Home > Dicas de viagem > Qual a diferença entre escala e conexão? Conheça os tipos de voo

Qual a diferença entre escala e conexão? Conheça os tipos de voo

Você também já se perguntou qual a diferença entre escala e conexão? Esta é uma dúvida comum entre os passageiros, sobretudo para aqueles em viagem internacional. Por isso, vamos explicar os tipos de voo e suas diferenças, incluindo voo direto. Assim, você saberá o que esperar e qual escolher!

#DicaPI: sabia que também existem diferentes tarifas aéreas?

Voo direto

O voo direto é aquele em que você embarca na cidade de origem e desembarca no destino, sem paradas. Portanto, é a maneira mais rápida e prática de chegar a um destino.

voo direto viajanet são paulo nova york

Exemplo de voo direto, conforme mostra a agência parceira Viajanet

No entanto, nem sempre é possível cobrir todo o trecho em um só voo. Isso porque os aviões têm limitações de autonomia, ou seja, precisam reabastecer depois de um tempo.

E nem só velocidade oferecem os voos direitos. Outra vantagem é o menor risco de extravio de bagagens (você sabe o que fazer nesses casos?). Afinal, as malas não serão trocadas de um avião pelo outro.

Apesar de ser uma maneira prática de chegar ao destino, voos diretos costumam ter um preço maior. Mas isso não será problema se você acompanhar as promoções de passagens aéreas divulgadas em nosso aplicativo. Há casos em que o custo do voo direto sai mais barato do que um com conexão ou escala!

#DicaPI: outra maneira de aproveitar voos baratos é escolher as companhias low cost.

Voo com conexão

A principal característica desse tipo de voo é a troca de aeronaves ao longo da viagem. Por isso, é mais longo do que o voo direto. Quanto à diferença entre escala e conexão, adiantamos: na escala, também há pausas, mas não precisa embarcar em outro avião.

Em outras palavras, no voo com conexão você desce no aeroporto “intermediário” e aguarda a partida do próximo avião.

voo com conexão

Voo do Brasil à Austrália, só com conexão, conforme mostra a agência parceira Submarino Viagens

Dependendo do trecho, você fará mais de uma conexão até chegar ao destino final. Por exemplo, em nossa viagem para Nova York, fizemos 2 conexões: de Belo Horizonte para São Paulo; de lá até a Cidade do Panamá; dali para Nova York. A viagem, no total, durou cerca de 20 horas. Mas pagamos somente R$ 700 pela passagem, então achamos que valeu a pena.

Embora tenhamos aproveitado promoção para um voo com conexão, nem sempre estes são mais baratos. Isso significa que você deve pesquisar com antecedência e comparar com os voos diretos e com escala.

Também tem a questão da classe em que viajará, isto é, o preço varia conforme a escolha: econômica, econômica premium, executiva e primeira classe. Contudo, já fique sabendo que a classe escolhida não afeta a condição de voo direto, com escala ou conexão. Sua passagem te dará direito a seguir na mesma classe nos voos seguintes, isso sim!

#DicaPI: experimentamos a classe econômica premium da Delta viajando para Orlando. Será que vale a pena a diferença de preço da econômica comum?

Variação no tempo de viagem

A duração da viagem de um voo com conexão varia, porque depende do horário da próxima aeronave. Há conexões em que a espera dura umas 3 horas, enquanto em outros casos ultrapassa as 9. Não é raro ter de pernoitar na cidade de conexão para embarcar no dia seguinte.

Esse tipo de voo ocorre, normalmente, em trechos longos, em que não há voos diretos. Foi também o nosso caso quando embarcamos de São Paulo para Bangkok, na Tailândia. Passamos por São Paulo, Alemanha (Frankfurt) e Pequim (China).

O que fazer enquanto espera

Antes de qualquer coisa, é importante ter atenção para não perder o próximo voo. Sendo assim, já separe a documentação necessária para o embarque. Atente-se também às informações sobre o portão, procedimentos de segurança, situação do voo, etc.

Em conexões de longa duração (acima de 7 horas), você pode até passear pelos arredores. Contudo, planeje muito bem para não se atrasar e perder o voo. Observe, também, que se for conexão internacional, poderá passar pela imigração e outras regras daquele país, incluindo necessidade de visto!

Em todos os casos, tenha consigo algum passatempo, de preferência que não dependa de bateria, como livro, revista e palavras-cruzadas.

#DicaPI: buscar meios de entretenimento durante o voo é uma ótima maneira de combater o medo de avião!

Despacho de bagagem

Isso varia de acordo com a passagem, isto é, haverá conexões em que você não precisará se preocupar com a bagagem. Entretanto, haverá casos em que você deve pegá-la e despachá-la novamente. Sendo assim, leia com atenção as orientações da companhia aérea no ato da compra da passagem.

Check-in

Deve-se fazer check-in novamente em voos com conexão? Depende da companhia aérea e do trecho. Portanto, veja todos os detalhes sobre o voo ao comprar sua passagem. Assim, evita surpresas desagradáveis.

Voo com escala

O voo com escala é um intermediário entre o voo direto e com conexão. Isso porque você faz uma pausa, mas continua no mesmo avião. Nas rotas com escala, a aeronave pousa em algum aeroporto no meio do trajeto, seja para abastecer, seja para receber novos passageiros. Então segue viagem para o destino final.

voo nacional com escala almundo

Em voos nacionais, escalas são comuns, como mostra a agência parceira Almundo

Em relação ao direto, o que muda é o tempo total da viagem, uma vez que se realiza uma parada. Já a diferença entre escala e conexão é que, em voo com escala, você não precisará embarcar em outro avião. Sendo assim, só deve aguardar os procedimentos da companhia aérea para seguir viagem.

#DicaPI: ainda sobre voos diretos, contamos tudo sobre viajar para o Chile na classe econômica da Emirates!

Com relação ao preço da passagem, costuma ser menor que os voos diretos, mas não há uma regra se comparado aos voos com conexão.

Viu como é simples a diferença entre escala e conexão?

Além de entender a diferença entre escala e conexão, você pegou algumas dicas de como agir durante a viagem. Desse modo, terá mais tranquilidade ao embarcar, seja qual for seu tipo de voo.

Como deve ter percebido, os voos com conexão são aqueles que mais exigem cuidado. Afinal, você embarcará e desembarcará mais de uma vez, em aeroportos diferentes. Mesmo assim, não é nenhum bicho de 7 cabeças.

Por fim, entendeu que, embora os preços variem entre os tipos de voo, é possível encontrar passagens aéreas baratas para todos. Para tal, a recomendação é seguir o Passagens Imperdíveis nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter), baixar o app gratuito ou usar nosso buscador de passagens.