Home > Dicas de viagem > Como andar de metrô em Nova York e chegar aonde quiser!

Como andar de metrô em Nova York e chegar aonde quiser!

metro de nova york

Mais uma viagem tranquila no metrô de NYC

Meio de transporte é o que não falta nessa metrópole: táxi, Uber, carro alugado, ônibus, metrô, balsa. Mas, para um roteiro visando à praticidade e à economia, o que recomendamos mesmo é usar o metrô de Nova York. Isso porque ele dá acesso rápido a todos pontos turísticos (ou pelo menos ao ponto de partida deles, como é o caso da Estátua da Liberdade).

A diferença deste guia para os demais é que a gente não vai tentar te fazer entender todos aqueles números, letras e cores das linhas e estações. Ao contrário, vamos focar em dicas certeiras para você não se perder, economizar e chegar aonde quiser. Afinal, o segredo para quem está só de passagem em Nova York é usar algum aplicativo, como o Google Maps, MyTransit NYC e NYC Transit, ambos disponíveis para download gratuito.

Como é o metrô de Nova York?

estação de metrô de Nova York

As estações de metrô em Nova York estão sempre movimentadas

Formado por 468 estações, 24 linhas e mais de 1000 km de trilhos, atendendo a cerca de 5 milhões de passageiros por dia. Esse é o New York Subway, o sistema de trem e metrô de Nova York. Já viu por que a ideia de usar um aplicativo para te auxiliar na definição de rotas?

O metrô de Nova York funciona 24 horas por dia, 365 dias por ano, portanto ele não deixará você na mão.

Embora não seja uma boa ideia circular sozinho em regiões mais afastadas, como o Bronx, tarde da noite, podemos afirmar que o metrô é seguro. Logo, dá para curtir outras atrações noturnas de NYC.

#PIInforma: os valores e a cotação informados neste post são correspondentes à época da viagem que fizemos a Nova York (setembro de 2018), quando US$ 1 = R$ 4,14. Divulgamos os preços como referência para ajudar você a planejar a sua viagem. Sendo assim, na época do seu embarque, pesquise a cotação vigente. Ao comprar dólares, veja como encontrar o melhor câmbio!

Quanto custa passagem de metrô em NY e como pagar?

Primeiramente, é bom lembrar que todas as informações e valores foram consultados diretamente no site oficial da Metropolitan Transportation Autority (MTA), entidade responsável pelo transporte público de Nova York.

O preço da passagem avulsa (SingleRide) é US$ 3 (R$ 12,42), vendida em formato de bilhete descartável.

Já o valor cobrado no MetroCard, um cartão recarregável, é US$ 2,75 (R$ 11,38), ou seja, mais barata, fora o bônus de 5% sobre o valor inserido – se você coloca US$ 20 (R$ 82,80), ganha US$ 1 (R$ 4,14), ficando com US$ 21 (R$ 86,94) no total. Logo, o recomendamos.

Como funciona o MetroCard?

Existem duas modalidades desse cartão:

  • Pay-Per-Ride: aceita cargas de US$ 5,50 (R$ 22,77) a US$ 80 (R$ 331,20).
  • Unlimited: versões de 7 e 30 dias de viagens ilimitada; O MetroCard de 7 dias custa US$ 32 (R$ 132,48).

Em ambas as modalidades, paga-se US$ 1 (R$ 4,14) pelo cartão, valor não convertido em passagem.

O MetroCard Unlimited de 7 dias vale a pena?

Por exemplo, se você vai ficar 7 dias em Nova York e andará de metrô/ônibus pelo menos 2 vezes por dia (1 ida + 1 volta), o passe MetroCard Unlimited já vale a pena, porque a soma das passagens é maior que o valor do cartão. Veja:

  • 2 viagens diárias x 7 dias = 14 viagens, a US$ 2,75 cada.
  • 14 x US$ 2,75 = US$ 38,50
  • US$ 38,5 (total das passagens) – US$ 33 (preço do passe + emissão do cartão) = US$ 5,50 de economia!

Com base nesse exemplo, calcule a quantidade de viagens de metrô/ônibus necessárias no seu roteiro. Assim, chegará à diferença exata de valores no seu caso, ainda que vá ficar menos tempo na cidade.

#DicaPI: seguindo esse mesmo estilo, existem passes turísticos em Nova York que dão acesso livre a diversas atrações e prometem economia. Conheça as opções e avalie se vale a pena o investimento!

Dúvidas comuns sobre o MetroCard

metrô de Nova York

Metrô de NYC em pleno movimento

Quantas pessoas podem usar o cartão?

Se for o Unlimited, só uma pessoa por vez. Assim que você passar o seu na catraca, não será possível passá-lo ali novamente antes de 18 minutos. Então deve-se comprar o MetroCard individualmente.

No caso do Pay-Per-Ride, dá para mais de uma pessoa usá-lo simultaneamente: será cobrada uma passagem a cada uso.

O MetroCard serve para ônibus?

Sim, passa em ônibus locais (no entanto, linhas Express, AirTrain e PATH, aquele que vai ao outlet Jersey Mills, não estão incluídas). O cartão também dá direito à baldeação entre ônibus e metrô, contanto que seja dentro de 2 horas desde a primeira viagem.

Criança paga para andar de metrô?

Crianças com até 1,11 metro de altura não pagam passagem. Mas a regra é a seguinte: só ficam sem pagar até 3 crianças com esse limite de altura por adulto. Se a sua família for grande, atente-se!

#DicaPI: confira estas 11 dicas imperdíveis para viajar com crianças!

É possível trocar a modalidade do MetroCard?

Sim, você pode colocar créditos no seu Unlimited Ride. Eles só serão descontados após o término do período de viagens ilimitadas. Também é possível “transformar” o Pay-Per-Ride em ilimitado, sendo que os créditos já existentes só voltarão a descontar após o período de viagens ilimitadas.

Atenção: não há distinção física entre o Unlimited e o Pay-Per-Ride; o que vale é a configuração feita na máquina na hora de comprar o cartão. Por isso dá para alternar entre as duas modalidades em um só cartão.

#DicaPI: questões que, a princípio, parecem simples, fazem toda a diferença durante a viagem. Por isso, fizemos um guia completo com dicas de Nova York para brasileiros. Assim, você planejará sua viagem com toda a tranquilidade do mundo!

Como comprar o MetroCard?

Sanadas todas as dúvidas sobre o MetroCard, chegou a parte fácil: comprá-lo.

Toda estação de metrô tem uma máquina de autoatendimento com tela sensível ao toque, na qual você compra seu cartão. Veja o passo a passo.

  1. Clique em “Start” para iniciar o processo;
  2. Escolha o idioma (não tem português, mas tem espanhol);
  3. Selecione a opção “MetroCard” entre as que aparecerem;
  4. Aperte “Get New Card”;
  5. Escolha entre as modalidades Regular MetroCard (Pay-Per-Ride) e Unlimited Ride;
    • No caso do Regular MetroCard (Pay-Per-Ride), a próxima tela recomendará alguns valores pré-definidos. Você pode escolher um ou clicar em “Other amounts” para personalizar a quantia;
    • Para Unlimited Ride, aparecerão as opções de 7 e 30 dias ou 7 dias com ônibus expresso incluído; então marque a que deseja;
  6. Agora marque a forma de pagamento, que pode ser dinheiro, cartão de crédito ou cartão de débito americano.
    • Se você tiver um cartão de débito pré-pago, deve escolher a opção de cartão de crédito na máquina. Nesses casos, insira 99999 quando solicitarem o seu CEP.

Metrô de NYC: conheça as direções Uptown e Downtown

direção na entrada da estação de metrô em NYC

Ao embarcar nesta estação, estaríamos indo para o sentido Uptown, ou seja, para o norte de NYC

Quando você anda de metrô (ou mesmo ônibus) aqui no Brasil, provavelmente observou que há sempre dois sentidos. Por exemplo, em Belo Horizonte, terra natal do Passagens Imperdíveis, o metrô tem os sentidos Eldorado e Vilarinho. Portanto, para chegar ao seu destino, é só embarcar no sentido correto.

No metrô de Nova York, não poderia ser diferente. Lá, existem os sentidos Uptown e Downtown.

O Uptown (às vezes também está escrito The Bronx ou Queens) vai em direção ao norte da ilha. Por sua vez, o Downtown (às vezes escrito Brooklyn) ruma ao sul de Nova York.

Outra questão importante é o fato de que algumas estações têm entradas exclusivas para cada direção. Então leia a placa atentamente antes de entrar. Por exemplo, se nela estiver escrito “Downtown”, só é possível embarcar nessa direção. Quando for assim, geralmente no outro lado da rua estará a entrada para o sentido oposto. E nos casos que não tiver a direção escrita na placa de entrada, significa que serve para as duas.

#DicaPI: não está com pressa? Fique no lado direito da escada rolante. Assim, as pessoas que quiserem descer mais rapidamente passarão à sua esquerda!

Várias estações na mesma rua

Em Nova York, acontece de haver mais de uma estação na mesma rua. Por isso, é fundamental conferir bem as direções apontadas no Google Maps ou seu outro app de mapas. Desse modo, não acontecerá de entrar em outra estação por engano.

#DicaPI: outro aplicativo que pode te ajudar bastante durante a viagem é o Google Tradutor. Para você ter ideia, se quiser traduzir uma placa, basta apontar a câmera do celular, que o texto ficará em português na tela do aparelho. Incrível, não?

A diferença entre trens locais e expressos

O metrô de Nova York adota um artifício para agilizar a viagem a determinados pontos da cidade: trens locais e expressos.

Os trens locais param em todas as estações.

Já os expressos pulam algumas, só parando nas consideradas mais estratégicas, ou seja, as expressas.

Sendo assim, como saber em qual parar? No mapa, as estações que recebem todos os trens (locais e expressos) são marcadas com pontinhos brancos, com a da Times Square; as locais (que só recebem trens locais) são os pontinhos pretos. Abaixo de cada uma tem o número, letra ou nome dos trens que param lá. E nos próprios trens, tanto na frente quanto ao lado de cada vagão, tem a identificação!

Agora, você realmente precisa decorar todos os números e estações? Não! Você deve apenas ter essa noção para se situar no metrô de Nova York, já que o trabalho de definir a rota é por conta do aplicativo. Assim, basta seguir o passo a passo no app.

Quando usar ônibus em Nova York?

Dependendo do seu itinerário, pode ser que pegar ônibus seja mais viável que o metrô. Nesses casos, não tem mistério nenhum.

Considerando que você está com o Google Maps, siga para o ponto de ônibus indicado pelo app, identifique o ônibus pelo número na frente, acene e entre pela porta da frente. Na catraca, passe o MetroCard e pronto!

Para descer, você pode contar o número de paradas sinalizadas no Google Maps. Outra dica é verificar no Streetview como é o ponto de destino. Desse modo, terá uma noção visual.

Essa dica vale para diversos pontos turísticos incluídos nos roteiros por Nova York:

Simulando uma viagem no metrô e ônibus de Nova York: de Manhattan ao Brooklyn

Em nossa viagem a Nova York, nós fizemos este percurso.

Saímos do hotel INNside By Melià, em Midtown Manhattan, para visitar os parques de diversão retrô em Coney Island, bairro do Brooklyn. De lá, partimos para a cervejaria Brooklyn Brewery. Seguimos a pé para um restaurante próximo e, finalmente, encerramos no bairro DUMBO.

1) Do hotel a Coney Island

trajeto de metrô de Nova York pelo Google Maps

2) De Coney Island a cervejaria Brooklyn Brewery

trajeto de metrô de Nova York pelo Google Maps

3) Do Peter Luger Steak Hosue ao DUMBO

trajeto de ônibus em Nova York pelo Google Maps

Veja que foram distâncias consideráveis, em um roteiro que rendeu o dia todo. Mas nada que as rotas do Google Maps não facilitassem para nós!

Outra questão importante para facilitar o transporte é saber escolher onde ficar em Nova York. Para ajudar você nessa busca, escrevemos um post citando as melhores regiões, inclusive com hotéis baratos.

Mais uma dica sobre o metrô de Nova York

Pode até acontecer de você se perder no metrô de Nova York. Mas não se estresse. Desça na próxima estação, respire fundo, refaça a rota no aplicativo e siga o passo a passo. E, acima de tudo, aproveite cada momento, afinal você está curtindo uma viagem internacional, e mesmo um engano no metrô vai render uma boa história para contar em casa!

Passagens áreas baratas para Nova York

Todos os dias, divulgamos promoções de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais, e Nova York aparece com certa frequência.

Então, para receber os alertas de passagens aéreas baratas, siga o Passagens Imperdíveis nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito (Android, iOS e Windows Phone). Desse modo, você vai conseguir comprar na hora, antes que a promoção acabe!