Home > Dicas de viagem > Montreal, no Canadá: como chegar, onde ficar e dicas gerais

Montreal, no Canadá: como chegar, onde ficar e dicas gerais

Com estas dicas de viagem para Montreal, no Canadá, você conseguirá se planejar para curtir suas férias com tranquilidade e segurança. Falamos sobre como sair do aeroporto, meios de transporte na cidade, onde ficar, entre outras dicas práticas.

Se preferir, vá direto à sua dúvida:

#DicaPI: para viajar barato a Montreal, aproveitamos uma promoção de passagem aérea para os Estados Unidos; saiba como ir dos EUA para o Canadá!

Quando ir a Montreal

A cidade recebe turistas o ano todo, o que muda de uma época para outra é a temperatura. Por isso, a questão de quando ir a Montreal varia conforme o gosto do viajante. De qualquer forma, o frio faz parte da rotina dos canadenses durante quase todo o ano.

  • Verão (junho a agosto): o calor aparece com mais frequência – e as chuvas também –, passando dos 30 °C; há mais atividades ao ar livre, portanto, alta temporada.
  • Outono (setembro a novembro): a temperatura abaixa, mas segue amena, variando de 4 a 18 °C.
  • Inverno (dezembro a março): normalmente, a temperatura fica abaixo de 0 °C e a neve aparece, às vezes até dificultando andar pela cidade. É a baixa temporada de visitas.
  • Primavera (abril a maio): na faixa entre 15 °C e 20 °C, o clima é ameno e seco, o que favorece o turismo.

Idiomas falados no Canadá

Por toda a província de Quebec (onde fica a cidade de Montreal) falam-se francês e inglês. Assim, é obrigatório, por lei, usar ambas as línguas ao transmitir qualquer tipo de informação oficial.

Isso porque, em 1554, a França iniciou o processo de colonização no Canadá. Já em 1759, a Inglaterra invadiu a região e impôs suas regras, costumes e idioma. Porém, enquanto o Canadá inteiro se adaptava a tais mudanças, Quebec se recusou a fazê-lo.

Depois de quase duas décadas de briga, em 1774 os ingleses concordaram com uso de costumes originários da cultura francesa na província, inclusive a língua. Por isso, em uma parte do Canadá predomina o inglês e, em outra, o francês.

English canadians vs. French canadians

monumento english e french canadians montreal

Monumento retrata a diversidade em Montreal | Foto: Passagens Imperdíveis

Um monumento na Place D’Armes representa essa diferença entre os english canadians e os french canadians (canadenses ingleses e canadenses franceses).

De um lado, uma mulher com um poodle francês no colo olha para o maior símbolo inglês, o Banco de Montreal. No lado oposto, um english canadian com um pug no colo observa a Catedral de Notre-Dame.

No entanto, os cachorros estão voltados um para o outro, mostrando a possibilidade de união e a junção dos povos.

Documentação para o Canadá

Não é exigido certificado internacional de vacinação, porém, são obrigatórios passaporte brasileiro e visto canadense para viajar a Montreal. Aqueles que já têm visto americano ou emitiram o do Canadá nos últimos 10 anos podem solicitar on-line uma autorização de viajante.

Por outro lado, caso não se enquadre em nenhum desses requisitos, deverá entrar com o processo de obtenção do visto canadense tradicional.

Transporte em Montreal

Você pode conhecer praticamente a cidade inteira usando transporte público, que é moderno e eficiente. Então é possível fazer de ônibus ou metrô seu roteiro pelos pontos turísticos de Montreal. A cidade também conta com Uber.

#PIInforma: os valores divulgados, bem como a cotação da moeda, correspondem à época em que viajamos (agosto de 2017) e servem apenas como referência para ajudar no seu planejamento. O valor do dólar canadense era: C$ 1 = R$ 2,50. Quando for viajar, confira o câmbio vigente.

Em Montreal, ônibus e metrô são integrados. Desse modo, o ticket é o mesmo, a C$ 3,25 (R$ 8,12). Pode-se usar bilhete único ou cartões com múltiplas viagens.

O sistema de transporte público de Montreal (STM) disponibiliza bilhetes para uso único, diário, semanal, etc. O site oficial do STM detalha as opções e oferece dicas para turistas.

As tarifas múltiplas são utilizadas nos cartões L’Occasionnelle e Opus Card. A diferença entre eles? O Opus custa C$ 6 (R$ 15) – não reembolsáveis – e aceita recarga. Porém, o outro (também chamado Occasional Card) tem tarifas predeterminadas e não tem custo extra pelo cartão.

Tanto os cartões quanto os bilhetes únicos ficam à venda nas estações de metrô, em máquinas, com os atendentes e em pontos de venda pela cidade.

Para pesquisar sua rota, utilize o Google Maps ou o site da STM. Assim, conseguirá se situar nas 4 linhas do metrô e dezenas de estações, fora os ônibus da cidade.

#CuriosidadePI: em Montreal, existe uma rede de galerias subterrâneas integradas ao metrô. São mais de 30 km de túneis com várias lojas. Para acessar, siga as placas indicado “RÉSO”, a cidade subterrânea. É ideal para fugir da chuva ou do frio.

De volta à superfície, outras alternativas de transporte em Montreal são táxi, Uber e carro alugado.

Como sair do aeroporto de Montreal

As alternativas para sair do aeroporto de Montreal são diversas, bem como os meios de transporte na cidade.

Uber

Como aterrissamos em Montreal quase à meia-noite, optamos pelo Uber para sair do aeroporto. Nosso hotel ficava em Downtown, a uns 20 km, assim, a corrida até o centro ficou em C$ 39 (R$ 97,50), com taxas.

Para pegar o carro no aeroporto, você deve subir até o andar de embarque. Lá você vai ver uma indicação bem clara (siga as placas).

Shuttle

Um carro particular para até 3 passageiros e 3 bagagens sai, em média, por C$ 130 (R$ 325). O site Airportshuttles.com oferece calculadora e agendamento de shuttle para o aeroporto de Montreal.

Táxi

O valor varia bastante de acordo com o dia e horário. Para ter uma  ideia, o preço das corridas do aeroporto até o centro de Montreal variam de C$ 40 (R$ 100) a C$ 73 (R$ 182,50).

Ônibus

É possível sair do aeroporto e chegar ao centro por meio da linha de ônibus 747 Express. O trajeto completo leva, em média, 1 hora. O bilhete custa C$ 10 (R$ 25), vale por um dia e pode ser comprado no próprio aeroporto, em guichês da STM, e no ônibus (com dinheiro em espécie).

A linha 747 funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana. O ticket dá direito a usar o sistema de transporte da cidade (ônibus e metrôs) por 24h, a partir da ativação. Então, confira a sua parada e veja se será preciso pegar o metrô para chegar ao seu hotel. Assim, não precisará comprar outra passagem para o segundo transporte, caso você precise de um.

#DicaPI: o metrô de Montreal não chega diretamente ao aeroporto, portanto, se for utilizá-lo, deverá ser integrado a outro transporte.

Carro alugado

No Canadá, é simples alugar um carro. Embora o trânsito seja denso, você terá total autonomia para fazer seu roteiro por Montreal.

Um dos sites que possibilitam o aluguel de carro em outro país é o nosso parceiro RentCars.

Onde ficar em Montreal

hotel em montreal

Quarto do nosso hotel em Montreal | Foto: Passagens Imperdíveis

O melhor lugar para se hospedar em Montreal é o centro da cidade (Downtown). Pois facilita o acesso ao transporte público, restaurantes e pontos turísticos.

Nos hospedamos no Courtyard by Marriott Montreal Downtown, que tem boa relação entre custo e benefício. Para nós, a diária do quarto para 2 pessoas, sem café da manhã, saiu por C$ 150 (R$ 375).

Achamos o quarto lindo! Era espaçoso e tinha uma vista enorme para a cidade. O hotel ainda oferece uma academia completa, que tem até vista panorâmica. Por ser um site simples e confiável, utilizamos o Booking.com para fazer as reservas.

Você também pode pesquisar no Booking.com outras opções de hospedagem de acordo com seu perfil e orçamento.

Assista ao vídeo com dicas para viver 3 dias incríveis em Montreal!

Roteiro de 03 dias por Montreal!

Passagem aérea barata para o Canadá

Nessa fase de planejamento de viagem, temos mais uma dica que fará toda a diferença para você. Trata-se de como comprar passagem aérea barata, afinal, o Passagens Imperdíveis divulga promoções para destinos nacionais e internacionais, inclusive Canadá.

Siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito. Assim, você receberá notificações de passagens aéreas promocionais em tempo real e conseguirá comprá-las antes que acabem.

Com a diferença economizada na passagem aérea, dá para investir em outras coisas, como hotel e restaurantes melhores!