Lugares para conhecer na Suíça: principais cidades e atrações para incluir no seu roteiro

lago de zurique

O Lago de Zurique é um dos lugares imperdíveis para conhecer na Suíça | Foto: Pixabay

Muitas pessoas têm em mente a ideia de um país frio e coberto de neve, mas não é bem assim.  Então, para te ajudar a conhecer mais sobre esse destino imperdível, separamos alguns lugares para conhecer na Suíça, com cidades e atrações que são verdadeiros paraísos. Vamos lá?

Vá direto ao assunto da sua preferência:

Principais cidades da Suíça

Durante a preparação de um roteiro pela Suíça, provavelmente você vai incluir algumas destas cidades, nas quais nos baseamos para a escolha dos pontos turísticos:

  • Zurique: o centro econômico e financeiro da Suíça
  • Genebra: onde se localiza uma das sedes da ONU e de diversas organizações internacionais
  • Berna: a capital da Suíça
  • Lucerne: uma das cidades mais lindas e visitadas do país
  • Montreux: a cidade que encantou Freddie Mercury e Charles Chaplin

#DicaPI: a Suíça está aberta para turistas brasileiros. Saiba quais são os protocolos de entrada!

Voltar ao sumário

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Zurique

A cidade de Zurique é daquelas que agrada a todos os estilos de turistas, com uma mistura perfeita entre um centro cosmopolita urbano e natureza deslumbrante. Além de ser a maior cidade suíça, é um centro gastronômico, financeiro e cultural, bem como sede de um dos principais aeroportos internacionais do país. Provavelmente, você chegará ou partirá de Zurique, portanto uma visita a essa metrópole não pode ficar de fora do seu roteiro!

Lago de Zurique

O Lago de Zurique se estende sobre o sul da cidade com uma superfície de cerca de 90 quilômetros quadrados e é considerado um dos pontos turísticos mais tradicionais da cidade. Rodeado por colinas verdes e povoados típicos suíços, o lago oferece uma paisagem lindíssima.

A melhor forma de explorar o local é com um passeio de barco, pois você percorrerá a costa de perto e poderá fazer paradas nos povoados de que mais gostar, para conhecer diversos lugares de Zurique. O passeio custa, em média, 8 francos suíços (CHF). Há passeios curtos a partir de 1h30 e outros mais longos que fazem a volta inteira pelo lago de Zurique.

  • Passeio de barco: média de 8 CHF
  • Localização: Sudoeste do Cantão de Zurique

Rua Bahnhofstrasse

Conhecida como a rua das grifes de Zurique, a Bahnhofstrasse é famosa por hospedar grandes marcas. O local é bem movimentado, tanto por locais como por turistas. Mesmo se você não tiver interesse em compras, vale a pena andar por ali e observar prédios históricos charmosos e os trams, trens de superfície, passando pela rua.

A Bahnhofstrasse faz a ligação do centro da cidade com o Lago de Zurique. Por isso, considere caminhar pela região e parar Confiserie Sprüngli – uma das confeitarias mais tradicionais da cidade.

  • Localização: Runs North-South West of Limmat River, Zurique

Old Town

Este é o centro histórico de Zurique. Durante uma caminhada pela região, é fácil perceber as origens pré-medievais da cidade. Por lá, os carros não entram, porque as ruas são mais estreitas. Por alguns momentos você vai até esquecer que está em uma cidade grande.

A principal rua da Old Town de Zurique é a Niederdorf, onde encontrará diversas opções para almoçar, tomar um café ou apenas fazer umas compras, já que concentra várias lojas. Além disso, não deixe de passar por outras ruas: Augustinergasse, Rennweg, Glockengasse,Marktgasse e Weingass

  • Localização: Niederdorfstrasse, 19, 8001, Zurique
  • Mais informações: site oficial

#DicaPI: para uma viagem nacional, considere visitar Monte Verde, apelidada de Suíça brasileira!

Igreja Grossmünster

igreja de grossmünster em zurique

A Igreja de Grossmünster é um dos principais templos de Zurique | Foto: Pixabay

Um dos elementos mais característicos deste ponto turístico de Zurique são os campanários: duas torres imponentes construídas entre 1487 e 1492 que causam um aspecto muito semelhante à Catedral de Notre Dame de Paris.

Em seu interior, os vitrais do artista Augusto Giacometti chamam a atenção. Caso queira ter uma das melhores vistas o alto de Zurique vale a pena pagar 4 CHF e subir até o topo.

  • Entrada: 4 CHF para subir ao topo
  • Localização: Grossmünsterplatz, 8001, Zurique

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Voltar ao sumário

Genebra

Sede da ONU e do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Genebra é um centro de grande importância mundial. Por essas e outras, conhecida no mundo como a Capital da Paz. Diversos órgãos importantes também têm sede em Genebra, como a Organização Mundial do Comércio.

Nas ruas da cidade, você certamente vai ouvir uma mistura de idiomas, como inglês, francês, alemão, espanhol entre as lojas caríssimas e os hotéis de luxo. Apesar da fama de cara e empresarial,  há alternativas: os bairros Les Grottes e Quartier des Pâquis são regiões com custo menor.

Palácio das Nações Unidas (ONU)

palácio das nações unidas em genebra

O Palácio das Nações Unidas é uma das atrações de Genebra | Foto: Commons Wikimedia

Sem dúvida, a instituição internacional mais famosa de Genebra. O Palácio das Nações Unidas não chama a atenção apenas pela sua importância mundial, mas também pela grandeza do seu prédio. O local é aberto para turistas que visitam a cidade suíça.

Para conhecer todo o prédio da ONU, as visitas são feitas em inglês, francês e em mais 15 idiomas. Os passeios acontecem pela manhã e tarde, sempre de segunda a sexta. Mas, atenção! As vagas são limitadas, então se deseja conhecer o local, é necessário reservar com antecedência no site oficial do Palácio das Nações Unidas.

  • Entrada: 12 CHF
  • Localização: Parque Ariana, Genebra
  • Mais informações: site oficial

#DicaPI: Nova York também sedia um prédio da ONU que você pode visitar!

Museu Internacional da Cruz Vermelha

O Museu da Cruz Vermelha fica bem em frente ao prédio da ONU, então não deixe de aproveitar o passeio e conhecer 2 dos principais pontos turísticos de Genebra. Inaugurado em 1988, o local oferece um tour por uma área de exposições, que conta a vida do fundador da Cruz Vermelha, Henri Dunant, e os trabalhos de ação humanitária da organização.

  • Entrada: 15 CHF
  • Localização: Avenue de la Paix17, 1202, Genebra
  • Mais informações: site oficial

Place du Bourg-de-Four

A praça, cuja história começou no século 9, está entre os pontos turísticos de Genebra mais populares, principalmente nos dias quentes do verão europeu. Situada na Cidade Antiga, possui restaurantes e cafés charmosos, que servem pratos da culinária suíça. Os bares instalados nos terraços dos prédios tornam o clima ainda mais convidativo, principalmente no fim de tarde.

  • Entrada: gratuita
  • Localização: Place du Bourg-de-Four, 1204, Genebra
  • Mais informações: site oficial

Muro dos Reformadores

Mais uma atração que merece ser incluída na sua lista de lugares para conhecer na Suíça, o Muro dos Reformados é um monumento que representa os pioneiros da Reforma Protestante na cidade de Genebra. No local, há estátuas gigantes de personagens que fizeram parte desse movimento, como Guilherme Farel, João Calvino, Teodoro de Beza e João Knox.

  • Entrada: gratuita
  • Localização: Prom. des Bastions 1, 1204, Genebra
  • Mais informações: site oficial

Voltar ao sumário

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Berna

Muita gente pensa que Zurique é a capital da Suíça, mas na verdade não é. A capital é Berna, uma das cidades mais pitorescas e lindas do país. Foi onde Albert Einstein morou e desenvolveu a Teoria da Relatividade.

A cidade é cortada pelo Rio Aare e oferece uma paisagem única e bucólica. Além disso, funciona muito bem como base em uma viagem pela Suíça pela sua localização e por oferecer boas conexões de trem para Zurique, Lucerne e Interlaken, por exemplo!

Bundesplatz

A Bundesplatz é a praça onde fica o Parlamento Suíço na capital do país. O prédio, construído em 1902, passou por uma reforma e remodelagem que terminou em 2008.

É possível fazer visitas guiadas pelo Parlamento Suíço, que oferece os tours gratuitos e diários em alemão e em inglês. As visitas esgotam rápido, por isso devem ser agendadas com antecedência pelo e-mail [email protected]. Mesmo que você não faça o tour guiado pelo Parlamento, compensa o passeio para tirar fotos e contornar o prédio para ter a vista que ele proporciona da cidade.

  • Entrada: gratuita
  • Localização: Bundesplatz, Berna 3000

Zytglogge

zytglogge, torre do relogio

A Torre do Relógio da capital Berna é um dos principais pontos turísticos da cidade | Foto: Commons Wikimedia

Saindo da Bundesplatz, vá até o Zytglogge, a famosa torre do relógio astronômico, um dos poucos do mundo em pleno funcionamento. Programe-se para chegar à torre em horas exatas, pois de hora em hora, há uma apresentação. O relógio ainda marca o dia do mês, símbolo do zodíaco e lua.

A Torre do Relógio é um dos principais pontos turísticos da cidade. Você pode visitá-la com um passeio que dura cerca de 50 minutos e te leva para dentro do relógio – e seus mecanismos mirabolantes. Além de tudo, você terá uma belíssima vista de Berna.

  • Entrada: 15 CHF o tour guiado
  • Localização: Bin Zytglogge 1, 3011 Bern

Catedral de Berna (Berner Münster)

A riqueza dos detalhes e ornamentos da Catedral de Berna impressiona. Além de ser o mais alto edifício religioso da Suíça, o local é a igreja medieval mais importante do país. Figura na Unesco como Patrimônio Cultural Mundial desde 1983 e é representante do gótico tardio suíço.

Essa catedral levou mais de 400 anos para ser construída e é linda tanto por dentro, quanto por fora. A parte interna da igreja é bem caprichada com direito a teto gótico decorado, esculturas de madeira no altar e vitrais para lá de coloridos.

Além do passeio na igreja, a Catedral de Berna oferece uma experiência única: a chance de subir a torre mais alta da Suíça. Ao todo, são 100 metros de altura, divididos em 344 degraus. Por lá, você vai encontrar uma vista divina do Alpes de Berna.

  • Entrada da Igreja: gratuita
    • Subida aos telhados: 5 CHF
  • Localização: Münsterplatz 1, 3000 Bern

Bear Park

Os ursos servem há muito tempo como símbolo de Berna. Existe uma lenda na capital da Suíça que o Duque Berthold V Zähringen prometeu fundar a cidade com o nome do primeiro animal que encontrasse na mata que seria derrubada para dar espaço às construções. E calhou do primeiro animal avistado por ele ser um urso (bär, em alemão). Por isso, a cidade se chama Bern (Bärn, em alemão bernense). A figura do urso está nos escudos e brasões das armas antigas e também no selo de Berna desde os seus primórdios.

Nesse sentido, foi fundado o Bear Park, um parque lindo com vista para o rio Aare totalmente focado nos animais. Desde então o local já passou por diversas reformas para deixá-lo confortável e o mais próximo do habitat dos ursos. Durante a visita, os turistas recebem placas com os nomes dos ursos e explicações sobre os gostos de cada um deles. Os ursos têm nomes bem sugestivos, como “Ursolina”, por exemplo.

É importante saber que entre meados de novembro e o começo de março, os ursos entram em suas cavernas e dormem praticamente o inverto todo. Por isso, se a sua visita acontecer nesse período, não será comum encontrá-los acordados.

  • Entrada: gratuita
  • Localização: Grosser Muristalden 6, 3006, Berna

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Voltar ao sumário

Lucerna

Rodeada por lagos e montanhas, Lucerna fica localizada na parte central do país, e é uma das cidades mais lindas e encantadoras que merecem entrar no roteiro pela Suíça.

É considerada a capital da Suíça central devido ao seu tamanho, localização e potencial econômico. Por causa da sua proximidade com Zurique, é também uma das melhores bases para uma viagem. A visita por Lucerna vai garantir uma das paisagens mais impressionantes de todo o país. Entre o lago Lucerna, que fica no centro da cidade, e os Alpes suíços que a rodeiam, difícil será escolher onde visitar primeiro.

Altstadt (Cidade Antiga)

altstadt, cidade antiga de lucerna

Durante um passeio pela Cidade Antiga de Lucerna, é possível avistar diversos – e incríveis – prédios históricos | Foto: Commons Wikimedia

O Centro Histórico de Lucerna vai garantir um passeio encantador para apreciar a arquitetura, pinturas, fontes e os edifícios históricos com seus detalhes em madeira. Todo o local pode – e deve – ser explorado a pé, já que diversas ruas são fechadas para carros.

Na caminhada, você vai ver diversas lojas do comércio local, casarões, monumentos, a antiga prefeitura da cidade e outros pontos turísticos interessantes de Lucerna. A cidade antiga é um museu a céu aberto!

  • Localização: Altstadt, Lucerna 6002
  • Mais informações: site oficial

Kapellbrücke (Ponte da Capela e Torre Octogonal)

Construída em meados do século XIV, a Kapellbrücke, ou Ponte da Capela, mantém o status de ponte coberta mais antiga da Europa. Dessa forma, a Ponte da Capela e a Torre Octogonal são 2 das maiores atrações e cartões-postais da cidade.

Durante a Idade Média, a ponte funcionou como entrada de Lucerna e através dos séculos se transformou em um dos maiores pontos turísticos da Suíça. Portanto, é um mais um item na sua lista de lugares para conhecer no país.

  • Localização: Zentralstrasse, Lucerna 6002
  • Mais informações: site oficial

Hofkirche (Igreja Hof)

Esta é uma das igrejas mais visitadas em Lucerna, com uma construção impactante do lado de fora e muito rica em seu interior. A Igreja Hof é cheia de obras de arte sacra, além de ser considerada por muitos a igreja renascentista mais importante em solo suíço. Suas torres são do ano de 1525, mas o restante teve de ser reconstruído durante a Guerra dos 30 Anos, no século 17.

  • Entrada: gratuita
  • Localização: Leodegar-Strasse 6, Lucerna 6006

Passeio pelos Alpes Suíços

Conhecer os Alpes suíços é, de fato, um sonho. A extensa área montanhosa da Suíça, com muita neve no inverno, é um dos lugares mais buscados pelos turistas. E por estar situada na Suíça central, Lucerna torna-se uma excelente base para explorar outras regiões e fazer esse passeio, que dura, aproximadamente, 9 horas.

Voltar ao sumário

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Montreux

Localizada na parte francesa banhada pelo Lago Genebra e muito conhecida como destino de férias, Montreux é considerada a cidade da música na Suíça. O título não é à toa, afinal o município recebe anualmente o famoso Montreux Jazz Festival, o segundo maior festival desse estilo no mundo, através apenas do Canada’s Montreal Internacional. Os atrativos turísticos são muitos. Inclusive, estátuas de Fred Mercury e do ator Charles Chaplin podem ser encontradas nas margens do lago Leman.

Château de Chillon

château de chillon em montreux

Localizado na cidade de Montreux, o Château de Chillon é um dos mais belos castelos da Suíça | Foto: Pixabay

O famoso castelo do século 13 é o edifício histórico mais visitado na Suíça e, sem dúvida, um dos mais charmosos do país. É fácil de entender os motivos para isso: a arquitetura medieval bem preservada e sua localização nas margens do Lago Genebra em frente aos Alpes franceses tornam o local ainda mais especial. Pela região privilegiada, o Château de Chillon foi usado por centenas de anos como um forte para controlar a passagem das embarcações no Lago Genebra.

  • Entrada: 13,50 CHF
  • Localização: Avenue de Chillon, 21, Montreux
  • Mais informações: site oficial

Lago Genebra

Embora a maior parte da sua costa sul esteja em território francês, o Lago Genebra é o maior da Suíça. Cercado pelos alpes, quase todos os pontos ao longo da costa oferecem um cenário deslumbrante. Ao longo de aproximadamente 7 km, é possível apreciar a paisagem emoldurada pelos Alpes. Não é necessário nem dizer que um passeio de barco pela região do Lago Genebra, ou Leman, como também é conhecido, merece ser incluído no roteiro, né?! Vale e muito a pena!

  • Localização: divide fronteira entre a França (sul do lago) e Suíça (norte do lago)

Lavaux

Parada obrigatória para os turistas amantes de vinho! Lavaux, situada entre Montreux e Lausanne é a maior região produtora de vinho da Suíça. Ao todo, são 830 hectares de vinhedos em terraços que se estendem ao longo de 30 km sobre o Lago Genebra, com uma incrível paisagem e visão panorâmica da área. O local é Patrimônio Cultural da Unesco desde 2007.

  • Localização: Route de Vevey 51, Montreux
  • Mais informações e valores: site oficial

#DicaPI: sabia que a ilha de Santorini, na Grécia, também produz vinhos?

Montreux Casino e Museu Queen Experience

O Casino Barrière Montreux é dedicado ao entretenimento dos moradores e turistas, com caça-níqueis, mesas de jogos, jogos eletrônicos, pôquer e mais. Foi palco do Festival de Jazz de Montreux e acabou sendo reconstruído após um incêndio de 1971, memorizado na música do Deep Purple, “Smoke on the Water”.

Dentro do local se localiza o famoso museu Queen Experience. A sala de controle e o equipamento de som utilizados para a gravação dos álbuns do Queen continuam praticamente intactos, e os visitantes podem fazer um remix de suas músicas favoritas da banda!

  • Entrada: gratuita
  • Localização: Rue du Théâtre 9, 1820, Montreux
  • Mais informações: site oficial

Esperamos que esta lista de lugares para conhecer na Suíça ajuda você a organizar o roteiro da sua próxima viagem por esse país encantador!

Encontre passagens aéreas promocionais para a Suíça

Voltar ao sumário