Home > Dicas de viagem > Extravio de bagagem em voo: saiba o que fazer e como prevenir

Extravio de bagagem em voo: saiba o que fazer e como prevenir

Extravio de bagagem é algo que não desejamos para ninguém. Mas como estamos todos sujeitos a esse tipo de imprevisto, é importante saber o que fazer e como prevenir. Por isso, passaremos dicas baseadas em nossa própria experiência de viajantes e orientações da Agência Nacional de Aviação (Anac).

Assim, caso aconteça com você, já saberá como agir. Isso contribui bastante para controlar a situação, tanto em extravio de bagagem em voo internacional quanto nacional.

Quais as causas mais frequentes de extravio de bagagem?

O primeiro ponto é ter ideia de por que as bagagens se perdem. Eis alguns dos motivos.

Extravio durante conexões

Campeã dos motivos, pode acontecer de o passageiro trocar de aeronave e a bagagem não acompanhar. Uma das principais causas é o encurtamento de tempo entre os voos (menos de 2 horas em voos internacionais, por exemplo). Outra situação é quando são linhas aéreas diferentes, em que pode ocorrer falha de comunicação entre as duas.

Mas lembre-se, não quer dizer que só de serem cias. aéreas diferentes ou tempo curto de conexão, que haverá extravio de bagagem. Esses são apenas cenários mais propensos a tal erro, que, por sua vez, é uma exceção à regra.

Perda

Pode acontecer quando a bagagem perde a etiqueta de identificação. Assim, o profissional responsável fica sem saber exatamente para onde mandá-la. Em situações como essa, a bagagem fica “perdida” até que, depois da reclamação do passageiro, é efetuada a busca por ela.

Falha do responsável pelo transporte de bagagens

Diz respeito à algum problema na logística de transporte, o que leva ao extravio da bagagem. Pode ocorrer por diversos motivos, desde falha motivada pela grande quantidade de volumes ou prazo muito curto, até o simples erro humano, por distração, negligência, etc.

Furto

Diferente de “roubo”, o furto ocorre quando um bem é subtraído da vítima sem o uso de violência. É quando pegam algo sem a pessoa nem perceber. No aeroporto, uma possibilidade de furto é no momento em que a bagagem está na esteira ou em alguma outra área. Portanto, a dica é se atentar, sempre!

Engano

Depois de horas de viagem, é perfeitamente possível que algum passageiro cansado (e distraído) pegue a mala de outro por engano. Até porque existem modelos de mala bem semelhantes! Por isso a importância de diferenciar a sua com adesivos, faixas, etc.

#DicaPI: uma das vantagens da classe executiva é o conforto durante a viagem. Quer dizer que você pode chegar ao destino sem sentir tanto cansaço.

O que fazer em caso de bagagem extraviada?

Você desembarcou, foi até a esteira, esperou, esperou, mas nada de sua mala aparecer. Bom, ao constatar o extravio da bagagem, antes de tudo, tente manter a calma. Pode até parecer clichê, mas de fato isso faz toda a diferença.

Em situações de estresse, o cérebro humano desencadeia uma série de processos fisiológicos (tremor, suor, coração disparado, etc.). E isso, somado às emoções (medo, raiva, ansiedade, etc.), pode dificultar mais as coisas. Então, a ideia é tentar se controlar para seguir os protocolos e chegar a uma solução o mais rápido possível.

O primeiro passo formal é informar companhia aérea imediatamente. Mas como fazer isso? Procure por algum funcionário próximo à esteira ou, em último caso, vá até o guichê da empresa.

#DicaPI: não sabe falar inglês (nem outro idioma?) O Google Tradutor pode te ajudar, conheça os recursos desse aplicativo!

O profissional que atender você vai te orientar a preencher um formulário escrito, chamado Relatório de Irregularidade de Bagagem (RIB). Isso tudo ainda no aeroporto. Esse relatório é importante porque oficializa a ocorrência para a cia. aérea.

Caso não proceda o preenchimento do RIB no aeroporto, há um prazo de 7 dias para fazê-lo, porém isso diminui suas chances de conseguir a indenização pela bagagem extraviada. Se por qualquer motivo não conseguir preencher o RIB, opte por entrar em contato via SAC ou e-mail e documente formalmente sua reclamação.

Ainda, se você tiver a suspeita ou, de alguma forma, constatar o furto da sua bagagem, registre, além do RIB, um boletim de ocorrência na polícia.

#DicaPI: em nosso voo para Orlando, tivemos problema com a bagagem e procuramos a cia. aérea na hora. Veja como foi o procedimento!

Qual o prazo para encontrarem e devolverem a bagagem?

A Anac informa os prazos para devolução de bagagem extraviada, que começa a contar após a formalização da ocorrência.

  • Voos nacionais: até 7 dias
  • Voos internacionais: até 21 dias

Caso ultrapasse esse tempo, caberá cobrar os seus direitos, conforme explicado a seguir.

#DicaPI: saiba também o que fazer em caso de cancelamento de voo, overbooking ou atraso!

Quais os seus direitos em caso de extravio de bagagem?

Nem sempre a empresa conseguirá resgatar suas malas dentro do prazo estipulado. Nesse caso, você pode (e deve!) exigir uma compensação financeira para suprir a compra de itens de primeira necessidade.

O valor da compensação varia de acordo com a rota e só é aplicável quando você está fora da sua cidade de residência. Quem estipula a quantia são as companhias aéreas, portanto muda de acordo com cada empresa.

Sendo assim, para saber mais, recomendamos ler as regras no site da cia. que extraviou a bagagem. Também é válido buscar a orientação de um advogado especializado em direito do consumidor. Esse profissional saberá lidar com as especificidades de cada situação. Ainda mais porque essa questão do ressarcimento varia conforme a cia. aérea.

Dicas para prevenir/amenizar o extravio de bagagem

Há certas coisas que não dependem 100% da gente, como o extravio de bagagem. No entanto, é válido tomar as precauções para reduzir as chances de ter problemas. Também valem medidas que amenizem a situação, caso ocorra.

Planeje seu voo o máximo possível

Sabemos que nem sempre é possível escolher os voos totalmente dentro dos nossos parâmetros. É o caso, principalmente, quando aparece uma oportunidade de passagem aérea barata e compramos rapidamente para garantir o desconto.

Contudo, dentro das possibilidades, busque voos com conexões da mesma companhia e pelo menos 2 horas entre uma e outra. Assim, reduzem-se as chances de extravio de bagagem entre um avião e outro.

Identifique/diferencie sua bagagem

É muito importante identificar bem suas malas com o máximo de dados de contato possível. Assim, caso outro passageiro se confunda ou alguém a encontre perdida, ficará mais fácil localizá-la para devolução.

Outra dica de ouro é diferenciar sua mala. Vale lenço colorido ou qualquer adorno que a torne única. Até malas coloridas e estampadas são boas opções. Dessa forma, você localiza facilmente sua bagagem na esteira e evita que outros passageiros a peguem por engano.

Faça check-in com antecedência

Mais uma vez, a palavra-chave é antecedência. Despachar bagagem na última hora pode dificultar que suas malas cheguem em tempo hábil à aeronave. Reserve um tempinho para despachar com calma e sempre confira a etiqueta com seus dados.

#DicaPI: fazer check-in é mais fácil do que você imagina: veja como fazer pelo computador e celular!

Seguro contra extravio

Ao comprar suas passagens utilizando as principais bandeiras de cartão de crédito (como Mastercard e Visa), normalmente o seguro contra extravio de bagagens é oferecido gratuitamente.

Outra opção é contratar um seguro pago para garantir a indenização dos objetos que forem declarados no despacho de bagagens. Novamente, atente-se às condições de cada seguradora, para não ter más surpresas depois.

Coloque itens essenciais na bagagem de mão

O extravio de bagagem é exceção à regra. Mas vai que acontece, né? Então a dica é colocar objetos de primeira necessidade na bagagem de mão: agasalhos, itens de higiene pessoal, remédios, cartões, dinheiro em espécie, etc.

Quanto a itens de valor, como eletrônicos (notebook, tablet, etc.) e joias, também os encaixe na bagagem de mão. Isso tudo para evitar prejuízos maiores no caso de a bagagem despachada realmente se perder.

Orientações finais

Em resumo, no caso de bagagem extraviada, você deve:

  1. registrar a reclamação formal com a cia. aérea, ainda no aeroporto;
  2. aguardar o prazo de 7 dias (voos nacionais) ou 21 dias (internacionais) para recebê-la de volta;
  3. buscar ajuda profissional para requerer ressarcimento de gastos básicos e outras compensações, se for o caso;
  4. ter tomado medidas para amenizar (não colocar itens de valor na bagagem despachada e manter itens básicos na de mão).

E como não é uma opção parar de viajar, com ou sem bagagem extraviada, temos uma dica extra: como conseguir passagens aéreas baratas.

No Passagens Imperdíveis, divulgamos promoções de passagens para destinos nacionais e internacionais. Para receber os alertas, siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito.