nas cidades que visitamos pessoalmente.

Montreal

É onde as heranças dos colonizadores franceses e ingleses disputam a atenção dos turistas. Por isso, estes pontos turísticos de Montreal nos encantaram!

Quebec City

Essa cidade que mais parece uma vila encantada é repleta de edifícios históricos e paisagens deslumbrantes. Dessa forma, compilamos os principais pontos turísticos de Quebec City, pagos e gratuitos.

Ottawa

Na capital do Canadá, uma diversidade de histórias, culturas e paisagens dão um toque especial aos pontos turísticos de Ottawa listados neste post.

Toronto

A maior cidade canadense, muitas vezes confundida com a capital, tem parques, mirantes, museus e muita riqueza cultural para oferecer. Então confira os pontos turísticos mais famosos de Toronto!

Passagem aérea barata para o Canadá

Seja qual for a cidade pretendida para fazer turismo no Canadá, você pode viajar barato. Isso porque sempre compartilhamos promoções de passagens aéreas para esse destino.

Siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) para receber no seu feed as promoções para o Canadá e outros lugares mundo afora.

Por fim, para receber notificações em tempo real e ficar sabendo na hora, baixe o aplicativo gratuito do Passagens Imperdíveis. Assim, aumenta as chances de aproveitar as passagens aéreas promocionais antes que acabem!