Home > Dicas de viagem > Bagagem de mão: o que é permitido levar em sua viagem!

Bagagem de mão: o que é permitido levar em sua viagem!

Não importa o nível de experiência do viajante. No embarque, pode haver dúvidas sobre o que pode ou não levar na mala, principalmente na bagagem de mão. Por isso, vamos esclarecer o assunto para você embarcar sem nenhum problema. Pode ter certeza de que esta leitura vai facilitar a sua vida!

O que é bagagem de mão?

Bagagem de mão é aquela transportada na cabine, sob responsabilidade do passageiro. Em outras palavras, é a mala, bolsa ou mochila que você leva consigo para dentro do avião. Por outro lado, a despachada é a mala entregue no embarque e recolhida só no destino.

Levar bagagem de mão é um direito de todo passageiro embarcando no Brasil ou para este país. Todavia, precisa cumprir os requisitos de peso e dimensões explicados mais à frente. Senão deverá despachá-la.

Extravio de bagagem de mão

Por estar sob os cuidados do dono, a cia. aérea não responde em caso de perda da bagagem de mão. Portanto, é necessário cuidado e atenção. Já a despachada, se extraviada, cabe à companhia resolver a questão.

#DicaPI: saiba como agir em caso de extravio de bagagem despachada!

Limite de peso de bagagem de mão

Outra característica da bagagem de mão é referente ao limite de peso: 10 kg para voos nacionais e internacionais, com destino ou origem no Brasil. A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) definiu essa franquia. Desse modo, caso ultrapasse o peso, a cia. aérea poderá solicitar que despache a mala.

Além disso, pode-se levar um volume menor, como uma bolsinha ou mochila, que caiba debaixo da poltrona da frente. Assim, a maior vai no bagageiro acima dos assentos, e a menor, embaixo.

Dimensões permitidas

Como não há resolução da ANAC definindo as dimensões da bagagem de mão, cada cia. aérea determina a própria.

Em Abril de 2019, a Abear, associação que reúne as cias aéreas brasileiras, anunciou que as fiscalizações, em relação ao tamanho das malas, irão aumentar nos aeroportos brasileiros.

O intuito é  tornar mais ágil o embarque, evitando atrasos na hora da decolagem, já que um dos motivos dessa demora é o realocamento de bagagens acima dos padrões já estabelecidos pela ANAC.

Os passageiros, que estiverem fora das regras atuais, serão orientados a despacharem as malas nos balcões de check in das companhias aéreas, e estarão sujeitos à cobrança.

Abaixo, as dimensões definidas pelas principais companhias que operam no Brasil. Mas, em todos os casos, a dica é também pesquisar diretamente com aquela com a qual você viajará. Isso vale, sobretudo, para companhias internacionais, como Air China e Emirates.

GOL

Estas são as medidas para bagagem de mão na GOL: 35 x 25 x 55 cm (comprimento x largura x altura). O site da Gol tem detalhes e ilustrações.

Azul

As medidas para bagagem de mão na Azul podem ser 35 x 25 x 55 cm (comprimento x largura x altura) ou 115 cm na soma de todas as dimensões. Confira no site da Azul mais detalhes e ilustrações.

LATAM

Na LATAM você pode levar uma bagagem de mão com as dimensões 35 x 25 x 55 cm (comprimento x largura x altura). No site da LATAM você poderá encontrar mais detalhes e ilustrações.

#DicaPI: mais do que a média, é importante atentar-se às dimensões das bagagens nas companhias aéreas low cost na Europa.

O que levar na bagagem de mão?

Agora que você sabe as principais condições e características, vamos falar sobre o que levar na bagagem de mão. Assim, você evitará desgastes e até prejuízos no embarque.

#DicaPI: outra coisa importante para embarcar rápida e facilmente é adiantar o seu check-in. Neste post, ensinamos a fazer check-in on-line ou no aeroporto!

Todas estas informações foram consultadas diretamente na ANAC, inclusive nas resoluções publicadas pela agência. Portanto, são confiáveis. Só recomendamos a consulta de certas dúvidas com as cias. aéreas porque nem toda regra é regulada pela ANAC, ou seja, muda conforme a empresa. Mas as que estão diretamente listadas aqui são válidas e oficiais.

Itens permitidos na bagagem de mão

Alguns itens não apenas são permitidos, como também recomendados. É o caso de eletrônicos, objetos de valor (dinheiro, joias, etc.), higiene e documentos. Dessa forma, você tem em mãos o que precisar de imediato, por exemplo, para se distrair durante uma viagem longa de avião.

Eletrônicos

Notebooks, tablets, câmeras fotográficas e similares, desde que o peso e as dimensões não ultrapassem aqueles definidos pela ANAC e cia. aérea.

No caso das pilhas e/ou baterias de lítio utilizadas nesses aparelhos também são permitidas. Mas não podem ultrapassar os limites de 20 Wh e 100 Wh, respectivamente.

Líquidos em voos nacionais

Pode-se levar até 4 frascos de aerossóis de higiene pessoal ou uso médico, de até 300 ml/g cada. Já perfumes são aceitos em recipientes de até 500 ml, sendo que o total transportado não pode ultrapassar 5 litros.

Quanto a bebidas alcoólicas, há regras específicas. Pode-se transportar 5 volumes de até 1 litro cada, com percentual alcoólico abaixo de 70%, em embalagem de varejo, isto é, a original da fabricante. Caso ultrapasse esse limite ou fuja às condições, as garrafas irregulares serão descartadas.

Sobre outras bebidas, como água e suco, consulte diretamente a cia. aérea, pois o site da ANAC não as cita.

Líquidos em voos internacionais

As regras são mais restritas para bagagem de mão, portanto atente-se. Todo tipo de líquido deve ser armazenado em frascos com capacidade máxima de 100 ml. O limite total é 1 litro, ou seja, até 10 frascos de 100 ml, inclusive para bebidas alcoólicas. Mas deve ser difícil encontrar uma garrafinha lacrada tão pequena.

O acondicionamento dos frascos deve ser feito em uma outra embalagem plástica transparente com fechamento hermético (tipo ziplock). Isso porque a inspeção deve-se facilitar a inspeção dos agentes.

Importante: caso faça um voo nacional, mas passe por área de embarque internacional, valem as mesmas regras de voos internacionais.

#DicaPI: sabe por que é importante também consultar a companhia aérea sobre tais regras? Ao voltar do Chile, por exemplo, você pode trazer vinhos chilenos na bagagem de mão. Mas são normas específicas, que deve consultar na compra da passagem!

Alimentos

São permitidos todos os produtos perecíveis e alimentos, contanto que estejam bem acondicionados em embalagem à prova de vazamentos. Outros casos, como peixes e frutos do mar, deve-se alocar em caixa de isopor revestida em saco plástico resistente.

#DicaPI: dedicamos um post exclusivo sobre o que é permitido ao trazer alimentos e bebidas do exterior para o Brasil.

Animais

As regras de transporte de animais domésticos na cabine ficam a critério de cada companhia aérea. Em caso de cão-guia, é assegurado o direito de acompanhamento gratuito do animal. No entanto, deve-se seguir todos os critérios especificados pela empresa contratada.

Materiais esportivos

Bolas, desde que murchas (proibido as de boliche), raquetes de tênis, máscaras e nadadeiras, acessórios de esqui (óculos, luvas e botas). Já artigos maiores, como skates, pranchas, bicicletas e bastões devem ser despachados como bagagem comum.

Instrumentos musicais

Para transportar instrumentos musicais como bagagem de mão, eles devem estar dentro das dimensões e peso indicados. Instrumentos maiores que o especificado devem ser despachados.

Dependendo da cia. aérea, é possível adquirir assento extra para acomodar instrumentos maiores, como violoncelos. Sendo assim, recomendamos pesquisar antes de comprar as passagens.

Eletrodomésticos

Eletrodomésticos pequenos, devidamente embalados, são permitidos como bagagem de mão. Para tanto, devem estar dentro dos limites de peso e dimensões. Fique atento: micro-ondas são proibidos na bagagem de mão.

Itens proibidos na bagagem de mão

Armas

Todos os tipos de armas são proibidos na bagagem de mão. Sendo assim, estão incluídas as de fogo, de pressão, de choque elétrico ou químicas (inclusive réplicas ou de brinquedo), estilingue, sprays de pimenta, ácidos ou neutralizantes, etc.

Objetos pontiagudos ou cortantes

Machados, picadores de gelo, estiletes, equipamentos de luta, navalhas, facas, tesouras, canivetes ou instrumentos multifuncionais com lâminas superiores a 6 cm.

Ferramentas de trabalho

Pés de cabra e alavancas similares, furadeiras e brocas (inclusive portáteis e sem fio), chaves de fenda e cinzéis com lâmina ou haste superior a 6 cm, serras (inclusive portáteis ou sem fio), maçaricos, martelos, marretas, pistolas de pregos (e similares), dispositivos de alarmes.

Substâncias explosivas, incendiárias ou inflamáveis

Explosivos, munições, espoletas, fusíveis, detonadores, estopins, minas, granadas ou similares, fogos de artifício, cartuchos geradores de fumaça, dinamite, pólvora, pós metálicos e similares, líquidos inflamáveis, aerossóis, gases inflamáveis, isqueiros do tipo maçarico, repelentes de animais em aerossóis

Substâncias químicas, tóxicas e outros itens perigosos

Cloro, alvejantes líquidos, baterias com líquidos corrosivos derramáveis, mercúrio, ácidos, venenos, materiais infecciosos e radioativos.

Bagagem de mão: entenda as exceções à regra

Você deve ter visto alguns itens que, vira e mexe, precisa carregar na bagagem de mão. Por isso, separamos, as exceções permitidas:

Saca-rolhas, canetas, lápis e lapiseira inferiores a 15 cm, isqueiro com gás ou fluido inferior a 8 cm, fósforos (uma caixa com até 40 unidades por passageiro), bengalas, guarda-chuvas e martelinho usados em exames médicos podem ser levados à mão dentro da cabine.

É possível, também, levar em sua mala de mão:

  • Aparelho de barbear em cartucho
  • Objetos com lâminas inferiores a 6 cm (inclusive canivetes, cortadores de unha, tesourinhas sem ponta e pinças)
  • Aerossóis de uso médico ou de higiene pessoal (até 4 frascos de, no máximo, 300 ml ou 300 g por passageiro)
  • Termômetros de medição térmica
  • Relógio de pulso com alarme

Em caso de dúvidas, consulte antecipadamente a companhia aérea. Se possível, evite carregar tais itens na bagagem de mão, para evitar transtornos.

Medicamentos na bagagem de mão

Medicamentos (com prescrição médica), alimentação de bebês e líquidos de dietas especiais podem ser transportados na quantidade necessária ao período total de voo (incluídas escalas e conexões). Contudo, você deve apresentá-los no momento da inspeção de segurança.

#DicaPI: você sabe a diferença entre escala, conexão e voo direto?

Pronto para viajar barato e com tranquilidade?

Quem não gosta de segurança, tranquilidade e conforto ao viajar? E se, além disso, fosse possível encontrar passagem aérea barata?

É o que fazemos todos os dias! Além de dicas de viagem, o Passagens Imperdíveis divulga promoções de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais. Assim, você consegue embarcar sem problemas e ainda pagando menos pelo bilhete!

Veja um exemplo de promoção de passagem aérea divulgada em nosso Instagram:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Passagens Imperdíveis (@passagensimperdiveis) em

Para ficar sabendo das promoções, siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito. Dessa maneira, receberá notificações de passagens aéreas baratas.