Home > Dicas de viagem > Internet no Chile: como habilitar seu celular para o funcionamento de um chip pré-pago chileno

Internet no Chile: como habilitar seu celular para o funcionamento de um chip pré-pago chileno

Desde Setembro de 2017, comprar um chip pré-pago para manter-se conectado à internet no Chile pode representar uma dor de cabeça aos viajantes desinformados.

Como aqui no PI a ideia é que a sua viagem seja a mais tranquila possível, vamos te explicar, antecipadamente, o passo a passo para que você consiga, ainda no Brasil, garantir a compatibilidade de seu aparelho telefônico ao sistema de telefonia chileno!

Vem com a gente!

Internet no Chile: como se manter conectado

Existem três maneiras de se manter conectado no Chile:

  • Ativar o roaming internacional no seu plano do Brasil.
  • Conectar-se à internet apenas fazendo uso de WI-FI.
  • Comprar um chip pré-pago chileno.

Roaming internacional ou Wi-Fi

Caso a sua intenção seja manter-se conectado no Chile fazendo uso apenas: (i) do roaming internacional ativado no seu plano do Brasil; ou (ii) do Wi-Fi disponível em algumas das áreas públicas, hotéis, restaurantes, etc., não se preocupe, pois não precisará atender a nenhuma providência burocrática determinada pelo governo chileno.

Wi-fi no Chile

Se você não está preocupado em comprar um chip pré-pago no Chile e só precisa do Wi-Fi, não tem problema! Fique à vontade! Você não vai precisar realizar nenhum tipo de processo. É só desembarcar no Chile com o seu dispositivo móvel, e realizar o acesso via WI-FI, nos locais públicos, restaurantes, hotéis pelos quais passar. 

Roaming internacional no Chile

Se a sua opção é fazer uso do roaming internacional de seu plano do Brasil, não se preocupe. Assim como o viajante que fará uso de Wi-Fi, não será necessário adotar nenhuma providência junto ao governo do Chile. A sua única providência deverá ser contratar o plano de sua preferência junto à sua operadora do Brasil. 

Chip pré-pago de uma operadora local

Atualmente, o processo de compra de um chip pré-pago no Chile funciona de maneira diferente daquela verificada em outros lugares do mundo.

Desde setembro de 2017, o país exige que todos os celulares que não foram adquiridos no país, recebam autorização de uma agência certificadora autorizada pelo governo, no intuito de viabilizar o funcionamento da rede chilena de dados naquele aparelho, comprado em outro lugar que não o Chile.

A esta autorização dá-se o nome de Homologação ou Homologación, se diz em espanhol.

A Homologação serve para quê? É paga? É realizada presencialmente, ou pela internet?

Por força da Resolução n° 1.463/2016, da Subsecretaria de Telecomunicações do Chile, a homologação é necessária na hipótese que mencionamos acima (uso de chip pré-pago chileno em celular comprado fora do país), e dela não há como fugir.

Então, atenção! Isso vale apenas caso você queira comprar um chip local. 

Listaremos, abaixo, alguns dos pontos mais importantes, que costumam gerar bastante dúvida a quem deseja realizar o referido processo de homologação.

O motivo

O Chile não quer ter problemas com aparelhos comprados no exterior. Em outras palavras, não quer se responsabilizar por eventual não funcionamento das tecnologias 2G, 3G e 4G nos aparelhos vendidos em outros países e trazidos ao território chileno. Também quer deixar claro que estes mesmos celulares estrangeiros não receberão os alertas emitidos pelo Sistema de Alerta de Emergencia (SAE), em caso de iminência de terremoto, por exemplo.

A Homologação é gratuita

A você, estrangeiro, é concedido o direito de inscrever, gratuitamente, um aparelho móvel por ano.

A Homologação pode ser solicitada/realizada antecipadamente, ainda no Brasil

Quando entrou em vigor a resolução que determina a homologação, foram escolhidas pelo governo algumas agências certificadoras que, por e-mail, recebem os pedidos formulados pelos turistas estrangeiros, juntamente com a documentação necessária à liberação do aparelho.

Assim, é possível que você escolha alguma destas agências, e com a ajuda das mesmas, em um prazo médio de 5 dias, obtenha a autorização esperada.

Internet no Chile: Lista das agências certificadoras autorizadas pelo Governo

Internet no Chile: lista das agências certificadoras autorizadas pelo governo

Habilitando seu celular no Chile: o passo a passo

Segue o passo a passo para realizar a homologação de seu aparelho para o funcionamento de internet no Chile, mediante uso de chip pré-pago local:

  1. Acesse o site: multibanda.cl;
  2. Clique em: Soy extranjero / I’m foreigner;
  3. Após ler as informações, clique no link do segundo tópico para ver as agências certificadoras: (multibanda.cl);
  4. Uma página com a lista de todas as empresas certificadoras se abrirá. Você escolherá a que quiser e poderá fazer o pedido gratuitamente por e-mail. Obs.: as agências certificadoras das quais obtivemos os melhores retornos foram: Dymeq e Openbits
  5. Escreva o e-mail (você pode seguir o textinho abaixo);
  6. Anexe a sua documentação*;
  7. Passados de 3 a 5 dias, acesse o site da Entel, digite o número do seu IMEI e confirme a habilitação de seu aparelho.
Internet no Chile: Consulta de habilitação de celular estrangeiro

Internet no Chile: consulta de habilitação de celular estrangeiro

Caso já tenha decorrido o prazo de 5 dias e, ao consultar o site da Entel, você verifique que seu IMEI ainda não está “inscrito”, não perca tempo. Procure logo outra agência entre aquelas da lista, enviando novamente, e agora para outra empresa, o formulário-padrão e a documentação necessária.

Assim que a habilitação for realizada, você receberá um e-mail parecido com este aqui:

Internet no Chile: E-mail de confirmação de habilitação de aparelho estrangeiro

Internet no Chile: e-mail de confirmação de habilitação de aparelho estrangeiro

Fizemos um textinho caso você precise de um modelo de e-mail para enviar à agência de certificação

¡Hola! Me gustaría realizar la homologación de mi dispositivo telefónico para utilizar un chip chileno. El anexo, está el formulario necesario, así como mis documentos. Gracias.

Nombre completo:

Pasaporte:

IMEI:

Documentação necessária a ser enviada para as agências reguladoras:

  • Cópia da nota fiscal do aparelho (é uma exigência EXPRESSA. Sem a Nota Fiscal, seu pedido poderá ser negado);
  • Cópia do passaporte – foto da folha com os dados;
  • Print que comprove o número do IMEI do seu celular;
  • Formulário padrão preenchido e assinado.
Internet no Chile: como descobrir seu IMEI

Internet no Chile: como descobrir seu IMEI

O que é IMEI?

O IMEI é uma sequência de números e caracteres especiais, única para cada aparelho. É como se fosse a impressão digital de cada celular. Geralmente, ele vem na caixa do celular ou, quando você digitar *#06#, a sequência aparecerá na sua tela.

Algumas empresas mandam o formulário padrão por e-mail, outras permitem que você preencha o formulário on-line. Porém, se já quiser encurtar o caminho e mandar todos os seus documentos juntos, você consegue fazer o download do formulário-modelo, clicando aqui.

É indicado que você faça o processo com bastante antecedência, pois o prazo para atender à sua solicitação é de 3 até 5 dias. Por isso, sugerimos que você faça a homologação com pelo menos uma semana antes da sua viagem, já que assim poderá chegar ao país sem essas preocupações.

Depois de tudo feito, você pode chegar no Chile, escolher uma operadora de sua preferência e curtir sua viagem!

Seja por roaming, Wi-Fi ou com o processo de homologação, o que nós do PI mais desejamos é que sua viagem seja a sua cara, com ou sem conexão! Por isso, também criamos um guia de viagens internacionais para iniciantes.

Por fim, se você resolver alugar um carro e dirigir no Chile, também pode esclarecer suas dúvidas nestes posts:

Aproveite e se divirta muito!

Ah, e não esqueça de fazer o seu vídeo de “Valeu, PI! To aqui” e compartilhar com a gente, hein?

Desejamos a todos vocês, excelente viagem!

😉

8 responses to “Internet no Chile: como habilitar seu celular para o funcionamento de um chip pré-pago chileno”

  1. Marcia Tamyres says:

    E quem não tem passaporte?

    • passagensimperdiveis says:

      Oi, Marcia! O que é solicitado, no formulário, é o número do documento de identificação de quem está fazendo o requerimento (RUT, para chilenos; e Passaporte, para estrangeiros). Não há nenhuma menção a esta questão na norma, relativamente à exceção ao passaporte. O que nós faríamos, caso não tivéssemos passaporte, seria enviar a cópia do nosso documento de identificação (RG).

  2. Jonatas says:

    Que merda de burocracia à toa

  3. Marcela says:

    E quanto à compra do chip? Os planos são interessantes? Quanto custa? Vocês poderiam falar sobre isso também!

  4. Ana says:

    Tem problema mandar para mais de uma agência ao mesmo tempo?

    • passagensimperdiveis says:

      Olá, Ana! Não há problema, você só precisa adquirir o chip de alguma das operadoras para o qual solicitou!

  5. Nara Sales says:

    E quanto ao período de uso no Chile? A liberação do celular tem um prazo pra ser usado ? Se eu fizer em Janeiro por ex. Posso usar em Julho ? Ou outro mês?

  6. Carla Guerra says:

    Eu tenho um chip chileno que comprei em Maio de 2017 e sempre usei no Chile sem essa burocracia . Ocorre que mudei de aparelho mas ainda tenho o chip. Preciso fazer esse cadastro para usar no novo aparelho?