Home > Dicas de viagem > Petra, Jordânia: dicas, roteiro, transporte e hotéis

Petra, Jordânia: dicas, roteiro, transporte e hotéis

Já sente a emoção de programar sua viagem para Petra, na Jordânia? A partir de agora, a cada linha deste guia, você estará mais perto do seu objetivo. Afinal, compartilhamos dicas e informações práticas.

treasury petra

“Tesouro” é o nome da construção mais famosa de Petra | Foto por Pixabay

Então navegue como quiser:

Roteiro em Petra

Diz a sabedoria popular: antes da calmaria vem a tempestade. Então é natural que precise absorver tantas informações pré-viagem, de modo a garantir um roteiro perfeito em Petra!

Um pouco sobre Petra

Construída por árabes nômades, Petra impressiona pela engenhosidade: não bastasse ser esculpida na rocha, tem um notável sistema de captação de água, em pleno deserto jordaniano.

Por essas e outras, o local, cuja idade ultrapassa os 2 mil anos, ganhou reconhecimento da UNESCO como Patrimônio da Humanidade. Para completar, também entrou na lista de 7 Maravilhas do Mundo Moderno, ao lado de outras pérolas, como Machu Picchu, no Peru.

Onde fica Petra?

Petra fica na Jordânia, nação situada no Oriente Médio, uma região da Ásia. Esse país faz fronteira com Israel, razão pela qual viajantes costumam combinar ambos os países no roteiro.

Aproximando o mapa, Petra fica na cidade de Wadi Musa, a cerca de 230 km da capital do país, Amã. Dessa maneira, quando procura pelo sítio arqueológico no Google Maps, por exemplo, ele “corrige” automaticamente o nome do resultado.

O que fazer em Petra

Do centro de visitantes ao último ponto de interesse em Petra, a trilha tem 4 km. Então encarne seu espírito aventureiro para seguir firme. E não se preocupe, porque o caminho tem banheiros, lanchonetes e lojinhas de acessórios.

Siq

siq corredor de pedra em petra

No Siq, você fica num corredor imenso de rochas | Foto por Pixabay

Toda aventura tem uma dose de suspense antes da recompensa. Com Petra, não poderia ser diferente. Você caminhará alguns metros num corredor gigante de rochas cuidadosamente esculpido pela natureza ao longo de milhões de anos. Daí, quando se convencer de que é um túnel sem fim…

Treasury (tesouro)

petra jordania tesouro

O Tesouro, símbolo maior de Petra, na Jordânia | Foto por Pixabay

Ao final do Siq, você dará de cara com a fachada de 40 metros que caracteriza uma das 7 Maravilhas do Mundo. Recupere o fôlego e retome o controle dos milhares de pensamentos simultâneos na sua cabeça.

Nem os arqueólogos têm certeza sobre o real objetivo dessa construção de 2 mil anos. Escavações apontam para fins cerimoniais, pois encontraram túmulos dentro da construção.

É possível acessar mirantes para ver o Treasury de cima. Mas, prepare-se, porque os vendedores costumam pedir para você comprar algo em troca da “permissão” para tirar fotos.

Outros pontos do roteiro em Petra

teatre o teatro de petra

Como seriam as peças de teatro naquela época? | Foto por Pixabay

  • Street of Facades: grande espaço aberto entre diversas tumbas
  • Theatre: gigantesco teatro para 4 mil pessoas esculpido na pedra
  • Urn Tomb: antiga câmara funerária que mais tarde serviu como igreja
  • Silk Tomb: destaca-se pelos diferentes tons de vermelho que a colorem
  • Corinthian Tomb: parece com o Treasury, porém é mais simples
  • Palace Tomb: o maior do sítio, com 46 metros de altura

Petra by Night

petra by night jordania

Petra, na Jordânia, é uma das 7 Maravilhas do Mundo | Foto por Wikimedia Commons

A promessa desse evento noturno é propiciar uma perspectiva única (e inesquecível) de Petra. Para tal, acendem mais de 1.500 velas, as quais os visitantes carregam numa procissão pelo local.

Organize sua agenda para participar do Petra by Night:

  • Dias: toda segunda, quarta e quinta
  • Duração: 2 horas, das 20h30 às 22h30
  • Requisito: ter comprado o ingresso para visita “normal”, de dia
  • Preço: 17 JD
  • Pontos de venda: centro de visitantes oficial, hotéis e agências
  • Mais informações: site oficial

Mapa de Petra

Se uma imagem vale mil palavras, quantas valem um mapa de Petra? Navegue pelos pontos de interesse, de maneira que tudo fique mais claro e você entenda melhor o que lhe espera!

Dicas extras para seu roteiro em Petra

Para que nada atrapalhe seu roteiro em Petra, atente-se a estas dicas:

  • Antiguidades: não compre, porque a maioria é falsa
  • Água: você está no deserto, então hidrate-se!
  • Melhor hora: das 6h às 11h e das 16h às 18h é mais vazio
  • Roupas: leve blusa se for ficar de noite, porque esfria repentinamente
  • Calçados: calce tênis confortáveis e apropriados para caminhadas
  • Acessórios para o sol: use óculos escuros, chapéu e protetor solar
  • Quanto tempo ficar: 1 dia é o suficiente para explorar, mas você pode aprofundar sua visita voltando outras vezes

Ingresso para Petra

Há diferentes opções de ingressos para Petra. Logo, você deve analisar qual se encaixa no seu roteiro.

Ingresso para quem vai dormir na Jordânia:

  • 1 dia em Petra: 50 JD
  • 2 dias: 55 JD
  • 3 dias: 60 JD

Atenção: a quantidade de dias indicada é de visita a Petra, não de noites dormidas no país. Por exemplo, você pode passar 2 ou mais noites, mas comprar o ingresso de 1 dia por 50 JD.

Ingresso para quem vai fazer bate-volta, ou seja, entrar e sair da Jordânia no mesmo dia:

  • 1 dia: 90 JD

Resumindo, se você estiver numa viagem de mais de um dia pela Jordânia, pagará mais barato pelo ingresso. Por outro lado, se vai ao país só para visitar Petra e ir embora, o ingresso tem preço maior.

O ingresso, seja qual for o tipo, fica à venda só presencialmente no centro de visitantes, em Wadi Musa. Portanto, guarde a ansiedade e não tente comprar on-line, já que o único posto de venda é aquele próximo ao sítio arqueológico.

Jordan Pass

Você teve a impressão de que essa diferença no preço é para incentivar os turistas a passarem mais tempo no país? Pois bem, outra medida nesse sentido é o Jordan Pass, um ingresso para Petra e mais outras dezenas de pontos turísticos da Jordânia.

A lógica é simples: o passe sai mais barato do que a soma das entradas separadas. E caso você fique mais de 3 noites (4 dias) e compre o passe antes de entrar no país, ganha isenção na taxa de visto, que custaria 40 JD.

  • 1 dia em Petra + 40 outros pontos: 70 JD
  • 2 dias em Petra + 40 outros pontos: 75 JD
  • 3 dias em Petra + 40 outros pontos: 80 JD

Assim, se passar mais de 4 dias na Jordânia, definitivamente vale a pena o Jordan Pass, porque a economia é grande. Calculando só 1 dia em Petra mais o visto, que custariam 90 JD somados, você economiza 20 JD!

Veja mais detalhes no site oficial do Jordan Pass.

Quando ir a Petra

estrada na jordania

Na Jordânia, chove pouco ao longo do ano e faz muito calor | Foto por Flickr

Petra recebe turistas o ano todo, portanto a escolha da época depende da sua disponibilidade. Sendo assim, veja o que marca cada estação e se adapte conforme o clima.

Como se espera de uma região desértica, chove pouquíssimo durante o ano, com pancadas isoladas. Estas, por sua vez, são mais frequentes no inverno, de dezembro a fevereiro.

Logo, foque no outro lado da força: o sol. Isso porque o calor pega bastante, principalmente no verão, de junho a agosto. Se animar enfrentá-lo, saia de manhã bem cedo ou no final da tarde, evitando os horários de maior intensidade do sol. A recompensa é encontrar os pontos turísticos com menos gente.

Para uma experiência mais cômoda, sem calor nem frio extremos, a melhor época para ir a Petra:

  • primavera, de março a maio
  • outono, de setembro a novembro

Entretanto, outras pessoas pensarão o mesmo, daí espere encontrar o local mais cheio nessas estações.

Na verdade, tais dicas de quando ir a Petra também valem para as terras israelenses, de modo que você pode incluir em sua viagem um roteiro em Israel!

Documentação para Jordânia

Uma vez programada a viagem a Petra na época mais conveniente, hora de preparar a papelada do embarque.

  • Passaporte com validade mínima de 6 meses: obrigatório (veja como emitir o seu)
  • Certificado internacional de vacina contra febre amarela: obrigatório (saiba como tirar o seu)
  • Visto na entrada na Jordânia: obtido na hora da imigração por 40 JD
  • Seguro viagem: não obrigatório, mas indicamos fazer

Dicas rápidas da Jordânia

Mais algumas informações que farão a diferença para seu roteiro em Petra

  • Moeda: dinar jordaniano, cuja sigla é JD
  • Câmbio: leve dólar ou euro; a cotação aproximada é de 1 JD = US$ 1,40 e 1 JD = € 1,27 (sim, o dinar vale mais que euro e dólar!)
  • Fuso: 5 horas à frente do horário de Brasília, ou seja, quando aqui são 10h, lá são 15h

#DicaPI: quer mais detalhes para iniciar sua viagem sabendo tudo? Veja mais estas dicas de turismo na Jordânia!

Como ir de Israel para Petra

fronteira israel jordania

Uma breve caminhada e você cruza a fronteira entre Israel e Jordânia | Foto por Flickr

Veja o itinerário, meios de transporte e taxas para cruzar a fronteira de Israel com a Jordânia!

Taxas na fronteira de Israel com a Jordânia

Supercomum entre os turistas, a travessia por terra via Israel demanda as seguintes taxas extras, além dos documentos citados na seção anterior.

  • Taxa de saída de Israel: 105 ILS
  • Taxa de saída da Jordânia para voltar a Israel: 8 JD

Já que você vai passar pelo país vizinho, veja estas dicas de turismo em Israel, incluindo documentos para imigração!

#DicaPI: embora não tenhamos focado nesta possibilidade, é possível combinar também com o Egito, que exige visto; então veja como tirar visto egípcio!

Itinerário de Israel a Petra

Saindo de Israel, o itinerário mais comum é por terra:

  • Parte de Tel Aviv ou Jerusalém rumo a Eilat (há ônibus e voos)
  • Sai pela fronteira terrestre em Eilat, no sul de Israel
  • Entra em Aqaba, na Jordânia
  • Segue para Wadi Muse, cidade em que fica Petra
  • Finaliza de Wadi Muse a Petra, 2 km apenas

Veja no mapa um resumo do trajeto, bem como das alternativas de transporte:

Transporte de Israel a Petra

Você pode usar os seguintes meios de transporte para sair de Israel e seguir até Petra.

Abaixo, um resumo, em seguida, o detalhamento de cada meio.

  • Tour guiado: a partir de 1.000 ILS, mais fácil, porém cansativo
  • Táxi: cômodo, mas depende de ônibus ou avião para ir de Jesuralém/Tel Aviv até a cidade da fronteira, Eilat
  • Ônibus até Eilat: saindo de Tel Aviv (linha 390), custa 70 ILS; e de Jerusalém (linha 444), 70 ILS; opções mais baratas, porém trabalhosas
  • Ônibus de Aqaba a Petra: entre 3 e 18 JD, mais barato, mas demanda alta organização para não perder horário
  • Carro alugado: mais autonomia, embora caro
  • Transfer: média de US$ 50, mais confortável, no entanto é caro

Tour guiado

São muitas as agências que oferecem passeios bate-volta ou pernoite saindo de Tel Aviv ou Jerusalém para Petra.

Apesar do preço, que custa a partir de 1.000 ILS, é mais conveniente por causa do suporte, sobretudo na travessia da fronteira. Mas atenção: o valor dos passeios não inclui aquelas taxas da fronteira.

Atente-se também ao degaste. Nos passeios bate-volta, o ônibus sai de madrugada e só volta no outro dia à noite. Portanto, é bastante corrido e cansativo.

Táxi

Uma vez em Eilat, considere pegar um táxi do hotel à fronteira, com valor variável conforme seu ponto de partida. Já em Aqaba, você pode pegar um táxi direto para Petra, na faixa de 50 JOD (agora a moeda é a da Jordânia, não de Israel – faça o câmbio na fronteira). Tente negociar ida e volta por 90 JOD.

A viagem vai levar cerca de 2 horas.

Ônibus

Antes de tudo, você pegará um ônibus da viação Egged saindo de Tel Aviv (linha 390) ou Jerusalém (linha 444) rumo a EIiat. Em ambos os trechos, a passagem custa a partir de 70 ILS e a viagem demora cerca de 5 horas.

Já em Eilat, siga de táxi até a fronteira. Quando atravessar, pegue táxi até uma das estações de ônibus ou hotel, o que custa em torno de 20 JOD. A mais famosa é a JETT Travel, que realiza viagens diárias, saindo no início da manhã e retornando ao final da tarde, por 18 JOD ida e volta ou 12 JOD só um trecho. Como ele só tem uma saída por dia, dificilmente você conseguirá pegá-lo logo após cruzar a fronteira. Logo, considere como opção caso durma em Aqaba.

onibus petra jett

Para pegar o ônibus da JETT, você precisa estar na Jordânia no início da manhã | Foto por Wikimedia Commons

Por sua vez, existem ônibus locais que custam cerca de 3 JOD e saem diversas vezes ao dia. O motorista espera um número mínimo de passageiros, por isso não há uma tabela fixa de horários. Também há diversas paradas pelo caminho. Pergunte no hotel ou ao taxista o ponto mais próximo.

De modo geral, os ônibus levam de 3 a 5 horas para chegar a Petra.

Esta é a maneira mais barata de ir a Petra, mas, como você percebeu, leva mais tempo e depende de combinar com táxi os trechos mais curtos. Outro ponto é que os horários dos ônibus na Jordânia podem não te atender perfeitamente, daí vale a pena escolher esse meio caso tenha mais de 1 noite disponível.

Carro alugado

Se estiver de carro alugado em Israel, deve deixá-lo estacionado na fronteira, porque a travessia dirigindo é proibida. Dessa forma, pegue um táxi até o centro de Aqaba, onde pode retirar outro carro, isto é, alugado à parte, seja na hora, pessoalmente, seja antecipadamente, pela internet.

Use seu GPS para traçar a melhor rota até Petra, que muito provavelmente será tranquila. Afinal, a infraestrutura das estradas na Jordânia é de alta qualidade. Talvez passe por algum posto militar, no qual lhe questionarão o motivo da viagem e o liberarão logo em seguida.

Você vai gastar pelo menos 50 JOD para encher a diferença do tanque, considerando que rodará uma média de 250 km (125 km cada trecho) e que o litro da gasolina custa em torno de 1 JOD.

Transfer

Tanto para um trecho isolado quanto para o trajeto todo, esta é de longe a opção mais cômoda e confortável. Todavia, o preço tende a ser maior, principalmente se você contratar serviço privativo.

Entre as empresas que oferecem transfer, a Flo Shuttle tem boas recomendações. Eles mostram todos os preços no site e possibilitam agendar on-line com antecedência. As viagens de Israel para Petra custam na faixa de US$ 50.

Como chegar a Petra de Amã (Amman)

Se você vai adicionar Petra ao seu roteiro na Jordânia, certamente a chegada será mais fácil. Afinal, você não precisará cruzar nenhuma fronteira logo antes de ir visitar o local.

  • Itinerário resumido: de Amã a Wadi Muse, cidade onde fica Petra
  • Duração média da viagem: de 3 a 5 horas, dependendo do meio

Veja no mapa o itinerário resumido e as opções de transporte:

Transporte de Amã e Petra

Analise cada meio e escolha aquele que combina com seu estilo de viagem!

  • Tour guiado: média de 160 JOD, pega no hotel de manhã e volta à noite
  • Ônibus: de 3 a 18 JOD, leva de 4 a 5 horas
  • Táxi: cerca de 100 JOD, demora 3 horas e meia
  • Carro alugado: a partir de 90 JOD, média de 4 horas, depende do ritmo

Tour guiado

Uma enxurrada de agências oferece passeios bate-volta para Petra saindo de Amã. Não raro, os tours incluem outros lugares, a exemplo do deserto de Wadi Rum. Os preços saem na média de 160 JOD, já contando o ingresso da atração, lanche e ida e volta para o hotel.

Ônibus

De longe a opção mais barata para ir de Amã a Petra. Nesse sentido, há duas alternativas:

  • JETT Travel: ônibus executivo que sai uma vez por dia, às 6h30, e retorna às 16h; custa 18 JOD ida e volta o 11 JOD o trecho separado; tem ar-condicionado e vai direto; demora cerca de 4 horas; detalhes no site
  • Micro-ônibus: custa 3 JOD, mas não tem horário fixo, já que só sai quando enche de passageiros; faz diversas paradas no caminho e não tem compartimento para malas grandes; alternativa caso não possa pegar o da JETT no início da manhã; pode ultrapassar 5 horas de viagem

Táxi

taxi jordania

Negocie o valor antes de entrar nos táxis para Petra | Foto por Wikimedia Commons

Sendo o preço seu maior empecilho, o táxi figura como alternativa fácil, confortável e rápida, visto que pode levar só 3 horas. Por outro lado, disponha-se a desembolsar pelo menos 100 JOD o trecho.

Carro alugado

Pelo espírito aventureiro de cortar o país dirigindo, você tem a possibilidade de alugar um carro na Jordânia e fazer seu próprio caminho de Amã a Petra. Para tanto, use seu GPS!

Além do dinheiro para o carro, reserve no mínimo 50 JOD para a gasolina, cujo litro custa a média de 1 JOD. São 3 horas e meia para a viagem, que pode durar mais conforme seu ritmo. Cada trecho tem cerca de 235 km, isto é, 470 km no total.

Hotéis para ficar em Petra

Independentemente da sua origem: Israel ou Jordânia, caso vá pernoitar antes ou depois do roteiro em Petra, sobram hotéis das mais variadas faixas de preço.

Hotéis em Aqaba (fronteira da Jordânia e Israel)

Na hipótese de fazer base em Aqaba para seguir no dia seguinte de manhã cedo:

Wadi Musa (cidade mais próxima de Petra)

Para dormir ao lado de uma das 7 Maravilhas do Mundo!

Restaurantes em Petra (Wadi Musa)

Explorar um dos Patrimônios da Humanidade pela UNESCO requer energia. Logo, cedo ou tarde, você vai parar num dos restaurantes, que são muitos. Então, para te ajudar escolher, pesquisamos alguns com boas recomendações!

Reem Beladi Restaurant

Entre os mais bem avaliados pelos viajantes, destaca-se pelo atendimento cordial, qualidade dos pratos e preço justo. Confira pessoalmente por que os clientes gostam tanto!

  • Especialidade: cozinhas árabe e mediterrânea
  • Faixa de preço: cerca de 20 JOD por pessoa
  • Funcionamento: todos os dias, das 9h às 1h
  • Endereço: Tourist Street
  • Mais informações: página do Facebook

My Mom’s Recipe Restaurant

Não só o nome, mas também o ambiente remete ao clima familiar. Esse restaurante em Petra oferece atendimento caloroso, lugares aconchegantes e preço com boa relação entre custo e benefício.

  • Especialidade: cozinhas árabe e mediterrânea
  • Faixa de preço: faixa de 15 JOD por pessoa
  • Funcionamento: segunda, quarta e quinta, das 10h às 23h; terça, sexta, sábado e domingo, das 10h às 22h
  • Endereço: Tourist Street
  • Mais informações: site oficial

Al Qantarah

Oferece espaço amplo e bufê variado, incluindo comida internacional. Para o caso de você sentir saudades do tempero ocidental, eis uma opção boa e barata!

  • Especialidade: cozinhas árabe e mediterrânea
  • Faixa de preço: cerca de 15 JOD por pessoa
  • Funcionamento: todos os dias, das 8h às 23h
  • Endereço: na saída da rua principal de Petra
  • Mais informações: site oficial

Quanto custa um roteiro para Petra?

moeda jordania notas dinar

O dinar jordaniano vale mais do que o dólar e o euro! | Foto por Wikimedia Commons

Conforme você deve ter visto ao longo do post, o preço para as mesmas atividades pode mudar, sobretudo no deslocamento, alimentação, hotel e ingresso de Petra.

Por isso, nossa conta vai considerar uma média por pessoa, para você ter referência, podendo variar para mais ou para menos na sua viagem.

Simulação de custos de 1 noite em Petra para quem passar mais de 3 dias na Jordânia usando Jordan Pass:

  • Visto para Jordânia: 0 JD
  • Transporte (ônibus JETT, trechos separados): 22 JD (11 JD o trecho)
  • Ingresso de 1 dia (incluído no Jordan Pass): 70 JD
  • 1 diária em hotel intermediário: 50 JD
  • Alimentação média: 50 JD
  • Total convertido em dólar: US$ 271 por pessoa

Simulação de custo vindo de Israel, passando 1 noite na Jordânia:

  • Taxa de saída de Israel: 105 ILS
  • Transfer de Tel Aviv/Jerusalém até Petra e vice-versa: US$ 50
  • Visto da Jordânia: 40 JD
  • Taxa de saída da Jordânia: 8 JD
  • Diária hotel intermediário: 50 JD
  • Ingresso 1 dia Petra: 50 JD
  • Alimentação média: 50 JD
  • Total convertido em dólar: US$ 359,99 por pessoa

Lembre-se: essas simulações consideram só algumas combinações entre as várias possíveis. Sendo assim, a sua viagem pode ter custos diferentes.

Mais dicas de Israel e Jordânia

Para montar um roteiro impecável combinando Petra, na Jordânia, e Israel, anote mais estas dicas: