Home > Dicas de viagem > Foz do Iguaçu: como chegar e pontos turísticos

Foz do Iguaçu: como chegar e pontos turísticos

Foz do Iguaçu é uma cidade no Paraná, sul do Brasil, muito famosa por suas cataratas, as do Iguaçu, com 2,7 km de extensão, atravessando a fronteira do Brasil e a Argentina. Assim, é tanta força nessas paisagens, nessas águas, que o destino, hoje, é um dos mais visitados do país.

Para além do seu principal cartão postal, Foz do Iguaçu possui diversos outros atrativos para todos os estilos de viagem: desde uma trip solo até aquela aventura em família ou com os amigos.

placa Foz do Iguaçu

Placa da cidade, que os turistas amam! | Foto: Instagram @visitefoz

Então, por que não visitar esse paraíso? Aqui no Passagens Imperdíveis estamos sempre de olho em promoções para Foz do Iguaçu, inclusive pacotes com passagens aéreas + hotel.

Para acompanhar, é só seguir a gente no Instagram ou baixar o nosso aplicativo, que é gratuito e te notifica em tempo real.

#PartiuFoz! Navegue no menu abaixo e se surpreenda!

Como chegar em Foz do Iguaçu

O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas é a forma mais fácil de chegada ao destino. Será esse, provavelmente, o seu primeiro contato com a cidade.

O aeroporto é pequeno, sem tantas opções de comércio e conforto, está localizado a 13 km do centro e recebe voos nacionais e internacionais.

Uma dica importante, referente ao retorno para a casa é: como Foz do Iguaçu recebe muitos turistas que também visitam a Argentina e o Paraguai, será necessário, antes do embarque, passar todos os pertences no raios-X da Receita Federal.

A medida visa garantir que turistas não comprem além do permitido sem que os devidos impostos sejam pagos. Sobre isso, a cota por pessoa é de US$ 500.00. Então, fique de olho!

Como se locomover  a partir do aeroporto de Foz do Iguaçu

Após chegar ao aeroporto, a dúvida é: quais as formas de transportes disponíveis para a saída do local? Qual a mais viável? Quais os valores? Então, tome nota!

  • Ônibus: a linha 120 é a opção mais econômica para ir do aeroporto ao Centro. O valor da passagem é R$ 3,75 e você pode consultar os horários aqui.
  • Táxi: ao sair do aeroporto, procure pela fila dos taxistas. Os motoristas utilizam o taxímetro para realizar as viagens e a média das corridas é de R$ 60 (cotação feita até o Centro da cidade).
  • Uber, Easy Táxi e 99: você também pode utilizar um desses aplicativos para solicitar uma corrida a partir do aeroporto de Foz do Iguaçu. Assim, valor fica mais em conta que o táxi, média de R$ 35 a R$ 40.
  • Transfer particular: há várias agências de receptivo que oferecem esse tipo de serviço. Assim, essa também é uma opção válida e o valor fica, em média, R$ 20 por pessoa.
  • Aluguel de Carro: caso opte por alugar um carro, você pode reservar um veículo, ainda em casa, ou fazer o pedido assim que chegar ao aeroporto. Faça a sua cotação.

Quando ir a Foz do Iguaçu

Por ser uma cidade localizada no sul do Brasil, o clima de Foz do Iguaçu costuma ser mais frio durante a maior parte do ano.

No verão, a média varia de 33ºC a 26ºC. Já no inverno, a temperatura cai bastante, oscilando de 18ºC a 4ºC. Assim, também costuma chover ou gear, dependendo da estação, e, por isso, recomendamos que leve um guarda-chuva na mala.

Quanto tempo é necessário para visitar Foz do Iguaçu

Para conhecer o básico de Foz do Iguaçu, você precisará de 3 dias inteiros. Por isso, sugerimos que separe, incluindo a viagem de avião/carro, de 4 a 5 dias para a sua viagem.

Agora, para quem deseja conhecer o básico e mais um pouco, a estadia pode variar de 4 a 7 dias inteiros, tempo suficiente para, inclusive, visitar as cataras argentinas e o Paraguai.

O que fazer em Foz do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu

Nem precisamos dizer que a sua viagem só irá começar quando você estiver cara a cara com as famosas Cataratas do Iguaçu.

Cataratas do Iguaçu

As famosas Cataratas do Iguaçu | Foto: Pixabay

As cataratas brasileiras ficam dentro do Parque Nacional do Iguaçu, Patrimônio Natural da Humanidade desde 1986, que é um local muito bem organizado e seguro, fácil de visitar.

Os ingressos são vendidos no próprio site do parque e incluem, inclusive, transporte dentro do espaço. Então, consulte os valores.

O passeio, com ônibus saindo a todo momento do Centro de Visitantes, possui três paradas: a entrada da trilha do Poço Preto, o Macuco Safari (essas duas primeiras atrações são pagas à parte) e a trilha das Cataratas, em que você poderá conferir o circuito panorâmico com 1,2 km de extensão, onde estão as quedas d’água tão famosas, incluindo a incrível Garganta do Diabo.

Chegando ao fim da trilha, prepara-se para sentir toda a força da natureza! Há uma passarela que leva o visitante bem pertinho das cataratas. Você saíra molhado, mas vale a pena! A dica é já se preparar e levar uma capa de chuva.

cataratas do Iguaçu

Prepare-se para sentir a linda força da natureza | Foto: Instagram @visitefoz

O circuito panorâmico é relativamente curto. É possível fazer todo o trajeto, parando para tirar fotos, observando o local com a atenção e sem pressa, em 90 minutos. Dessa maneira, você poderá aproveitar mais o dia, curtindo também os passeios de Macuco Safari e Poço Preto. Veja o mapa do parque.

Passaporte das 3 Maravilhas

Antes de prosseguirmos, vale dizer que há uma modalidade bem interessante chamada Passaporte das 3 Maravilhas, em que você pagará um único valor para ter acesso a:

– Entrada nas Cataratas do Iguaçu

– Visita Panorâmica em Itaipu

– Entrada Marco das 3 Fronteiras

A facilidade é válida para 7 dias, contando a partir da entrada no primeiro passeio. Saiba mais aqui.

Macuco Safari

O Macuco Safari opera há 33 anos dentro do Parque Nacional do Iguaçu e é uma atração para quem adora aventura.

Através de um bote, você é direcionado ao leito do rio Iguaçu, indo até as quedas dos Três Mosqueteiros. Sobre isso, você poderá escolher até onde deseja ir: bem perto da cascata, onde o banho é garantido; ou mais distante, onde dá para observar a queda, mas longe o suficiente para não se molhar.

Por ser um passeio que possui número de visitantes limitados ao dia, indicamos que compre com antecedência, pelo próprio site do Macuco Safari.

É importante ressaltar que, mesmo com os bilhetes adquiridos antes da viagem, não há como marcar horário. Tudo acontece por ordem de chegada.

Ao todo, você gastará cerca de 2 horas para curtir o momento, sempre com muita aventura e segurança. Indicamos!

Trilha do Poço Preto

Ainda dentro do Parque Nacional do Iguaçu, você poderá fazer a Trilha do Poço Preto, que leva 4 horas para ser completada.

O passeio começa com 9 km de trilha, onde há um trecho de passarela que fica na mesma altura das árvores e de uma ponte pênsil. Sobre isso, há como escolher se o passeio será feito a pé, de bicicleta ou com um carro elétrico.

Ao final, os grupos se encontram para uma volta de barco a motor pelo rio Iguaçu. Há uma parada inclusa para quem quiser explorar um trecho a bordo de um caiaque.

IMPORTANTE: todas os três passeios citados acima, por estarem localizados no Parque Nacional do Iguaçu, devem ser feitos no mesmo dia. Isso porque tanto a Trilha do Poço Preto quanto o Safari do Macuco irão cobrar, além dos seus próprios valores, a taxa de entrada no parque, essa que você paga quando visita o circuito panorâmico das cataratas.

Parque das Aves

O Parque das Aves fica a 500 metros do Parque Nacional do Iguaçu e, por isso, indicamos que inclua esse passeio no mesmo dia do parque.

Por lá são mantidas cerca de 1.400 aves, de 150 diferentes espécies. São tucanos, guarás, maritacas, araras, e outras, incluindo até mesmo jacarés e iguanas.

Parques das Aves Foz do Iguaçu

Parque das Aves | Foto: Instagram @visitefoz

Muitos adoram esse tour pela experiência de poder entrar nos viveiros, ficando bem próximo aos pássaros que não oferecem perigo, claro.

Os ingressos devem ser comprados com antecedência. Veja mais informações.

Cataratas Argentinas

A parte argentina do Parque Nacional do Iguaçu é também imperdível e até possui mais atrações do que o lado brasileiro.

Por isso, sugerimos, se tiver tempo, que visite o local por 2 dias seguidos (se seguir essa dica, após o primeiro dia, vá até a bilheteria e peça o ingresso do dia seguinte com 50% de desconto). Assim, fica menos corrido e você poderá fazer o circuito sem pressa.

Sobre as atrações, são três circuitos, além do Gran Aventura (que funciona como o Macuco Safari, porém, um pouco mais emocionante). Mas, será que é um passeio para todos? O mais indicado são pessoas ligadas à aventura, isso porque o parque argentino possui mais trilhas no meio da mata e próximas às quedas d’água.

Outro atrativo é a forma de locomoção dentro do espaço, que é feito de trem! Mas, por ser menos prático que o ônibus, tem menos horários de partida, tonando, dependendo da época, as filas maiores que o desejado.

Saiba mais detalhes e valores aqui.

IMPORTANTE: o pagamento é feito em pesos argentinos.

Gran Aventura

Assim como o Macuco Safari, o Gran Aventura é pago à parte.  O esquema é o mesmo da versão brasileira, feita com botes que chegam bem perto das quedas de água. Porém, como entregamos nos parágrafos acima, essa versão é bem mais focada em quem curte emoções fortes.

Isso porque a velocidade dos botes é maior e eles ficam tão perto das cascatas que, realmente, chega a dar medo. Mas, calma que todo o esquema é bem seguro!

O passeio dura cerca de 2 horas e indicamos que, já com o ingresso em mãos, faça a sua reserva assim que chegar ao parque, em um quiosque voltado para isso. E, claro, compre o bilhete com antecedência.

Marco das 3 Fronteiras

O Marco das 3 Fronteiras faz parte de uma celebração brasileira à tríplice fronteira (aqui falamos de Brasil, Paraguai e Argentina). Por lá há um obelisco que pode ser visto a partir dos outros países, por meio de binóculo.

Hoje, o marco brasileiro é administrado pela Cataratas S.A. (que também cuida do parque nacional), e tornou o local temático, bem atrativo aos visitantes.

Você poderá ver uma cidade cenográfica onde até há um cinema que disponibiliza sessões com curtas, focados na história da região, a chegada dos europeus e a vida dos índios guaranis.

Por fim, à noite, há um show de luzes e, de terça a domingo, um espetáculo com dançarinos dos três países.

Para saber mais informações e preços, clique aqui.

Templo Budista

Essa atração é gratuita e vale muito a pena conhecer! Por estar mais afastado da Rodovia das Cataratas, indicamos que vá ao Templo Budista no mesmo dia da visitação à Itaipu. Como ele está no caminho para a Usina, você irá otimizar o seu tempo.

Mas, fique de olho: como Templo fica aberto até às 16h30, saia de Itaipu entre 14h e 15h, ok? Outro detalhe é que o local não abre as segundas. Fique atento!

Para quem já visitou locais da Ásia, como a Tailândia, esse passeio será um retorno à viagem. Já quem deseja muito fazer esse tipo de turismo, e ainda não teve a oportunidade, irá adorar!

A maioria das imagens estão nos jardins, o que torna a visita ainda mais especial se estiver em dias de sol!

Alguns dos destaques são: o Buda Sorridente, que é o responsável por das as boas vindas aos visitantes; o Buda Reclinado, muito parecido com o Buda Deitado, do templo de Wat Pho, na Tailândia; e o pátio composto por 108 budas celestiais que representam o rosário budista.

Templo Budista de Foz do Iguaçu

Uma das imagens do Templo Budista | Foto: Pixabay

Não deixe, também, de acender uma vela e fazer o seu pedido (e agradecer) no interior do templo. Com certeza, será uma visita mais que especial!

Para saber mais sobre horários e demais informações, acesse o site do Templo Budista.

Itaipu

Itaipu é uma das visitas mais procuradas pelos turistas e locais. Isso porque essa é a segunda maior hidrelétrica do mundo quando o assunto é produção de energia.

As opções de passeios, a partir dela, são muitos e você pode fazer todos, passando um dia inteiro por lá. Ou, então, você pode escolher o que prefere, adaptando ao seu tempo e estilo de viagem.

O Centro de Visitantes está localizado em uma pequena rodoviária, de onde saem os ônibus para o local. Por lá, você pode buscar por mais informações e, vale dizer que, tudo é feito de maneira bem organizada.

Já os ingressos, sugerimos que compre com antecedência. Todas as visitas são feitas com hora marcada. Então, vamos ao menu, com os dois principais passeios:

  • Vista Panorâmica, que é o tour convencional, com foco na área da barragem. Você receberá explicações sobre como é feita a geração de energia, além de ter acesso a uma vista que permite ver a usina em vários ângulos. Duração: 2 horas.
  • O Circuito Especial é mais completo e te leva ao interior da usina. Dessa forma será possível observar e conhecer as turbinas + a sala de controle. Duração: 3 horas.

Além dos tours acima, você também pode fazer outros passeios: Ecomuseu, que conta a história do local; Pólo Astronômico, que é o planetário de Itaipu; e o Refúgio Ecológico, que é uma visita à mata protegida desde o início da Usina.

Para saber os preços para cada atração, que possuem valores distintos, acesse o site oficial de Itaipu aqui.

Foz do Iguaçu para crianças

Foz do Iguaçu é um destino incrível para viajar em família, principalmente se você vai com crianças.

Aqui, elencamos atrações para curtir com os pequenos, além dos já citados Parques das Aves, Macuco Safari e Pólo Astronômico.

Ah, não esqueça de ver as opções de hospedagem em Foz do Iguaçu. Há hotéis preparados para receber crianças e toda a família.

Vale dos Dinossauros

O Vale dos Dinossauros é um pequeno parque com réplicas e explicações sobre a época em que os  gigantes animais habitaram o planeta. Também visitamos a unidade de Gramado/Canela e te contamos os detalhes nesse texto.

Vale dos Dinossauros Foz do Iguaçu

Um dos dinossauros do parque temático | Foto: Site Visite Foz

De forma didática, vocês poderão conhecer mais sobre as espécies, assim como seus hábitos. Pra fechar a brincadeira, muitos ainda emitem som, o que torna tudo, ainda mais, real!

Veja informações sobre preços e horários aqui.

Imagem retirada do site www.visitefoz.com.br

Dreamland

O Dreamland também tem unidade em Gramado e é conhecido como o museu de cera brasileira.

Em Foz do Iguaçu, você poderá ver estátuas de artistas e personalidades do Brasil e de todo o mundo. Há também personagens de desenhos e filmes, como é o caso do E.T e o Bob Esponja!

Para os adultos, os destaques são as figuras da Rainha Elizabeth e Ayrton Senna. Aproveite para tirar fotos em família, selfies e se divertir!

Veja mais informações de preços e horários aqui.

Maravilhas do Mundo

Essa é uma maneira de apresentar o mundo para os pequenos e futuros viajantes! Por ficar no mesmo prédio do Dreamland, recomendamos a visita no mesmo dia.

Através de salas, que guardam uma coleção de maquetes, há como visitar lugares famosos do globo: Torre Eiffel, Torre de Pisa, Praça Vermelha, Casa Branca, e outros, sempre em miniaturas.

Todas as salas têm iluminação especial, o que torna a experiência, ainda mais, agradável. Vale a visita!

Saiba mais sobre a atração, como preços e horários, aqui.

Supercarros

O Supercarros também é uma franquia existente em Gramado e no Beto Carrero. Funciona da seguinte maneira: em frente ao Dreamland, você seleciona o carro que quer dirigir e escolhe o tipo de passeio: dirigindo (por 12,5 km), com um acompanhante, ou na carona (por 4 km).

A partir disso, um trajeto será pré-definido, juntamente com regras de trânsito e outros atrativos que deixarão a brincadeira ainda mais especial. Claro que é necessário um adulto, que será o responsável pela direção. Mas, com certeza, os pequenos vão adorar!

Consulte condições no site oficial da atração.

Acquamania

Principalmente se você vai a Foz do Iguaçu em época de calor, o Acquamania pode ser uma opção para um dia de sol!

O parque aquático é simples, mas possui várias piscinas e toboágua, além de espaço de eventos e lazer. Veja informações sobre ingressos e horários no site.

Aproveite as nossas dicas e viaje para Foz do Iguaçu!

Ficou com vontade de aproveitar Foz do Iguaçu e suas diversas atrações? Então acompanhe as promoções de passagens aéreas e pacotes de viagem para o destino! Siga a gente no InstagramFacebookTwitter e não deixe de assistir aos nossos roteiros no Youtube.