Home > Dicas de viagem > O que fazer em Israel: dicas e roteiro pelo país (incluindo Petra, na Jordânia)

O que fazer em Israel: dicas e roteiro pelo país (incluindo Petra, na Jordânia)

Há tanto o que fazer em Israel, que talvez seja difícil encaixar tudo no seu roteiro. De qualquer forma, estas dicas de transporte, melhor época, quantos dias ficar e pontos turísticos ajudarão você a se decidir. Então siga conosco e tenha uma boa viagem!

por do sol israel

Cenários incríveis marcam qualquer roteiro por Israel | Foto por Unsplash

Navegue como quiser:

Roteiro em Israel resumido

Lembre-se: você pode alterar a sequência, adicionar e remover pontos turísticos como quiser. Afinal, nem todas estas sugestões podem lhe interessar, além daquelas que sequer estão aqui e, de repente, descobrirá por conta própria.

O objetivo desta lista resumida de o que fazer em Israel é ilustrar possibilidades de roteiro por dia. Dessa forma, você tem uma base mais sólida para organizar sua viagem!

#DicaPI: anote estas 10 dicas de turismo em Israel que você deve saber antes de embarcar!

Dia 1 – Chegada

Tel Aviv

Dia 2 – Explorando a cidade moderna

Tel Aviv

Dia 3 – Primeiro dia na Terra Santa

Jerusalém

Dia 4 – Flutuando nas águas

Mar Morto

Dia 5 – Cidades bíblicas

Nazaré, Tabgha e Mar da Galileia

Dia 6 – Cidades na Palestina

Belém e Jericó

Dia 7 – Visitando uma das 7 Maravilhas

Petra (se possível, reserve 2 noites, deixando um passeio de lado ou adicionando outro dia ao seu roteiro em Israel)

Dia 8 – Passeio na Terra Santa

Jerusalém

Dia 9 – Partida

Tel Aviv

Mapa do roteiro em Israel

Veja no mapa como são próximas as opções de o que fazer em Israel que listamos neste guia!

Tel Aviv

tel aviv israel

Tel Aviv contrasta o tradicional e o moderno | Foto por Unsplash

Belas praias, lugares históricos e pontos modernos marcam essa cidade. Além de explorar os pontos turísticos, serve de base para passeios bate-volta pelo país.

Principais atrações

O que mais chama a atenção é o contraste entre o novo e o moderno, conforme destacamos neste roteiro completo por Tel Aviv.

  • Old Jaffa
  • Praias
  • Carmel Market

Tempo para conhecer

Uma estimativa de quantos dias ficar em Tel Aviv:

  • 1 a 2 dias

Como chegar a Tel Aviv

Tel Aviv é a porta de entrada de Israel, então muito provavelmente você chegará ao país por lá!

  • Avião: cidade mais comum para desembarque internacional
  • Ônibus: partem e chegam de todo o país, a principal viação é a Egged

#DicaPI: para chegar bem, reserve um destes hotéis em Tel Aviv!

Jerusalém

cidade antiga jerusalem

Dia ensolarado em Jerusalém | Foto por Unsplash

De grande valor histórico e religioso, atrai peregrinos do mundo todo. Também serve de base para visitar outras cidades do seu roteiro em Israel.

Principais atrações

Para visitar outros pontos turísticos de Israel além destes, veja nosso roteiro completo de Jerusalém!

  • Basílica do Santo Sepulcro
  • Muro das Lamentações
  • Cúpula da Rocha

Tempo para conhecer

A quantidade de dias é você quem decide, esta é só uma sugestão:

  • 1 a 3 dias

Como chegar a Jerusalém

Felizmente, é superfácil viajar entre Tel Aviv e Jerusalém!

  • Ônibus: linhas 405 e 408 saindo de Tel Aviv, ambos da Egged
  • Trem: direto do aeroporto de Tel Aviv
  • Passeios: opções de tour bate-volta saindo de Tel Aviv

#DicaPI: veja estas indicações de hotéis em Jerusalém!

Mar Morto

mar morto israel

Funcionam várias praias no Mar Morto, em Israel | Foto por Unsplash

Com 10 vezes mais sal do que as do oceano, as águas desse lago facilitam (e muito) flutuar. Outra curiosidade é que se situa no ponto de terra seca mais baixo do planeta: 470 metros abaixo do nível do mar. Para completar, o fundo tem lama útil para terapias e tratamentos estéticos.

O Mar Morto fica entre Israel e a Jordânia, se estendendo por mais de 50 km. Logo, há muitas “praias” e hotéis às margens do lago. A maioria tem infraestrutura na areia com bares, banheiros e chuveiros, de modo a passar o dia inteiro.

Tamanha estrutura, no entanto, tem um preço. Por isso, a maioria das praias do Mar Morto é paga, com taxas a partir de 60 ILS. Mas vale a pena pela experiência e conforto extras, afinal você estará numa área desértica.

Por sua vez, a região de Ein Gedi tem acesso grátis às águas. Portanto é uma das mais populares entre turistas que querem economizar. Então, se for a uma dessas, leve suas toalhas!

Principais atrações

Espere se deparar com paisagens desérticas, ruínas históricas e oásis surpreendentes!

  • Praias do Mar Morto
  • Fortaleza Masada

Tempo para conhecer

Quer só visitar o Mar Morto? Faça um bate-volta! Deseja uma experiência mais intensa? Passe a noite num hotel!

  • 1 a 2 dias

Como chegar ao Mar Morto

  • Ônibus: saindo de Tel Aviv (linha 421) ou de Jerusalém (linha 486), ambos da Egged
  • Passeios: há diversos tours

Nazaré, Tabgha e Mar da Galileia

igreja da anunciacao nazare israel

Em Nazaré, fica a Basílica que relembra a Anunciação do nascimento de Jesus | Foto por Wikimedia Commons

Embora a população seja de maioria muçulmana, Nazaré tem grande importância para o cristianismo. Afinal, serviu de morada para Maria, José e Jesus Cristo, que passou lá a infância. Por essas e outras, merece lugar em nossa lista de o que fazer em Israel.

Não raro, viajantes combinam a visita a Nazaré com outras cidades próximas. Isso é uma boa ideia porque há poucos pontos turísticos em cada, então, ao rodar por várias, se aproveita melhor o passeio.

Principais atrações

Cada cidade tem seu apelo e, juntas, propiciam um passeio inesquecível!

  • Basílica da Anunciação (Nazaré)
  • Mercado árabe (Nazaré)
  • Tabgha
  • Mar da Galileia
  • Rio Jordão (Yardenit)

Tempo para conhecer

Dependendo do nível de aprofundamento que você desejar em alguma dessas cidades, pode passar mais tempo do que num passeio bate-volta:

  • 1 a 2 dias

Como chegar

Alternativas comuns para visitar Nazaré e arredores:

  • Ônibus para Nazaré: de Tel Aviv (linha 826), de Jerusalém (linha 955), ambos da Egged
  • Passeios: combinam Nazaré e cidades nos arredores

Belém e Jericó

jerico palestina israel

Jericó é a cidade mais antiga do mundo | Foto por Unsplash

Situada dentro do estado da Palestina, fica essa cidade sagrada para o cristianismo. Belém é onde nasceu o menino Jesus, por isso o destino é bastante popular entre peregrinos.

No caminho, você cruzará um grande e muito bem vigiado muro que separa Israel da Palestina. Então leve consigo seu passaporte, para se identificar em eventuais abordagens dos soldados.

A vizinha Jericó é simplesmente a cidade mais velha do mundo, com mais de 10 mil anos. Logo, considere incluí-la em seu roteiro por Israel.

Principais atrações

Prepare-se para conhecer lugares marcantes na Bíblia e na história contemporânea também!

  • Igreja da Natividade (Belém)
  • Gruta do Leite (Belém)
  • Árvore de Zaqueu (Jericó)
  • Fonte de Eliseu (Jericó)
  • Monte das Tentações (Jericó)
  • Grafites no muro do lado da Palestina

Tempo para conhecer

A quantidade de dias só tende a aumentar se você resolver visitar uma cidade por vez, em datas separadas:

  • 1 a 2 dias

Como chegar a Belém e Jericó

Por ficarem na Palestina, você terá mais facilidade de deslocamento com transporte público ou guias credenciados.

  • Ônibus para Belém: de Jerusalém (linha 231), saindo do portão de Damasco (Shkhem Gate), na Old City – detalhes no Departamento de Transporte (procure por Beit Jala)
  • Ônibus para Jericó: de Jerusalém (linha 216), saindo da estação central de ônibus – detalhes no Departamento de Transporte (procure por Jericho)
  • Passeios: saem diariamente de Tel Aviv e Jerusalém e costumam combinar Jericó no mesmo dia

Petra, na Jordânia

petra jordania tesouro

O Tesouro, símbolo maior de Petra, na Jordânia | Foto por Pixabay

Mesmo em outro país, Petra, uma das 7 Maravilhas do Mundo, merece entrar na lista de o que fazer em Israel.

Dá para chegar por terra a esse sítio arqueológico milenar, inclusive em passeios bate-volta saindo de Jerusalém ou Tel Aviv – embora seja melhor separar ao menos 1 noite. A fim de facilitar, criamos um guia detalhado para visitar Petra, na Jordânia!

Principais atrações

A “Cidade Rosa” é toda de rocha, ora em sua forma natural, ora em construções esculpidas pelo homem.

  • Siq
  • Treasury
  • Petra by Night

Tempo para conhecer

Isso vai depender da sua disposição física, bem como disponibilidade de tempo, porque o bate-volta é bem corrido.

  • 1 a 2 dias

Como chegar a Petra

A logística para visitar Petra demanda um pouco mais de esforço do que nos pontos turísticos de Israel citados até agora. Mas não desanime, pois vale a pena!

  • Ônibus + táxi: de Jerusalém (linha 444) ou Tel Aviv (linha 390), seguir de Egged até a fronteira em Eilat, cruzar a pé para Aqaba e seguir de táxi ou ônibus até Wadi Musa, cidade em que fica Petra
  • Passeios: bate-volta ou pernoite, pegam no hotel e fazem todo o trajeto de van ou ônibus

Quando ir para Israel

Você pode viajar para Israel em qualquer estação do ano. Alguns meses, contudo, têm temperaturas mais agradáveis para turismo.

  • Primavera (março, abril, maio): média de 20° C
  • Verão (junho, julho, agosto): média de 30° C
  • Outono (setembro, outubro, novembro): média de 22 °C
  • Inverno (dezembro, janeiro, fevereiro): média de 13° C

Sendo assim, primavera e outono são estações mais amenas para seu roteiro em Israel, ou seja, de março a maio e de setembro a novembro.

Quantos dias ficar em Israel

Para visitar os pontos mais famosos em qualquer lista de o que fazer em Israel, reserve ao menos 5 dias, contando os deslocamentos.

Se você tiver mais tempo disponível, 9 dias bastam para conhecer sem pressa os principais pontos turísticos de Israel e até esticar para a Jordânia.

Mas se puder ficar mais tempo, não hesite prolongar a viagem, afinal você terá condições de fazer seu roteiro com calma.

Como andar em Israel

onibus egged israel

Dá para fazer seu roteiro em Israel praticamente todo de ônibus | Foto por Wikimedia Commons

De fato, mobilidade é um ponto forte no país, visto que há opções eficientes de transporte público e particular.

  • Ônibus: conectam as cidades em viagens curtas e baratas; é a opção mais barata, porém demanda planejamento
  • Trem: reduz ainda mais o tempo de viagem; é barato, mas não chega a todas a cidades
  • Passeios: otimizam o roteiro em Israel; mais práticos e cômodos, principalmente para entrar na Palestina (Cisjordânia)
  • Carro alugado: dá autonomia para escolher os destinos e tempo da visita; use o Google Maps para se guiar, separe dinheiro para eventuais pedágios e evite cruzar a fronteira da Palestina dirigindo – faça uma cotação

A escolha do meio de transporte depende do seu estilo, orçamento e tempo disponíveis. Caso tenha poucos dias e queira visitar o máximo de lugares, priorize os passeios. Se a ideia for economizar, vá de ônibus/trem, pois custam menos e cobrem o país quase todo.

#DicaPI: saiba como obter sua Permissão Internacional para Dirigir (PID)!

Mais dicas de viagem a Israel

O roteiro em Israel você já montou! Mas como conhecimento nunca é demais, veja mais estas dicas de viagem para complementar sua pesquisa: