Home > Dicas de viagem > Roteiro em Machu Picchu: como andar dentro do sítio

Roteiro em Machu Picchu: como andar dentro do sítio

Após toda a jornada, finalmente é hora para seu roteiro em Machu Picchu. Sendo assim, este guia mostrará a você o que fazer dentro do sítio, com dicas para aproveitar ao máximo a visita.

Fora o texto, você pode assistir ao vídeo para sentir com ainda mais vividez como é estar dentro de Machu Picchu. Aperte o play!

Como ir a Machu Picchu, no Peru? Respondemos a você e damos outras dicas de viagem, como passagem do trem saindo de Cusco, ingresso do sítio, hotel, acessibilidade e mais. Assista!

#DicaPI: ainda na etapa de planejamento? Veja como chegar a Machu Picchu a partir de Cusco!

Navegue como quiser pelo post:

Dicas para antes do roteiro em Machu Picchu

Com estas dicas práticas, você estará pronto para todas as etapas do seu roteiro em Machu Picchu, do início ao fim!

Documentação para a entrada

entrada machu picchu

Entrada em Machu Picchu | Foto: Passagens Imperdíveis

Considerando que você já comprou seu ingresso para Machu Picchu, deverá ter muita atenção neste detalhe, porque é crucial para entrar no sítio arqueológico.

Na portaria, além do ingresso, podem pedir para você apresentar o cartão de crédito e a identidade ou passaporte do comprador. A ideia é verificar a autenticidade da compra, ou seja, se não houve nenhuma fraude.

Caso tenha comprado com cartão de outra pessoa, tenha em mãos ao menos o xerox do cartão e da ID dela. Nesse sentido, evite usar cartão de crédito virtual para comprar o ingresso.

Melhor hora para visitar Machu Picchu

nascer sol machu picchu

Nascer do sol em Machu Picchu (as nuvens somem aos poucos) | Foto: Passagens Imperdíveis

Embora seja uma questão subjetiva, que depende muito do seu gosto, vamos jogar uma luz nesse quesito.

Os horários mais cheios são aqueles entre as 11h e 15h, porque é quando chega a massa de visitantes fazendo bate-volta. Logo, chegando antes ou depois disso, você pegará menos fila (sim, ainda terá uma certa espera, ainda mais em alta temporada – de abril a agosto).

Para uma visita memorável, experimente o primeiro horário, na faixa das 6h, de maneira a ver o nascer do sol em Machu Picchu.

#DicaPI: se não escolheu seu hotel, veja estas dicas de hospedagem para Machu Picchu!

Quanto tempo ficar em Macchu Picchu

De acordo com as regras do sítio arqueológico, o seu roteiro em Machu Picchu deve durar, no máximo, 4 horas.

Por outro lado, se for visitar uma das outras montanhas, tem 2 horas extras para aproveitar, totalizando 6.

Guia turístico em Machu Picchu

guia machu picchu

Guia em Machu Picchu | Foto: Passagens Imperdíveis

Teoricamente, é obrigatório contratar um guia na porta para entrar em Machu Picchu. Porém, muita gente segue desacompanhada.

Caso você resolva contratar um, por obrigação ou por gosto, a dica para economizar é se juntar a um grupo aleatório. Assim, vocês dividem o valor. Não é exato, mas espere gastar em torno de US$ 15 por pessoa – sim, eles também cobram em dólar, ideal para levar ao Peru e trocar pela moeda local.

A maioria dos guias fala inglês ou espanhol. Mas se você programar todo o passeio com uma agência, é possível conseguir um que fale português, a depender da modalidade do pacote contratado antecipadamente.

Água e banheiro em Machu Picchu

Só há banheiro na entrada do sítio arqueológico. Quanto à água, é proibido entrar com garrafinha de plástico descartável, embora nem sempre fiscalizem. Para garantir, melhor entrar com squeeze ou cantil.

Circuitos só de ida

Os circuitos dentro do sítio são só de ida, então aproveite cada momento para tirar fotos e gravar o quanto puder, porque, depois de passar por determinadas áreas, não pode retornar.

Outras montanhas

entrada huayna picchu

Entrada de Huayna Picchu | Foto: Passagens Imperdíveis

É possível visitar só a cidadela de Machu Picchu, que é a opção mais tradicional, ou incluir uma das montanha em torno.

Uma é a Huayna Picchu, situada atrás da cidade, ou seja, é aquela que a gente vê em todas as fotos. O trajeto consiste numa trilha moderada para difícil, cheio de escadas bem estreitas, portanto adorado pelos mais aventureiros.

A outra é a Machupicchu (xará!). Ela fica de frente para a cidadela, então oferece aquela vista tradicional das fotos, só que de um ponto ainda mais alto. A trilha também é moderada, isto é, exige certo esforço físico.

Só dá para escolher uma por visita, e tem de comprar o ingresso próprio:

  • Só Machu Picchu
  • Machu Picchu + montanha Machupicchu
  • Machu Picchu + montanha Huayna Picchu

As respectivas entradas dessas montanhas ficam dentro do sítio arqueológico de Machu Picchu. Sendo assim, basta seguir as placas e apresentar o ingresso na portaria delas.

#DicaPI: na sua viagem ao Peru, inclua também uma visita ao Valle Sagrado dos Incas, repleto de montanhas e arquitetura fascinante!

Roteiro dentro de Machu Picchu

Sabendo todas as informações úteis para entrar, você poderá aproveitar ao máximo seu roteiro por Machu Picchu.

#DicaPI: siga o Passagens Imperdíveis nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito. Você receberá alertas de passagens aéreas baratas no seu feed e celular!

Opções de circuitos

Considerando o passeio só pela cidadela de Machu Picchu, ou seja, sem incluir nenhuma das montanhas extras, pode-se seguir 3 circuitos.

  • Circuito 1: o mais completo e demorado, com média de 3 horas (a 1 hora que sobra, gaste observando as paisagens!)
  • 2: um pouco mais curto, levando cerca de 2 horas e meia.
  • 3: o mais curto de todos, indicado inclusive para quem tem mobilidade reduzida, pois dura no máximo 2 horas.
escada em machu picchu

Escada em Machu Picchu | Foto: Passagens Imperdíveis

Os circuitos 2 e 3 não levam ao local com a vista mais bonita de Machu Picchu. Logo, apesar de serem mais fáceis, pense bem se realmente valem a pena. Só o circuito 1, o principal, proporciona a vista clássica da cidadela. Assim que entrar, você verá as placas sinalizando, então é bem fácil de se encontrar.

Por se tratar de um sítio arqueológico de 600 anos, Machu Picchu não é naturalmente acessível para cadeiras de rodas. Entretanto, agências especializadas realizam tours para cadeirantes, por meio de equipamentos adaptados e profissionais treinados.

Casa dos Guardas

casa guardiao machu picchu

Casa do Guardião | Foto: Passagens Imperdíveis

Logo que entrar, você verá a Casa dos Guardas à frente. Então seguirá por um zigue-zague de escadas e, ao final, virará à direita, de onde, após alguns passos, terá a visão clássica e impactante de Machu Picchu.

Emocionante é pouco para descrever a sensação, afinal você sairá de uma pequena trilha cercada de vegetação, para, de repente, dar de cara com uma das 7 maravilhas do mundo. Então prepare-se para o choque!

Ali você fica observando até não aguentar mais, porque vale muito a pena curtir o momento.

Portão do Sol

placas machu picchu

Sinalização em Machu Picchu | Foto: Passagens Imperdíveis

Se animar uma caminhada extra no seu roteiro por Machu Picchu, de uns 25 minutos, você chegará a um mirante diferente. De lá, a vista destaca bastante a natureza, com as esplendorosas montanhas ao redor.

Ponte Inca

A partir do ponto central de observação de Machu Picchu, isto é, aquele de onde você viu a cidadela no início, é possível pegar a trilha para a Ponte Inca. Trata-se de uma caminho repleto de escadas, com parte à beira da montanha, bem estreito. São 20 minutos de caminhada.

No passado, era uma espécie de passagem secreta para os soldados Incas. Hoje só pode avistá-la de longe.

Por se tratar de um trajeto paralelo, você não é obrigado a segui-lo. O que te moverá aqui é a mera curiosidade de ver a Ponte Inca de perto. E caso desista no meio, sem problemas, pois a trilha é realmente pesada e perigosa. Daí basta voltar ao ponto central e seguir rumo à cidadela – ou sequer iniciá-la.

Entrada na cidadela de Machu Picchu

entrada cidadela machu picchu

Entrada da Cidadela de Machu Picchu | Foto: Passagens Imperdíveis

Novamente a partir do ponto central, com a vista clássica de Machu Picchu, você descerá uma irregular escada para o “Portão da Cidadela”. Esta é, literalmente, a porta para acessar a parte urbana de Machu Picchu, que viu lá de cima.

Conforme caminhar pela cidadela, construções incríveis e paisagens deslumbrantes lhe saltarão aos olhos. Eis algumas delas:

  • Templo das Três Janelas: construção simétrica e com fins astronômicos, desafia os arqueólogos e inspira teorias de alienígenas.
  • “Pirâmide” Intihuatana: é o relógio de sol dos Incas, esculpido com precisão numa rocha; dizem que, ao tocá-lo, dá para sentir a energia de Machu Picchu.
  • Rocha Sagrada: com 3 metros de altura, foi trabalhada de modo a ter a silhueta semelhante ao Cerro Pumasillo, logo atrás dela.
  • Templo do Condor: construção 3D, com rochas talhadas na forma de um condor, a maior ave voadora da América do Sul

Todos esses (e outros) monumentos estão sinalizados com placas. Ao fazer seu roteiro em Machu Picchu com guia, naturalmente ele explicará em detalhes cada item do sítio arqueológico.

Saída de Machu Picchu

carimbo passaporte machu picchu

Carimbo de Machu Picchu no passaporte | Foto: Passagens Imperdíveis

Tudo o que é bom, acaba. Mas nada a reclamar, afinal você vivenciou uma experiência inesquecível. E nada impede de voltar outras vezes.

Carimbo no passaporte

Para reforçar a lembrança do seu roteiro em Machu Picchu, você pode carimbar seu passaporte logo na saída do sítio. É gratuito e você mesmo que bate o carimbo, que pode ser na mesma página carimbada quando você entrou no país.

Ônibus de volta

O ponto de ônibus para voltar a Aguas Calientes é o mesmo em que você desceu. Entre na fila e aguarde o próximo!

Dependendo da hora que chegar, pode pegar sua bagagem no hotel e ir direto para a estação de trem!

Mapa do roteiro em Machu Picchu

Veja no mapa todos os pontos citados para percorrer no seu roteiro em Machu Picchu!

Mais dicas de viagem no Peru

Após o roteiro em Machu Picchu, siga viajando pelo país com mais estas dicas do Peru!