Home > Dicas de viagem > Cascais, Portugal: o que fazer, onde comer e como ir

Cascais, Portugal: o que fazer, onde comer e como ir

Uma cidade que combina praias bonitas, histórias marcantes e parques formidáveis. Além disso, fica a 40 minutos de Lisboa, com transporte rápido, prático e barato. Fazer um roteiro por Cascais, em Portugal, tem ou não tem tudo para ser um excelente programa?

Neste guia, mostramos algumas opções de o que fazer em Cascais, indicamos um restaurante e ensinamos como chegar a partir de Lisboa. Você pode começar assistindo neste vídeo um pouquinho da cidade (a partir de 5:00).

Em Portugal, você pode fazer diversos passeios bate-volta de Lisboa e Porto. Por isso, demos dicas para alugar carro e sugestões de cidades para visitar.

#DicaPI: complete o seu roteiro com estas dicas de o que fazer em Lisboa!

Se quiser, vá direto ao tópico:

O que fazer em Cascais

Praticamente todos os pontos turísticos de Cascais são gratuitos, visto que a maioria se trata de paisagens naturais e construções históricas cuja entrada não é programa obrigatório. Portanto, seu roteiro pela cidade tem tudo para ser divertido econômico!

#DicaPI: considere visitar também estes outros lugares turísticos de Portugal próximos de Lisboa

Centro histórico

Ruazinhas estreitas e casinhas charmosas são apenas algumas das características do centro histórico de Cascais. Nesse sentido, você pode caminhar pelas mais famosas, como a rua Frederico Arouca, alameda dos Combatentes da Grande Guerra e avenida Valbom, repletas de lojinhas e restaurantes.

centro historico cascais

Centro histórico de Cascais | Foto:

E se você não se contiver com as fachadas, pode muito bem conhecer ainda mais de perto alguns pontos turísticos de Cascais. Por exemplo, o Centro Cultural de Cascais, sediado num antigo convento, expõe peças de arte visual.

Cidade afora, você passará por diversos museus que contam um pouco da história local. História esta que, de uma forma ou de outra, se relaciona com a nossa, considerando o peso de Cascais na época das grandes navegações que levaram os portugueses ao Brasil.

#DicaPI: siga o Passagens Imperdíveis nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter), baixe o aplicativo gratuito e encontre passagem aérea barata para Lisboa!

Foto do Pxhere, sob domínio público.

Praias de Cascais

praia cascais portugal

Bela praia em Cascais | Foto: Pixabay

As 17 praias de Cascais, apesar de bonitas e amigáveis aos banhistas, são de águas um pouco mais frias do que aquelas nordestinas brasileiras, como as de Jericoacoara, por exemplo. Sendo assim, não se sinta culpado caso seu passeio pela cidade não inclua um mergulho, mas apenas uma caminhada pela orla.

De qualquer modo, as praias mais famosas de Cascais são:

  • Praia da Conceição
  • Praia da Rainha
  • Praia da Ribeira
  • Praia de Carcavelos (boa para surf, porém afastada)
  • Praia do Guicho (boa para surf, porém afastada)

O site oficial de Cascais tem a lista de todas as praias, com detalhes sobre cada uma.

Foto do Pxhere, sob domínio público.

Cidadela de Cascais

cidadela cascais

Entrada da Cidadela de Cascais | Foto: Passagens Imperdíveis

Devido à localização estratégica, nos tempos antigos, a cidade tinha papel estratégico na defesa de Lisboa. Por isso, nos séculos 15 e 16 construíram uma estrutura murada fortificada, que ao longo dos anos foi tomando a forma da então conhecida Cidadela de Cascais.

As principais construções da Cidadela de Cascais são:

  • Palácio de Cascais: aberto ao público, com entrada a € 4 (R$ 17,40)
  • Fortaleza Nossa Senhora da Luz: consulte a disponibilidade no local

Ainda lá dentro, se você deseja uma experiência mais imersiva, que vá além de um bate-volta de Lisboa, fica um hotel da rede Pestana. Embora a pernoite seja num lugar histórico, a experiência de hospedagem alia alta tecnologia e luxo.

Por fim, há o Cidadela Art Disctrit, área repleta de galerias de arte, exposições e eventos culturais.

#PIInforma: os valores e cotação (R$ 4,35 = € 1) correspondem a junho/2019. Como podem mudar com o tempo, use-os só como referência para a sua viagem.

Marina

marina cascais

Marina de Cascais | Foto: Passagens Imperdíveis

Onde partiam e chegavam os rústicos barcos de madeira, hoje cedeu lugar às modernas embarcações metálicas. A Marina de Cascais é ponto de partida para diversos passeios, incluindo de barco, bicicleta e a pé.

Aqui você pode alugar uma bicicleta – média de € 3,99 (R$ 17,35) para o dia todo – e seguir pela ciclovia, passando, inclusive, pela Boca do Inferno.

Boca do inferno

boca inferno cascais portugal

Boca do Inferno | Foto: Passagens Imperdíveis

Nessa formação rochosa incomum, você verá a água passando por um arco natural (em forma de boca) e batendo furiosamente contra as rochas. Daí o nome sinistro, em virtude do forte barulho e da espuma formada.

Ainda existe uma antiga lenda da Boca do Inferno, na qual se narra a história de um casal. Diz que um mago ciumento, de seu castelo, ao ver a amada fugir com um cavaleiro, abriu o buraco na rocha, de modo que o oceano engoliu os amantes. A partir daí, nunca mais se fechou, e aquelas águas lamuriosas contam a triste história dos dois.

Como fica só a 2 km do centro histórico, você pode chegar a esse ponto turístico de Cascais de bicicleta, caminhando, de ônibus (427 BusCas) e carro. Nessa última hipótese, quem sabe não estica o roteiro até o Cabo da Roca, em Sintra?

Parque Nacional de Sintra-Cascais

O ecoturismo também é forte aqui, pois vários parques estão abertos ao público na cidade. Dessa maneira, você pode ver de perto um pouco da vida natural da região percorrendo as diversas trilhas nos parques afora. Há itinerários para percorrer a pé, de bicicleta, ônibus turístico e até carro. Portanto, uma das opções certamente encaixará no seu roteiro por Cascais.

Neste site oficial de ecoturismo em Portugal, constam as rotas e trilhas recomendadas no Parque Nacional de Sintra-Cascais. Apesar de a entrada ser gratuita, pode ser que você gaste com aluguel de bicicleta, guia turístico, etc. Logo, pesquise antes seu programa ou ao menos se prepare para um gasto extra.

Para encontrar outros parques e fazer turismo ecológico em Cascais, acesse o site oficial de turismo da cidade

Onde comer em Cascais

casca de batata cascais

Casca de batata frita | Foto: Passagens Imperdíveis

Nessa excelente combinação de história, paisagens litorâneas e belezas naturais, provar os pratos típicos de Cascais é uma boa pedida. Por isso, indicamos que tire um tempo para comer na Taberna da Praça, do hotel Pestana.

Situado dentro da Cidadela, esse restaurante serve comida local. Por exemplo, experimentamos o famoso petisco de casca de batata frita e gostamos muito. Se você quiser garantir seu lugar, reserve com antecedência. Mas isso não é obrigatório.

  • Faixa de preço: média € 25 (R$ 108,75) por pessoa, refeição completa
  • Funcionamento: seg. a sex., das 12h30 às 15h e das 19h30 às 22h30; sáb. dom. e fer., das 12h às 22h30
  • Endereço: Dom Carlos I, Cidadela de Cascais
  • Mais informações: site oficial

Mapa de pontos turísticos e restaurante

Todas os pontos de interesse listados estão neste mapa, a fim de facilitar a montagem do seu roteiro em Cascais!

Como chegar a Cascais

Cascais fica a 30 km de Lisboa, acessível de trem e de carro. Logo, é fácil fazer um passeio bate-volta na cidade.

Lisboa a Cascais de Trem

O trem é a maneira mais barata e prática de se chegar a Cascais. Isso porque a passagem custa só € 2,25 (R$ 9,78), a viagem dura cerca de 40 minutos e saem trens a cada 20 minutos, em média. No site da Comboios Portugal, que opera a rota, há informações detalhadas.

Para embarcar, você deve seguir até a estação de trem (comboio) Cais do Sodré, que é integrada ao metrô. Assim, facilita o transporte, ainda mais se você estiver hospedado em uma destas excelente regiões onde ficar em Lisboa.

Já a estação de destino pode variar conforme sua vontade. A mais comum é a de Cascais, de frente para o centro histórico e as praias. Contudo, se quiser curtir mais o visual litorâneo, uma alternativa é descer na Monte Estoril. Ali, você seguirá caminhando por 3 km até Cascais pelo “paredão”, como chamam a orla nesse trecho.

#DicaPI: a estação Cais do Sodré é a mesma utilizada para visitar os pontos turísticos do bairro de Belém, em Lisboa.

Lisboa a Cascais de carro

A graça de ir a Cascais de carro são as belas paisagens na costa, ou seja, a estrada à beira-mar (talvez uma experiência semelhante à Chapman’s Peak, em Cape Town).

O percurso, normalmente pela estrada N6, dura algo em torno de 50 minutos. Ao chegar, costuma ser difícil encontrar estacionamento. E quando finalmente achar sua vaga, atente-se para o parquímetro, de maneira a evitar multas. Depois, siga o seu roteiro por Cascais a pé ou de bicicleta.

Por fim, tenha sempre o aplicativo do Google Maps a mão, para circular sem problemas, seja de carro, seja a pé.

#DicaPI: com estas dicas para visitar Portugal, você aprenderá como comprar chip e ficar conectado durante sua viagem, além de outras informações úteis!