Home > Dicas de viagem > Ilhas da Tailândia: como montar seu roteiro passo a passo

Ilhas da Tailândia: como montar seu roteiro passo a passo

Azul, verde e amarelo. As cores que estampam a bandeira do Brasil também colorem as ilhas da Tailândia, com bônus: misturadas em infinitos tons, formas e combinações. Então prepare-se, pois este guia passo a passo ajudará você a nadar na praia, sentir a areia nos pés e admirar a natureza de perto. Animou montar seu roteiro?

poda island krabi

Você verá infinitos tons de azul, verde e amarelo nas ilhas da Tailândia (esta é Poda Island) | Foto: Passagens Imperdíveis

Leia no ritmo e sequência que preferir:

O que fazer nas ilhas da Tailândia

passeio ilhas phi phi tailandia

Passeio de barco nas ilhas Phi Phi | Foto: Passagens Imperdíveis

Sabe uma coisa interessante, que mudará a sua percepção das ilhas da Tailândia? Existe uma infinidade delas, muitas mesmo, de modo que fica até confuso. Daí, você descobre que basta fazer passeios de um ou meio dia para conhecer boa parte. Isso alivia a organização do roteiro, já que você precisará focar em menos opções, o que facilita bastante a escolha.

Fora os passeios de barco, você pode simplesmente passar os dias de pernas pro alto na praia ou no resort. Ainda nesse clima, se o foco for na hospedagem, existem hotéis de alto luxo em ilhas menores e menos conhecidas. Portanto, o que isso mudará no seu roteiro é o acréscimo de uma viagem de barco extra a partir de outra ilha maior.

De noite, seu trabalho será escolher entre um jantar sossegado ou a badalação da vida noturna. Conforme a energia, ambos, um depois do outro!

Algumas das principais ilhas 

Uma curiosidade, a palavra “koh” significa “ilha” em tailandês. Por isso, o nome de todas vem acompanhado dela.

Outro fato não só interessante, como também importante diz sobre a localização das ilhas da Tailândia. Boa parte delas está na costa do Mar Andaman, próximas a Krabi e Phuket, enquanto outras, não menos notáveis, ficam no Golfo da Tailândia, no lado oposto do globo.

Koh Samet

Por ficar muito perto de Bangkok e ser acessível diretamente da capital, encaixa perfeitamente em roteiros curtos. As paisagens são lindas, a vida noturna é agitada e os hotéis atendem a diferentes orçamentos e estilos.

Confira detalhes sobre Koh Samet neste roteiro combinado com Bangkok

Koh Phi Phi

loh salum phi phi

Loh Salum é uma das praias de Phi Phi | Foto: Passagens Imperdíveis

A mais famosa ilha da Tailândia também é a mais cheia, sobretudo em dezembro e janeiro. Por outro lado, a grande infraestrutura facilita passeios nos arredores e proporciona opções de hospedagem de diferentes estilos.

Confira detalhes sobre Koh Phi Phi

Koh Lipe

Situada bem ao sul do Mar Andaman, quase na fronteira com a Malásia, Koh Lipe ficou famosa pela beleza surreal. Você pode chegar lá a partir de outra ilha, como Phi Phi, Phuket e Krabi (média de 4 horas de barco) ou pela cidade Hat Yai, combinando voo, transfer para o porto e barco (média de 4 horas no total). Para isso, a cia. aérea Nok Air vende bilhetes combinados, o que facilita o transporte.

Phuket

Longe de ser uma das mais bonitas da Tailândia, Phuket atrai pelos preços baixos e facilidade de chegar a outras ilhas. A praia mais famosa, Patong Beach, não tem nada de paradisíaca. Por isso, se passar por aqui, procure alternativas mais ao sul e os passeios bate-volta nos arredores. 

Krabi

phra nang beach railay

Sombra e água fresca em Phra Nang Beach, em Krabi | Foto: Passagens Imperdíveis

Não é uma ilha, mas uma cidade na costa do Mar Andaman. Você encontrará típicas praias cercadas por rochas gigantes, que estampam o imaginário de férias na Tailândia. Também há muitos passeios bate-volta para as ilhas próximas, inclusive Phi Phi. Portanto, se o seu roteiro estiver apertado, vale a pena reservar um pouco do seu escasso tempo para ficar aqui.

Confira detalhes sobre Krabi

Koh Samui

Segunda maior ilha da Tailândia, é uma das únicas com aeroporto próprio. Por isso, mesmo localizada no Golfo, oposta às mais famosas, dá para inclui-la no roteiro sem dificuldade. Em Koh Samui, você encontrará templos budistas, florestas densas e, claro, lindas praias.

Planejando o orçamento

Esta é uma questão delicada, pois os preços podem mudar conforme a época e os perfis de gasto variam para cada um. Mas ainda assim, colocaremos uma média, baseada em nossa experiência, a fim de te dar uma base para montar seu orçamento para as ilhas tailandesas.

A moeda oficial na Tailândia é o Baht, cuja cotação gira em torno de R$ 1 = 7 Bahts

  • Hospedagem: média de R$ 300 a diária para 2 pessoas em hotéis intermediários (sim, os hotéis na Tailândia são mais baratos que o normal!)
  • Passeios: a partir de R$ 100 os coletivos em barcos comuns
  • Refeição: a partir de R$ 35 por pessoa, considerando refeição completa
  • Taxas: a partir de R$ 30 para entrar em certas ilhas, como Koh Lipe
  • Passagens de avião: média de R$ 500 ida e volta nos voos internos
  • Passagens de barco: média de R$ 75 o trecho nas balsas (ferry)

Considere também o dinheiro para comprinhas, imprevistos e necessidades básicas, como garrafa d’água. Conforme pontuamos neste post com dicas de viagem para a Tailândia, procure tomar apenas bebidas engarrafadas, a fim de evitar intoxicação. Mais um investimento essencial é o seguro viagem, para te socorrer se necessário.

Passagem aérea para a Tailândia

Já a viagem do Brasil para a Tailândia pode chegar até R$ 10 mil em classe econômica, dependendo da cia. aérea e da época. Entretanto, você consegue pagar menos da metade, se aproveitar uma das promoções de passagens aéreas que divulgamos. Veja um exemplo em nosso Instagram:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Passagens Imperdíveis (@passagensimperdiveis) em

Cada centavo economizado na passagem aérea promocional se transformará numa hospedagem melhor, em mais opções de restaurantes, passeios, entre outros confortos.

Para aproveitar, siga o Passagens Imperdíveis nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito. Você receberá notificações de passagens aéreas baratas no seu celular e feed. Assim, conseguirá comprar na hora, antes que os descontos acabem!

Melhor época para ir às ilhas tailandesas

paisagem krabi tailandia

Tempo aberto em Poda Island | Foto: Passagens Imperdíveis

Entre novembro e março é a melhor época para ir às ilhas da Tailândia. Isso porque já terá passado a época das monções, com chuvas intensas. Pode até acontecer de você visitar em outros meses e ter a sorte de pegar tempo firme, porém não é garantido.

A altíssima temporada vai de dezembro a janeiro, devido às férias. Logo, os preços sobem e as praias enchem.

Até defendemos que todo tempo é momento de viajar, desde que você se alinhe com características do local naquela estação. No caso de praia, naturalmente a expectativa é pegar dias de calor e sol. Por isso, se possível, procure ir no período indicado.

Quanto tempo ficar

Pense conosco: você levará pelo menos 20 horas da sua casa até o destino final, entre conexões de avião e viagens de barco. Sendo assim, para compensar o trabalho, o ideal é que reserve pelo menos de 12 a 15 dias para um roteiro completo nas ilhas da Tailândia. Então, poderia visitar 4 ilhas e ficar de 3 a 4 dias em cada.

Evidente que essa sugestão não é obrigatória, ou seja, você pode adaptar seu roteiro para mais ou menos tempo. Tudo vai do seu gosto e disponibilidade, e nosso papel é ajudar você a organizar sua viagem em cima disso!

Como chegar às ilhas da Tailândia

A princípio, pode parecer assustador organizar a logística de transporte para as ilhas da Tailândia. Contudo, é mais fácil do que imagina, até porque a infraestrutura turística no país é gigantesca. Portanto, os tailandeses são muito bem preparados para facilitar ao máximo a sua estadia!

Sabendo disso, vamos aos aspectos práticos, para ficar tudo muito claro na sua cabeça!

A principal porta de entrada do país é Bangkok, a capital. Todavia, para visitar as ilhas da Tailândia, você ainda terá de passar por uma das cidades-base, de modo a seguir de barco até o destino final:

  • Krabi
  • Phuket
  • Surat Thani

Então você precisará combinar, em praticamente todos os casos, avião e barco! Veja no mapa, que ficará mais claro. Marcamos as principais ilhas de cada região, para você ter uma ideia melhor.

Lembre-se: existem infinitas possibilidades de organizar o transporte; esta é a que escolhemos em nossa própria viagem – usamos Krabi como base. Por isso, sinta-se livre para reorganizar como quiser o seu planejamento. 

Cias. aéreas e empresas de barco

aviao bangkok airlines

Bangkok Airways é uma das cias. aéreas locais | Foto: Passagens Imperdíveis

Logística entendida, agora passemos às empresas que de fato levarão você às divertidíssimas praias tailandesas.

Existem companhias aéreas low cost (de baixo custo) que voam de Bangkok a Phuket, Krabi e Surat Thani. Daí, caso o seu bilhete saindo do Brasil tenha como destino a capital tailandesa, você pode seguir por meio de uma destas:

  • Thai AirAsia
  • Bangkok Airlines
  • Thai Lion Air
  • THAI
  • Nok Air (costuma vender, junto com o bilhete aéreo, transfer do aeroporto e passagem do barco para diversas ilhas)

Já os barcos têm uma oferta ainda maior de empresas, que vendem passagens on-line e pessoalmente. São tantas, que focaremos apenas no site que nós mesmos usamos:

Você pode escolher entre:

  • Ferry (balsa): mais barato
  • Lancha: mais caro, porém demora menos

Como ir do aeroporto ao porto?

A boa notícia é que tanto em Krabi quanto em Phuket é fácil chegar aos respectivos portos tão logo descer do avião. Em ambos os casos, o mais conveniente é contratar o transfer no mesmo site do barco (foi o que fizemos). Mas também pode ser de aplicativo de carro Grab, táxi e transporte público.

Este são os portos dos quais saem a maioria dos barcos para Phi Phi (que usamos como exemplo), caso resolva comprar pessoalmente:

  • Phuket: Rassada pier
  • Krabi: Klong Jilad pier
  • Surat Thani: Donsak Pier

Para ter certeza de qual porto você precisará ir, simule uma compra naquele site e confira o nome do porto que levará à ilha escolhida.

É possível ir diretamente para as ilhas da Tailândia sem necessidade de pernoitar na cidade-base. Para tanto, você deverá programar os horários de maneira a chegar ao porto no mínimo 2 horas antes do barco partir. Melhor esperar com calma do que arrumar correria para não perder a viagem.

Nesse sentido, uma informação preciosa: os últimos barcos costumam partir às 15h, então programe seu voo para a manhã. Desse modo, evitará o risco de perder o transporte e ter de dormir “a força” na cidade antes de seguir para a ilha. Afinal, pode ter imprevistos, como atraso no voo, trânsito pesado, extravio de bagagem, etc. 

Hospedagem nas ilhas

A escolha do hotel vai impactar diretamente a sua experiência nas ilhas da Tailândia, porque cada sub-região delas tem um apelo diferente.

hotel ritz krabi

Hotel Ritz em Krabi é excelente para lua de mel | Foto: Passagens Imperdíveis

Então repasse agora o seu objetivo principal na viagem:

  • Curtir baladas, vida noturna e quase não dormir
  • Passar lua de mel num ambiente romântico
  • Esquecer da vida num resort de luxo com praia privativa
  • Visitar o máximo de praias e lugares possíveis gastando pouco

A partir da sua decisão, ao pesquisar hotel em cada ilha, veja qual é o estilo dele e a região em que fica. Afinal, encontrará opções de hospedagem que focam em cada uma dessas experiências citadas.

Em Phi Phi, só para citar um exemplo, cada sub-região da ilha tem um apelo. Assim, viajantes com diferentes objetivos usufruem de estilos completamente distintos de lazer no mesmo território!

Vamos conhecer mais lugares na Tailândia?

Siga seu planejamento de viagem com mais estas dicas de turismo na Tailândia: