Home > Dicas de viagem > O que fazer em Buenos Aires: roteiro de 4 dias pela capital argentina

O que fazer em Buenos Aires: roteiro de 4 dias pela capital argentina

Viagem para realizada por Patrícia Guedes e Jairo dos Santos, em dezembro de 2017. Neste roteiro de 4 dias, apresentamos sugestões de o que fazer em Buenos Aires para todos os gostos. Tem pontos históricos, vinho, valsa, estádio de futebol, restaurantes e mais. Por isso, opções não faltam!

Resumimos os principais pontos turísticos de cada dia. Assim, você pode ir direto àqueles que desejar.

Dicas de viagem para Buenos Aires

Terra do tango, do futebol, do churrasco e do Papa Francisco. Argentina é nosso país vizinho e encanta brasileiros por sua riqueza cultural e pelos sabores de sua gastronomia.

O melhor? Viajar para lá é fácil. Isso porque você pode embarcar em um voo direto para Buenos Aires, saindo de algumas capitais brasileiras. Ainda pode se planejar bem com estas dicas de viagem para a capital argentina. Desse modo, antes mesmo de sair do Brasil, você terá noções de câmbio, imigração, transporte, segurança e até indicação de hotel!

#PIInforma: neste post, utilizamos a cotação de R$ 1 = 5,33 pesos argentinos (ARS), de dezembro de 2017, quando viajamos. Os valores aqui divulgados servem de referência para ajudar você a planejar sua viagem. Portanto, quando embarcar, confira o câmbio então vigente, afinal a taxa sempre varia.

O que fazer em Buenos Aires: dia 1

Passeamos por marcos históricos de Buenos Aires, como o Mercado de San Telmo, Praça de Maio e Congresso da Nação Argentina. Também experimentamos alguns restaurantes, como o Elena e o La Brigada. Veja como foi!

Café da manhã no Pani

Nosso primeiro dia em Buenos Aires começou bem e em grande estilo, com um café da manhã no café-bistrô Pani, do Recoleta Mall. O shopping, um dos mais novos da capital argentina, está localizado próximo ao Cemitério da Recoleta.

Embora não tenhamos visitado esse cemitério, é um famoso ponto turístico de Buenos Aires. Isso porque tem diversas obras de arte e até celebridades enterradas lá, como a atriz Evita Perón.

Região de San Telmo

San Telmo Buenos Aires

Estátua da Mafalda é atração em San Telmo

Do Pani Recoleta, partimos para a região de San Telmo. Boêmio e cheio de história, o bairro é um dos mais tradicionais da cidade. É lá que está a famosa estátua da Mafalda, além da Praça Dorrego, a segunda mais antiga da capital.

Visitamos San Telmo em um domingo. Foi ótimo, porque é o dia da semana em que se realiza, há mais de 40 anos, a feira de antiguidades. As ruas ficam lotadas de turistas e locais, mas dá para andar e apreciar a feirinha.

Na mesma região, aproveitamos para almoçar no La Brigada, um restaurante excelente para provar a culinária argentina. Para você ter ideia, o cardápio oferece mais de 30 cortes de carne. No entanto, apesar de toda a expectativa, achamos a refeição regular, ou seja, nada demais. Talvez fomos em um dia de pouca inspiração do chef.

#DicaPI: a boa notícia é que não falta lugar onde comer, afinal listamos 25 restaurantes em Buenos Aires. Então escolha os seus e experimente!

A próxima parada foi o Mercado de San Telmo, no qual encontramos uma variedade incrível de comidas e guloseimas. Fora o clima do local, cuja energia é contagiante, com sua variedade de cores, cheiros e sons. Como bons apaixonados por mercados locais, recomendamos para você, que procura o que fazer em Buenos Aires.

Logo na saída do Mercado, encontramos a famosa Feira de San Telmo. Aproveitamos a oportunidade para comprar várias lembrancinhas.

Praça de Maio

Seguimos para a Praça de Maio, a mais importante de Buenos Aires. Conhecida por celebrações, manifestações políticas e sociais, é onde fica a Casa de Governo, também chamada de Casa Rosada.

Bem perto da Praça, está o Café Tortoni, um dos mais antigos cafés de Buenos Aires. Parar por lá nos permitiu sentir um pouco da essência argentina. Afinal, o ambiente rústico, simples e aconchegante dá um tom tradicional ao lugar.

Congresso da Nação Argentina

Congresso da nação argentina Buenos Aires

Belo prédio do Congresso da Nação Argentina

Nosso próximo ponto foi o Congresso da Nação Argentina, um imponente prédio que mais parece um templo romano. É repleto de esculturas e detalhes que impressionam, mesmo vistos de longe.

Vale a ida, tanto para quem deseja uma visita guiada (que é grátis) quanto para quem só quer contemplar a fachada. A visita guiada ao Congresso da Nação Argentina vai de segunda a sábado, às 11h, 13h, 15h e 17h, portanto dá para encaixar no seu roteiro.

Jantar no restaurante Elena

Encerramos o dia jantando no conceituado restaurante Elena, localizado no hotel Four Seasons. A refeição teve direito a entrada, prato principal e sobremesa. Amamos a experiência, portanto está mais do que recomendado!

Dizem que uma imagem vale por mil palavras. Sendo assim, que tal assistir ao vídeo deste dia? Publicamos em nosso canal do YouTube!

O primeiro dia do nosso roteiro passa por Sal Telmo, locais históricos da Argentina e termina em um dos nossos restaurantes preferidos.

O que fazer em Buenos Aires: dia 2

Nosso segundo dia de roteiro por Buenos Aires começou na hora do almoço, com restaurantes no bairro Palermo. Depois seguimos para outros pontos turísticos, como o Malba, Praça San Martín e o Teatro Colón. Acompanhe!

Restaurantes no bairro Palermo

Restaurante em Buenos Aires Bar du Marche

Prato no Bar du Marché, restaurante em Buenos Aires

Após um primeiro dia intenso, aproveitamos a manhã do nosso segundo dia para descansar um pouco no hotel. Saímos para bater perna já perto da hora do almoço. Escolhemos como destino o bairro de Palermo, que é bem tradicional.

A primeira parada foi o Bar du Marché. E já adiantamos: além de variadas e saborosas, as opções de comida nesse bistrô estilo francês são bem em conta. Por isso, vale a pena provar!

Já para quem não dispensa a carne argentina, a dica é comer no Parrila Don Julio. Esse restaurante também fica no bairro Palermo, fora da rota turística de Buenos Aires. Achamos isso vantajoso, porque nos aproxima do cotidiano da cidade.

Museu de Arte Latino-Americana (Malba)

Após o almoço, fomos ao Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires (Malba). Com mais de 200 obras, o espaço tem quadros de Frida Kahlo, Cândido Portinari, Tarsila de Amaral, entre outros artistas.

#DicaPI: o Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) também tem obra de Frida Khalo. Quer saber como visitar esse museu também?

A partir do Malba, caminhamos 10 minutos até um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires: escultura metálica Floralis Genérica.

Praça San Martín

Um lugar belo, arborizado e ótimo para descansar. Seu principal símbolo é a estátua do general José de San Martín, militar considerado herói da independência argentina.

Galerias Pacífico

Galerias pacífico o que fazer em Buenos Aires

Galerias Pacífico, belo ponto turístico da cidade

A pé, seguimos para o shopping mais turístico da cidade: Galerias Pacífico. O prédio histórico está localizado exatamente no cruzamento da famosa rua Florida com a avenida Córdoba. Por isso, é fácil de chegar.

Na Galerias Pacífico, há diversas lojas, restaurantes e até visita guiada. Portanto, o shopping é repleto de opções de o que fazer em Buenos Aires.

Teatro Colón

Perto dali, a alguns quarteirões, está o Teatro Colón, a principal casa de ópera de Buenos Aires. A arquitetura é fascinante e, devido à acústica, o espaço é considerado um dos 5 melhores teatros do mundo. Afinal, nem só de beleza pode viver uma casa de shows!

Todos os dias se realizam visitas guiadas no Teatro Colón. Além disso, tem a agenda de shows, que você pode assistir conforme a programação. É possível comprar ingresso para os espetáculos pelo site oficial do teatro.

Jantar no restaurante Las Cabras

Precisamos admitir: parrilla argentina é deliciosa! No restaurante Las Cabras, pedimos um prato que servia até 3 pessoas, por 311 ARS (R$ 58). Em vista da quantidade e da qualidade, achamos o jantar bem barato.

Encerrados os comes e bebes, chegou a hora de voltar ao hotel, recarregar as energias e pensar no próximo dia de roteiro por Buenos Aires.

Todos esses pontos turísticos e restaurantes em Buenos Aires estão devidamente registrados no YouTube. Assista já!

O segundo dia do nosso roteiro está cheio de dicas de passeios econômicos por Buenos Aires e muita parrilla!

O que fazer em Buenos Aires: dia 3

Nosso terceiro dia de roteiro por Buenos Aires teve futebol, arte, cartões-postais e jantar chique. Veja estas dicas para curtir a capital argentina!

Estádio La Bombonera

La Bombonera, estádio do Boca Juniors

La Bombonera, estádio do Boca Juniors

Se perguntarmos a um amante do futebol o que fazer em Buenos Aires, a resposta é: visitar o La Bombonera! O estádio do Boca Juniors, um dos maiores clubes da Argentina, é ponto turístico famoso na cidade.

Já chama a atenção o bairro onde fica o estádio, porque é residencial. Chegando ao campo, mesmo vazio, dá para ter ideia do “caldeirão” que vira em dias de jogo. Para fãs ou não do esporte, vale a visita, afinal o La Bombonera representa uma das paixões nacionais argentinas: futebol.

Caminito

Logo ao lado, com cinco minutos de caminhada, chegamos ao Caminito, um pedacinho colorido do bairro La Boca, berço da história portenha. O nome da rua foi baseado na letra de um famoso tango na Argentina. Hoje, o trecho é um museu a céu aberto.

O lugar é excelente para tirar fotos, pois as casinhas coloridas e as obras artísticas em suas fachadas são bem bonitas.

Só recomendamos que não dê tanta atenção às pessoas que tentam te vender alguma coisa, pois elas são insistentes.

Puerto Madero e Obelisco

A região, como conhecemos hoje, é nova, em expansão, e possui um dos metros quadrados mais caros da capital. Prédios antigos foram restaurados e maquinários originais do antigo porto permanecem no local, que recebe escritórios e restaurantes. É lá, também, que está a Ponte da Mulher, mais um cartão-postal.

#DicaPI: Buenos Aires será o seu primeiro destino internacional? Confira este guia de viagem para iniciantes.

Ali perto, escolhemos o charmoso La Dorita para almoçar, pois esse restaurante é mais barato que os demais na região.

Depois, seguimos até a avenida 9 de julho, na região central, para uma passadinha rápida pelo Obelisco, ícone da cidade.

Livraria El Ateneo

Livraria El Ateneo, uma das mais bonitas do mundo

Livraria El Ateneo, uma das mais bonitas do mundo

Ainda no centro, fomos à avenida Santa Fé e conhecemos a Livraria El Ateneo Grand Splendid, uma das mais lindas do mundo. O antigo e histórico prédio é o que torna a livraria diferenciada, pois seu formato lembra um teatro. Na verdade, o espaço já foi palco de apresentações artísticas por algum tempo.

Sendo assim, mesmo que não vá comprar nenhum livro, é interessante contemplar a arquitetura do local.

Vinho na La Vinoteca e jantar no restaurante Tegui

Como não incluir degustação de vinhos em um roteiro de o que fazer em Buenos Aires? Paramos na La Vinoteca para experimentar algumas opções argentinas. Aprovamos a experiência!

De lá, seguimos para o Tegui, restaurante de cozinha contemporânea classificado entre os melhores do mundo. Em 2017, a lista World’s 50 Best Restaurants elegeu o Tegui como o 10º melhor da América Latina e 44º do mundo!

#DicaPI: saiba como funciona a lista de melhores restaurantes do mundo!

Para conseguir um lugar nesse restaurante, é fundamental fazer uma reserva on-line, porque a demanda é alta. O valor do cardápio é mais elevado, cerca de R$ 400 por pessoa o menu degustação.

Considerando nossas expectativas, ao final não chegamos a um consenso se vale ou não experimentar. Em outras palavras, não foi uma experiência surpreendente, mas também não foi decepcionante, apenas regular. Sendo assim, se tiver curiosidade, por que não tentar?

Assista ao vídeo do nosso terceiro dia em Buenos Aires!

No terceiro dia em Buenos Aires, visitamos Caminito e arreadores e fechamos o dia em um restaurante premiado! Valeu a pena o investimento? Te contamos tudo aqui!

O que fazer em Buenos Aires: dia 4

Neste dia, a pedida foi culinária tradicional argentina e parques em Buenos Aires. Assim, diminuímos o ritmo do roteiro, mas continuamos aproveitando a cidade.

Buenos Aires Design

Começamos o dia no Buenos Aires Design, um shopping com foco em design e decoração, localizado no bairro Recoleta. Portanto, repleto de opções de lembrancinhas e utilidades em geral.

Lá, conhecemos o Almacén de Pizzas e comemos algumas empanadas, prato tradicional da culinária argentina. Uma delícia!

Depois passamos no El Sanjuanino, muito indicado pelos nossos seguidores. Visitamos a unidade de Recoleta, que é a mais famosa, e experimentamos empanadas. E se a primeira já era gostosa, esta é ainda melhor, nossa favorita em Buenos Aires!

Jardim Botânico de Buenos Aires

Jardim Botânico o que fazer em Buenos Aires

Jardim Botânico de Buenos Aires

Nosso passeio continuou no agradável Jardim Botânico de Buenos Aires, localizado em Palermo. Com variedade incrível de flores e plantas, sentimos a área verde e “desaceleramos” nosso ritmo. Afinal, andamos bastante!

Mas a caminha não parou. De lá, migramos para outro parque igualmente lindo: El Rosedal! Nele, vimos os Arcos del Rosedal, um complexo gastronômico que fica embaixo de uma linha de trem.

Tiramos o dia para aproveitar os parques de Buenos Aires. Por isso, também visitamos o Jardim Japonês, cuja entrada custa 120 ARS (R$ 22,51). É encantador, portanto valeu o investimento!

Todos ficam bem próximos uns dos outros, portanto fácil de chegar. Essa praticidade foi ideal para finalizarmos com calma nosso roteiro por Buenos Aires e prepararmos a volta a Belo Horizonte.

#DicaPI: mesmo para chegar a pontos turísticos próximos, cheque a rota no Google Maps!

Veja como foi o quarto e último dia explorando o que fazer em Buenos Aires!

No quarto e último dia, comemos a melhor empanada de Buenos Aires + passeios gratuitos!

Quer mais opções de o que fazer em Buenos Aires?

A capital argentina é uma cidade linda, pulsante e com inúmeras atrações. Há muito mais o que fazer em Buenos Aires do que citamos aqui, afinal este foi o nosso roteiro. O seu pode ser diferente!

Além das dicas de viagem para Buenos Aires, escrevemos outros posts para ajudar você a se planejar:

Como comprar passagem aérea para Buenos Aires

Melhor do que viajar para lá, é conseguir comprar passagem aérea barata para Buenos Aires. E isso é possível, sabe como?

O Passagens Imperdíveis divulga promoções de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais, inclusive Buenos Aires. Para ficar sabendo dos descontos em tempo real, é bem fácil.

Siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito. Assim, você receberá notificações e conseguirá aproveitar a passagens aéreas promocionais antes que acabem!