Home > Dicas de viagem > Belo Horizonte: dicas e pontos turísticos da capital mineira

Belo Horizonte: dicas e pontos turísticos da capital mineira

Belo Horizonte, a capital de Minas Gerais (estado do Sudeste brasileiro), é conhecida como o destino dos bares e da hospitalidade. Mas, garantimos que a cidade do PI também tem muitos outros atrativos!

Aqui, você irá conhecer os principais pontos turísticos de BH, além de saber como chegar ao destino. Então, vamos lá?

Aeroporto de Belo Horizonte

Belo Horizonte possui dois aeroportos, sendo que o principal, que recebe voos nacionais e internacionais, é o Aeroporto Internacional de Confins – Tancredo Neves.

Localizado no município de Confins, ele está a 40 km do centro de BH. Logo, em sua chegada, você poderá solicitar aplicativos de transporte como Uber e Cabify, no Desembarque 2. Assim, os valores irão variar de R$ 30 a R$ 100, em média. Dessa forma, tudo dependerá do trajeto.

Outra opção são os táxis, localizados nas saídas do aeroporto. Assim, como de costume, os preços são um pouco mais altos que os praticados pelos apps citados acima.

Por fim, uma das soluções mais viáveis é pegar o ônibus Conexão Aeroporto, que faz um trajeto com paradas estratégicas em diversas regiões de Belo Horizonte. Assim, há saídas a cada 15 minutos, com valores médios de R$ 29,40 (por pessoa e por viagem). Então, clique aqui para saber mais.

Quer alugar um carro e dirigir por BH? Então, faça a sua cotação aqui!

Segurança

Belo Horizonte é uma das cidades mais seguras do Brasil, de acordo com pesquisas. No entanto, como em toda grande cidade brasileira, há ocorrência de roubos e assaltos. Por isso, evite sair com pertences à mostra e caminhar, em áreas menos movimentadas, com celular e demais eletrônicos. Assim, fique sempre atento para evitar imprevistos.

Por fim, em casos de ocorrência, disque 190.

Transportes em Belo Horizonte

BH possui linhas BRT (MOVE) por toda a cidade, que são ônibus que fazem integração entre si. Assim, essa é uma forma viável e barata de conhecer a cidade. Dessa forma, as passagens custam R$ 4,50 e há mais informações neste link e neste.

O metrô em Belo Horizonte atende algumas regiões e não é um meio de transporte viável, principalmente para pessoas que irão visitar os principais pontos turísticos. Assim, as tarifas únicas custam R$ 3,40. Para saber mais, veja aqui.

Como sempre, indicamos o Google Maps para ver os melhores caminhos a serem feitos no Brasil e em todo o mundo. Temos um texto completo sobre o aplicativo, que é gratuito!

Pontos turísticos de Belo Horizonte

Museus

Inhotim

Não há como falar desse tema sem começarmos pelo maior centro de arte contemporânea da América Latina, o Inhotim!

O maior museu a céu aberto do mundo está localizado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte. Assim, por lá, você poderá ver obras de artistas como Hélio Oiticica, Yayoi Kusama, Edgard de Souza e outros importantes nomes da cena.

O Inhotim é enorme! Então, reserve um dia inteiro, ou dois, para visitá-lo.

Informações

Endereço: Rua B, 20 Fazenda Inhotim, Brumadinho

Horário de funcionamento: terça à sexta-feira de 9h30 às 16h30 e de 9h30 às 17h30 aos sábados, domingos e feriados.

Programação e preços: site oficial

Palácio das Artes

palácio das artes em belo horizonte

O Palácio das Artes, um dos maiores da América Latina, recebe espetáculos, teatros e shows | Foto: Flickr

Esse é, com certeza, o mais tradicional museu da cidade, sendo, também, considerado um dos maiores da América Latina.

Localizado no centro da capital, parte da Fundação Clóvis Salgado, o Palácio da Artes possui extensa programação mensal, que vai de exposições a shows de música e peças de teatro.

Por lá, há muitas opções de entretenimento gratuito, como é o caso das galerias de arte e algumas mostras de cinema. Por fim, s jardins do espaço também são um caso de amor à parte!

 

Informações

Endereço: Av. Afonso Pena, 1537, Centro

Horário de funcionamento: ver abaixo

Programação e preços: site oficial

Circuito Cultural Praça da Liberdade

O Circuito Liberdade é composto, na região da famosa praça da capital, por vários centros culturais, além de biblioteca e planetário.

ccbb em belo horizonte

O Centro Cultural de Belo Horizonte – CCBB conta com exposições de arte, filmes, peças, café e livraria | Foto: instagram.com/ccbbbh

Como destaque estão os museus CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil), que traz exposições conceituadas e, também, de artistas alternativos, Memorial Minas Vale, que conta a história de Minas, através de espaços interativos, e a Casa Fiat de Cultura, com mostras importantes de artistas italianos, além de cursos e debates com esse foco.

Informações

Horário de funcionamento: cada local tem um horário distinto. Veja no site abaixo.

Programação e preços: site oficial

Museu dos Brinquedos

O Museu dos Brinquedos é uma opção para quem viaja com crianças. Assim, por lá está um acervo de vários períodos que vão do início do século 20 até os dias atuais. São bonecas, jogos, carrinhos, além de livros infantis e infanto-juvenis.

Além de entreter a criançada, o espaço também leva adultos de volta à infância. Pra fechar, a localização também é excelente, perto de vários pontos turísticos da capital mineira.

Informações

Endereço: Av. Afonso Pena, 2564, Funcionários

Horário de funcionamento: segunda a quinta, de 9h às 17h; sexta e sábado de 10h às 17h

Programação e preços: site oficial

Museu de Arte da Pampulha (MAP)

Esse é um dos mais lindos espaços da capital! Localizado em um antigo Cassino da região, o Museu de Arte da Pampulha integra o Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Além do prédio, os jardins são um show à parte e vale a pena tirar um tempo para apreciá-los.

No seu acervo estão obras da arte contemporânea brasileira, além de, periodicamente, o espaço receber exposições itinerantes de vários artistas.

Informações

Endereço: Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585, Pampulha

Horário de funcionamento: terça a domingo, de 9h às 18h

Programação e preços: site oficial

Conjunto Arquitetônico da Pampulha

Além o MAP, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha possui importantes construções de Belo Horizonte e, por isso, em 2016, se tornou Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

O conjunto inclui os edifícios e jardins da Igreja de São Francisco de Assis (Igrejinha da Pampulha), o Cassino (atual Museu de Arte da Pampulha), a Casa do Baile (atual Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design de Belo Horizonte) e o Iate Golfe Clube (hoje Iate Tênis Clube), além do espelho d’água e da orla da Lagoa.

igrejinha da pampulha em belo horizonte

A Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha, é considerada uma das principais atrações do conjunto arquitetônico e urbanístico da região | Foto: Flickr

As construções foram erguidas entre 1942 e 1943 e foram pensadas e assinadas por importantes nomes como Oscar Niemeyer, Roberto Burle Marx e Cândido Portinari. Assim, um dos pontos altos das visitas, inclusive, é o interior da igrejinha, com painéis pintados por Cândido Portinari.

Praças e Parques

Praça 7 de Setembro

A Praça 7 de Setembro, mais conhecida como Praça 7, está no centro de BH e guarda um dos monumentos mais históricos da capital: o chamado “Pirulito da Praça 7”.

Vamos combinar que a praça não é um local tão turístico, mas vale saber do que se trata para quando passar em frente, durante trajetos pela Avenida Afonso Pena, entender mais sobre a história da capital.

Então, se estiver a pé, não deixe de comer o pão de queijo do Café Nice, um dos mais tradicionais e que já foi degustado por Juscelino Kubitschek e Dilma Rousseff.

Informações

Endereço: Praça Sete de Setembro, s/n, Centro

Praça da Estação

A Praça Rui Barbosa também está no centro da capital mineira e, atualmente, é conhecida como Praça da Estação, já que, ali, está o antigo prédio da estação da Estrada de Ferro Central do Brasil – hoje, Museu de Artes e Ofícios.

É comum ter eventos gratuitos por lá como shows e apresentações culturais. Então, fique de olho!

Informações

Endereço: Av. dos Andradas, 201, Centro

Praça da Liberdade

Essa é, com certeza, um dos principais cartões de Belo Horizonte! Assim, a Praça da Liberdade está na região dos Funcionários e é famosa pelo seu paisagismo, inspirado no Palácio de Versailles, na França.

praça da liberdade é cartão postal de belo horizonte

A Praça da Liberdade é considerada um dos mais belos cartões-postais de Belo Horizonte | Foto: Flickr

A construção do espaço foi iniciada na época da fundação de Belo Horizonte (1895-1897) e teve como intuito ser a sede do Governo de Minas Gerais, além das secretarias do Estado. Por isso, você também poderá ver os históricos prédios ao redor dela.

Lá também está o Edifício Niemeyer e a Biblioteca Pública, ambos projetados por Oscar Niemeyer na década de 40. Assim, já em 1980, com a pegada pós-moderna, a praça da Liberdade recebeu, em seu entorno, o prédio conhecido como “Rainha da Sucata”, que abriga o Centro de atendimento ao turista.

Muitas histórias foram escritas ali, inclusive poemas de Carlos Drummond de Andrade, que sentava nos bancos da praça para observar a vida e se inspirar!

Informações

Endereço: Praça da Liberdade, s/n, Funcionários

Praça do Papa

Essa também você já viu em fotos, hein? A Praça Israel Pinheiro, mais conhecida como Praça do Papa, está localizada no nobre bairro das Mangabeiras e tem, ao fundo, a Serra do Curral.

O local ficou famoso após a visita do Papa João Paulo II que, em resposta aos dois milhões de fiéis que foram vê-lo ali, disse:

“Vocês podem olhar as montanhas atrás e dizer belo horizonte. Vocês podem olhar a cidade à frente e dizer belo horizonte. Mas, sobretudo, quando se olhar para vocês, se deve dizer: Que Belo Horizonte!”.

Após a visita do líder católico, foi erguido o famoso monumento em formato de cruz e, assim, foi marcada a mudança de nome do lugar.

Em seus entornos estão o Parque das Mangabeiras, projetado por Burle Marx, e a Rua do Amendoim, que é famosa pela ilusão de que carros sobem a ladeira de maneira livre, sem ajuda do motor.

Parque Municipal

O Parque Municipal Américo Renné Giannetti fica no centro de BH e faz parte do espaço onde está localizado o Palácio das Artes.

Lá, também há, além de trilhas e muita área verde, o Teatro Francisco Nunes, um Orquidário e um pequeno parque de diversões, onde a principal atração são os pedalinhos!

Informações

Endereço: Avenida Afonso Pena, 1377, Centro

Horário de funcionamento: terça a domingo, incluindo feriados das 6h às 18h (com entrada permitida até às 17h45)

Programação e preços: site oficial

Parque das Mangabeiras

Esse é um dos passeios imperdíveis da cidade, já que promete uma vista incrível de toda a Belo Horizonte, além de contato com a natureza! Assim, localizado ao pé da Serra do Curral, patrimônio cultural de Belo Horizonte, o Parque das Mangabeiras foi projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx e conserva 59 nascentes do Córrego da Serra, parte da Bacia do Rio São Francisco.

Dentro do parque, não deixe de visitar o mirante e aprecie toda BH de lá! Por fim, para os amantes dos esportes radicais, desça na tirolesa, com ingressos pagos e horários que podem ser vistos aqui.

Informações

Endereço: Avenida José do Patrocínio Pontes, 580, Mangabeiras

Horário de funcionamento: terça a domingo de 8h às 17h

Jardim Japonês

O Jardim Japonês de Belo Horizonte está situado dentro da Zoobotânica e foi desenvolvido pelo paisagista japonês Haruho Ieda. Assim, no espaço há árvores típicas do Japão como o pinheiro oriental, a cerejeira, a azaleia e o bambu. Além disso, também há pontes com arquitetura asiática, lagos com carpas coloridas e cascatas artificiais. Então, vale a visita!

Informações

Endereço: Av. Otacílio Negrão de Lima, 8000, bairro Bandeirantes, Pampulha

Horário de funcionamento: terça a domingo de 8h às 17h

Programação e mais informações: site oficial

Feiras e mercados

Mercado Central de Belo Horizonte

mercado central no centro da cidade

O Mercado Central é parada obrigatória para os turistas e conta com os mais diversos tipos de alimentos, artesanato e souvenirs, além de bares e restaurantes | Foto: Flickr

O Mercado Central de Belo Horizonte é um dos locais que indicamos super! Nele há como experimentar petiscos e comidas típicas, sempre acompanhados de uma boa cerveja ou cachaça mineira.

Nele também há como comprar e degustar frutas da região, queijo e doces, além de muitas peças de artesanato. Assim, garantimos que essa será uma imersão em Minas Gerais!

Informações

Endereço: Av. Augusto de Lima, 744, Centro

Horário de funcionamento: Segunda a sábado, das 7h às 18h; domingos e feriados, das 7h às 13h.

Programação e mais informações: site oficial

Mercado Distrital do Cruzeiro

Esse é outro mercado bem conhecido em BH, onde você encontrará comida, artesanato local e ambiente agradável!

Além do comércio típico, que agrada turistas e locais, também há uma varanda gastronômica com churrascaria e opção de restaurante italiano. Assim, também vale ficar de olho nos eventos que acontecem por lá.

Informações

Endereço: Rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro

Horário de funcionamento: Segunda das 8h às 16; terça a sábado das 8h às 18h; domingo das 8h às 13h.

Programação e mais informações: página oficial

Mercado Novo

O Mercado Novo foi reformado e é o novo point da capital. Com bares e ambientes descolados, há opções para petiscar e beber cerveja artesanal e de marcas também conhecidas nacionalmente, além de um cantinho delícia para tomar café e saborear uma broa mineira.

Informações

Endereço: Av. Olegário Maciel, 742, Centro,

Horário de funcionamento: Segundas e quartas a sábados das 12h às 00h; terça e domingo 12h às 18h.

Feira Hippie de Belo Horizonte

Acordar cedo no domingo? Sim! Esse é um dos programas preferidos de quem mora na capital, além, claro, de quem visita.

A Feira Hippie é composta por centenas de barracas, na Avenida Afonso Pena, que vendem desde calçados a utensílios para a casa. Então, prepare-se para andar e, no meio das compras, dar aquela paradinha para comer pastel frito. Nada mal, hein?

Informações

Endereço: Em frente ao Parque Municipal, na Av. Afonso Pena, Centro.

Horário de funcionamento: sempre aos domingos das 8h às 14h

Mercado da Boca

mercado da boca é uma das opções gastronômicas de belo horizonte

O Mercado da Boca conta com um espaço moderno e descontraído | Foto: www.instagram.com/mercadodaboca

Inspirado nos mercados gastronômicos pelo mundo, o Mercado da Boca é um grande espaço, com mesas compartilhadas, onde há opções de cozinhas tradicional e contemporâneas, além de padaria no estilo francês.

Frequentando por pessoas de várias idades, é indicado, também, para quem tem filhos e animais de estimação, já que possui espaço kids e é pet friendly.

Informações

Endereço: Av. Toronto, 156, Jardim Canadá, Nova Lima

Horário de funcionamento: quinta, de 11h30 à 15h e 18h à 23h; sexta e sábado, de 12h à 00h; domingo, de 11h às 19h

Programação e valores: site oficial

Veja mais dicas de onde comer e beber em Belo Horizonte, uma das Cidades Criativas Gastronômicas da UNESCO. 

Bairros e regiões de Belo Horizonte

Savassi

Um dos corações da capital, a Savassi é onde está concentrado diversos bares e restaurantes que vão dos mais deslocados aos mais tradicionais. Assim, um dos endereços mais movimentados é a sua praça, onde está o Café 3 Corações e o bar Baiana do Acarajé.

Aproveite a região, também, para compras, já que lá está o shopping Pátio Savassi!

Lourdes

A região do Lourdes é uma das mais sofisticadas da cidade e onde está renomados restaurantes da atual gastronomia mineira, como é o caso do Glouton.

Pampulha

Nem precisamos dizer que a Pampulha é uma das paradas obrigatórias em Belo Horizonte. Assim, seu conjunto arquitetônico, que contamos mais acima, já vale a visita. Mas, a região também tem bons restaurantes e bares, principalmente concentrados na Avenida Fleming.

Santa Tereza

Quer botecar? Então, pare em um dos bares do bairro Santa Tereza! A maioria terá ambientes mais simples, porém com um ar delicioso, onde há como parar o tempo, degustando porções e cerveja gelada!

Santa Tereza é famoso por ter sido o berço do Clube da Esquina e, por isso, tem um bar que leva o nome do inesquecível grupo mineiro que fez história e levou Minas para todo o Brasil.

Centro de Belo Horizonte

No centro da capital, dê espaço para o Mercado Central, Café Nice (para provar um dos melhores pães de queijo da cidade) e Maletta, onde estão concentrado bares alternativos e a tradicional Cantina do Lucas.

Agora que você já sabe o que fazer em Belo Horizonte, fique de olho nas nossas promoções !

Siga as nossas redes sociais (InstagramFacebook e Twitter) e, baixe, também, o nosso aplicativo gratuito.  Assim, todos os dias, tem ofertas de passagens aéreas e pacotes de viagem pra você. Então, bora viajar?