Home > Dicas de viagem > Cenários de filmes: destinos ao redor do mundo para uma viagem

Cenários de filmes: destinos ao redor do mundo para uma viagem

Existem diversos cenários de filmes que nos inspiram a viajar e são capazes de despertar nosso interesse em conhecer realidades, literalmente, paralelas. Assim, os filmes e as séries nos transportam para um outro mundo que, também, são grandes palcos para destinos turísticos.

Sabe quando você está assistindo a um filme ou série e pensa “gostaria de estar lá” ou “olha, conheço esse lugar”? Pois então, é bem possível e muito divertido viver isso! O set de filmagem, além de ambientes ao ar livre, como ruas, praças e prédios da vida real permanecem ali, disponíveis para quem quiser conhecer.

Então, se você está procurando inspiração para sua próxima viagem, o cinema pode ser uma ótima fonte. Portanto, alguns desses locais, inclusive, ficaram ainda mais cobiçados depois que se tornaram locações de alguns longas-metragens.

Um dos maiores exemplos disso é a Nova Zelândia ter crescido também com intermédio da sétima arte. Assim, depois da trilogia “O Senhor dos Anéis”, o país ficou ainda mais cobiçado entre os turistas do mundo todo.

Então, bora? Preparamos uma lista com alguns locais que se tornaram cenários de filmes bem famosos.

Por fim, para facilitar a sua busca, navegue pelo menu abaixo!

Harry Potter, Londres

Provavelmente todo mundo se lembra da saga do bruxinho Harry Potter e seus amigos por Hogwarts. Pois é, difícil esquecer, né?! Assim, a história marcou a adolescência de muitos, e foi considerada a fábula mais querida da literatura e dos cinemas, com cenários de filmes incríveis, de deixar qualquer um de boca aberta.

Por acaso, você já pensou em fazer um passeio para relembrar as cenas e seus personagens favoritos?  Esse lugar existe e se chama Warner Bros Studio Tour London. Em Leavesden, a 20 minutos de trem do centro de Londres, na Inglaterra, assim, o tour recebeu o nome de “The Making of Harry Potter” e, tem como objetivo, “enfeitiçar” os visitantes.

A magia começa pelo corredor, com um cenário que te faz sentir parte do filme. Dessa forma, o Beco Diagonal e a loja que vendia corujas permitem viajar dentro do espaço, por sua montagem tão idêntica. Assim, os figurinos originais e as perucas usadas nos filmes estão espalhadas por todo o estúdio.

Além disso, um dos itens que marcam a visitação é a maquete do castelo de Hogwarts, que foi utilizada para gravar as cenas exteriores de todos os filmes da série.

maquete do castelo de Hogwarts cenários de filmes

A maquete do Castelo de Hogwarts chama a atenção dos visitantes na Warner Bros Studio Tour | Foto: Passagens Imperdíveis

Uma dica amiga: é necessário comprar antecipadamente seu ingresso para garantir o tour pelos estúdios. Assim, não é possível comprar na hora, pois se esgotam muito rápido. Então, acesse o  para garantir o seu.

De segunda a sexta-feira, o estúdio abre às 9h20 e nos finais de semana, às 8h15. Assim, os passeios estão disponíveis a cada hora, das 9h às 19h. Mas, atenção; os horários são fluidos e variam ao longo do ano. Então, é necessário verificar antes de visitar.

Locações

A Estação King’s Cross Station, em Londres, foi muito usada durante as filmagens quando se tratava do Expresso Hogwarts. Portanto, depois do sucesso dos filmes, foi criada uma área especial para o bruxinho na estação, onde é possível ver um carrinho desaparecendo, em uma espécie de realidade mágica.

plataforma 9 ¾ em londres cenários de filmes

A Plataforma 9 ¾ na Estação King’s Cross Station é considerada ponto turístico em Londres | Foto: Passagens Imperdíveis

O local está aberto a visitação todos os dias durante o horário de funcionamento da loja oficial. Assim, para ajudar a entrar no clima, você vai encontrar acessórios divertidos, de óculos de Harry Potter a cachecóis da Grifinória.

Para chegar a essa parte, é preciso sair do Underground e ir para a estação de trem, de onde há saídas para outras cidades. A entrada fica ao lado da St. Pancras Station, outro ponto turístico que aparece nos filmes. Para quem não se lembra dela na história, está na cena em que Rony e o Harry roubam o carro para chegar a Hogwarts.

Os pontos turísticos de Londres que fazem parte da saga adolescente são muitos. Assim, o famoso cartão-postal, o Piccadilly Circus, é mais um dos cenários, dessa vez do Harry Potter e as Relíquias da Morte I. Ali, Harry e Hermione fogem para um “café trouxa” pouco antes de serem atacados por Comensais da Morte.

Por fim, o passeio dos fãs pelo local pode incluir uma visita ao Memorial Shaftesbury, à Estátua de Eros, além de pausa para muitas fotos com os famosos letreiros luminosos ao fundo.

#DicaPI: Saiba horários, preços e mais informações sobre os estúdios do filme Harry Potter neste conteúdo.

Cartas para Julieta e Sob o Sol da Toscana, Itália

A Itália é, sem dúvida, um dos destinos  mais charmosos e encantadores do mundo. Tantas belezas resultaram, assim, em cenários de filmes perfeitos, como os inesquecíveis Cartas para Julieta Sob o Sol da Toscana. 

Os filmes, inclusive, retrataram muito bem o charme das pequenas vilas espalhadas pelo interior da Toscana e a beleza dos canais da cidade de Veneza.

Cartas para Julieta

Quem resiste a uma história romântica? E quando a narrativa se passa na Itália, com paisagens de tirar o fôlego, e ainda faz referência a um dos contos de amor mais conhecidos de todos os tempos? Fica impossível resistir. Assim, o filme Cartas para Julieta mostra alguns cenários de filmes que são memoráveis.

As primeiras cenas mostram a Ponte Pietra, o Castello Vecchio e o Anfiteatro Arena, todos pontos turísticos muito visitados.

casa da julieta na itália cenários de filmes

No filme, a Casa de Julieta é o local onde as pessoas deixam bilhetes e cartas pedindo a ajuda de Julieta para solucionar seus problemas amorosos | Foto: Pixabay

A Casa da Julieta, um dos principais cenários retratados no filme, é o local onde as pessoas deixam bilhetes e cartas pedindo a ajuda de Julieta para solucionar seus problemas amorosos. Sophie encontra a carta escrita em 1957 por Claire Wyman e resolve respondê-la. A partir daí, começa o mote para o desenrolar da trama que, conforme já sabemos, é recheada daqueles clichês de filmes românticos que amamos.

O local foi construído no século 18. Assim, os muros e a entrada da casa têm milhares desses bilhetes, como é mostrado. Aberto para visitação, durante o ano todo, é possível passear por lá. Portanto, simplesmente imperdível!

Por lá, é possível encontrar também a representação da sacada onde Julieta estava quando Romeu se declarou para ela.

O espaço está aberto às segundas, entre 13h30 e 19h30, e de terça a domingo, de 8h30 às 19h30, sendo a última entrada às 18h45. A entrada custa 6 euros. Por fim, localize mais informações sobre a Casa de Julieta no site.

Sob o Sol da Toscana

A Toscana é um desses lugares que podem fazer você querer trocar a posição de turista pela de morador. Sua beleza natural faz dela uma região perfeita para uma fuga romântica, e, foi por tantos encantos, que a cidade teve o cenário escolhido para o filme Sob o Sol da Toscana.

por do sol da toscana cenários de filmes

A cidade da Toscana foi o cenário perfeito para o filme Sob o Sol da Toscana | Foto: Passagens Imperdíveis

Boa parte das gravações foi feita na Villa Laura, em Cortona, em um casarão real que fica a seis minutos do centro da cidade, e serviu de locação para as cenas da protagonista em sua nova moradia. Assim, a propriedade do século 17, passou por uma restauração antes das filmagens.

Pelo vilarejo de Cortona os fãs da narrativa vão se divertir reconhecendo os cenários do longa, como é o caso da Piazza della Repubblica. É ali que acontece o mercado – uma avenida de restaurantes, boutiques, lojas e becos -, onde também Frances escreveu um cartão postal para outro viajante (quem lembra?) e, por fim, onde o coro de crianças se apresentou no Natal!

La Casa de Papel, Espanha

A premiada série espanhola La Casa de Papel é uma das mais populares da Netflix, tanto que se tornou a de língua não inglesa mais assistida da plataforma. No Brasil, a produção é um verdadeiro fenômeno cultural, inspirando fantasias, músicas e muito mais.

A história narra um roubo meticuloso e planejado na Fábrica Nacional de Moedas e Selos em Madri, na Espanha. Assim, oito habilidosos ladrões se trancam na “Casa de Papel” para realizar o maior roubo da história e levar com eles mais de 2 bilhões de euros.

Mas, para isso, a gangue vai passar por muitas emoções, e vai precisar lidar com dezenas de pessoas que foram feitas de reféns, além dos agentes da força de elite da polícia que farão de tudo para impedi-los.

Cenários

Porém, poucos sabem, as filmagens não ocorreram ali. O motivo? A rua onde se localiza a Fábrica de Moedas é muito estreita, impossibilitando as filmagens. Então, os diretores buscaram um local similar à fábrica e mais acessível.

edifício central em madri

O Conselho Superior de Investigações Científicas em Madri, teve o prédio usado como fachada da Casa da Moeda na série | Foto: Wikipedia

Durante a primeira e segunda temporadas, a fachada da Fábrica de Moedas foi gravada no exterior do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), que autorizou a locação nos fins de semana.

Apenas os exteriores foram registrados no CSIC, exceto a cena em que os personagens subiram no terraço da Fábrica de Moedas. A sequência foi rodada no teto da Escola de Engenheiros Aeronáuticos de Madri.

Turismo nos cenários de filmes

Mas, mesmo que as cenas não tenham sido gravadas por lá, a Casa da Moeda em Madri, que fica em um prédio que também é museu – considerado um dos mais importantes do mundo, possui ricas coleções e instalações e vale a visita.

Elas contam a história do dinheiro desde a sua origem, enquanto são exibidas as diferentes formas de produção ao longo do tempo. Certamente é um passeio muito interessante, para todas as idades!

O museu está aberto de terça a sexta-feira, das 10h às 17h30, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 14h. Para mais informações e detalhes, acesse o site local.

Já a terceira temporada, lançada neste ano, contou com uma grande variedade de locações, já que os protagonistas fugiram para lugares diferentes no mundo. Rio e Tóquio, por exemplo, apareceram em uma ilha paradisíaca. O lugar se localiza no arquipélago de pequenas ilhas de Kuna Yala, na costa caribenha do Panamá.

Dentre os locais, também vão aparecer Tailândia, Reino Unido e Itália, além de várias cidades da Espanha, é claro. A Plaza del Callo, considerada o centro da cultura, da moda e do cinema, em Madri, também foi palco para algumas cenas.

Senhor dos Anéis, Condado, Nova Zelândia

A Nova Zelândia e seus cenários de filmes estonteantes cativaram os fãs de cinema com o sucesso da trilogia O Senhor dos Anéis. As paisagens da Terra Média ganharam vida, inclusive, depois que apareceram nos filmes, entre 2001 e 2003.

Mais de 150 locais reais do país foram usados, das verdes colinas de Matamata na Ilha Norte para Hobbiton aos irregulares picos de montanha cobertos de neve de Queenstown, The Remarkables, apresentados como Dimrill Dale.

vila dos hobbits na nova zelândia

A vila dos Hobbits foi cenário do filme O Senhor dos Anéis | Foto: Passagens Imperdíveis

Os arredores da cidade de Matamata, a 160 km de Auckland, serviram para retratar o Condado e a vila dos hobbits. O cenário construído ali foi preservado e hoje é uma atração permanente e bem popular. Existem passeios diários para o “Hobbiton Movie Set”.

Já em Wellington, capital da Nova Zelândia, o bosque em torno do Mount Victoria foi usado como as florestas em torno do Condado. Próximo da cidade, em Upper Hutt, o Rio Hutt representou o Rio Anduin. Já o Kaitoke Regional Park apareceu nas telonas como Valfenda.

A floresta de Waitarere foi usada para algumas cenas de Osgiliath. As formações rochosas de Putangirua Pinnacles, no Parque Florestal Aorangi, representaram a Senda dos Mortos.

As locações foram muitas. Então, se quer saber onde ficam os outros espaços utilizados na gravação de “O Senhor dos Anéis”, esse site do governo do país tem uma lista.

Se você for mesmo fã, e quiser seguir a trilha de todas as centenas de lugares da Terra Média que estão perdidos na Nova Zelândia, basta comprar um tour numa das várias agências que oferecem o serviço.

Mamma Mia!, Grécia

O filme conseguiu reunir o icônico grupo Abba, a atriz Meryl Streep e a Grécia!. Como resistir? Prova disso foram os milhões de bilheteria mundo afora. Sim, parte do sucesso da primeira edição foram as belíssimas paisagens. E tudo real, nada de estúdios!

É bem possível que quem assistir ao filme fique sonhando em visitar as locações. A cena da chegada dos três pais, por exemplo, foi gravada em Skiathos. O local, na verdade, é o que tem mais cenas durante o primeiro filme. A ilha é pequena, mas oferece muitos pontos para se visitar, como a praia de Koukounaries, ruínas arqueológicas e muitos mosteiros.

a ilha de skopelos ficou famosa após se tornar um dos cenários de filmes na Grécia

A Ilha de Skopelos tornou-se famosa em todo o mundo após o filme Mamma Mia! | Foto: Pixabay

Já a Ilha de Skopelos ficou internacionalmente famosa após o filme. Com um ar de tranquilidade, é super charmosa e arborizada, com praias lindas e de fácil acesso – o mar às vezes é azul, em outras, de cor esmeralda – e conta com uma ótima estrutura.

A performance de Does you mother know, também do primeiro filme, foi gravada na praia de Kastani Bay. Outra parte memorável é a encenação da Villa Donna, na praia Glisteria, onde a protagonista e a mãe moravam.

Friends e o Diabo Veste Prada, Nova York

Sabe aqueles destinos que são verdadeiramente cenários de filmes? Nova York é a viagem perfeita para isso. E para quem gosta de acompanhar séries ou películas, comprar uma passagem para visitar a cidade mais populosa dos Estados Unidos é uma tentação difícil de resistir.

A lista de produções que já passaram pela cidade é enorme, dentre elas Friends, um dos seriados de maior sucesso da televisão, e o Diabo Veste Prada. Cada quarteirão e esquina foram cenários importantes e guardam histórias de bastidores.

Friends

A turma favorita da TV passava muito tempo entre os apartamentos e o café Central Perk. A série baseava-se na vida pessoal e profissional de seis amigos que moravam no bairro Greenwich Village. Aliás, não é difícil avistar o prédio em que Monica, Rachel, Chandler e Joey moravam.

O apartamento de Friends em Nova York ainda é muito buscado pelos turistas, ao chegar na cidade. O prédio fica em uma esquina na Bedford Street, número 90, em Greenwich Village, ou simplesmente Village.

Apartamento dos Friends Nova York

O Apartamento dos Friends ainda é muito procurado pelos turistas em Nova York | Foto: Flickr

Para chegar ali de transporte público, é só pegar a linha 1 do metrô e descer na estação Christopher Street, pertinho do Stonewall Inn. Depois, é só caminhar pela Grove Street em direção ao Hudson River. São apenas dois quarteirões antes de passar pelo prédio de Friends.

Uma curiosidade: o Central Perk, na verdade se chama The Little Owl, e lá você encontrará uma culinária mediterrânea junto a um ambiente descontraído. Ou seja, algo imperdível que deve estar na sua lista na linha do tempo de Friends, já que esse é o lugar onde grandes momentos aconteceram.

#DicaPI: O bairro Greenwich Village é uma das melhores regiões para se hospedar em Nova York.

O Diabo Veste Prada

O Diabo Veste Prada conta com uma história cheia de cenários de filmes que dão vontade de viajar. A narrativa retrata a vida de uma jornalista recém-formada correndo atrás do emprego dos sonhos.

A trama, inclusive, ocorre no centro do mundo: a majestosa Big Apple. Isso mesmo! Nova York, com alguns dos seus pontos turísticos e restaurantes, aparecem com bastante evidência.

As cenas da personagem de Andrea Sachs se atrapalhando toda para buscar um café para a sua temida chefe Miranda Priestly, nas vizinhanças da Runway, revista em que trabalhava, foram gravadas, na verdade, no complexo comercial Rockefeller Center.

rockefeller center em nova york

A Rockefeller Center foi um dos cenários utilizados no filme O Diabo Veste Prada | Foto: Passagens Imperdíveis

O prédio que abriga a Revista Runway, parte da trama, se chama na realidade McGraw-Hill Building. Dentre os cenários de filmes em Nova York, esse é um dos que são parada obrigatória.

A Times Square, repleta de prédios e placas luminosas, é o lugar mais visitado em Manhattan. O local foi utilizado em uma cena na qual Andy, durante um jantar com seu pai, recebe uma ligação de sua chefe. Ela quer alguma maneira de voar de Miami para Nova York ainda naquela noite, mesmo com um furacão.

Comer, Rezar, Amar, Roma/Índia/Bali

O famoso filme Comer, Rezar, Amar, estrelado por Julia Roberts no ano de 2010, ainda é motivo de inspiração para quem deseja fazer as malas e botar o pé na estrada. Baseado em um livro com o mesmo nome, a história fala de Elizabeth Gilbert explorando a Itália, a Índia e a Ilha de Bali para mudar de vida.

Cenários escolhidos

A primeira parada foi em Roma, a capital da Itália, onde a personagem mora por um período e divide seu tempo aprendendo italiano, sobre a cultura local e passeando pelas ruelas do Centro Histórico. A Piazza Navona, uma das mais famosas, é um dos locais escolhidos como cenário. Na praça, há a Igreja Sant’Agnese in Agone, na frente de onde Elizabeth aparece tomando um sorvete.

piazza navona em roma

A Piazza Navona foi um dos lugares escolhidos para o filme Comer, Rezar, Amar | Foto: Passagens Imperdíveis

De lá, vale a pena chegar ao Pantheon para conhecer toda a sua beleza. É ali perto o bar em que ela aparece tomando um cappuccino no filme, aquela cena engraçada com sua amiga gringa.

Já na Índia, ela passa alguns meses no Ashram Hari Mandir, um local no meio da natureza, destinado especialmente a reunir pessoas em busca de evolução espiritual. Por lá aprende sobre meditação tântrica, yoga e o caminho da devoção. Em meio a belos cenários, faz uma bonita representação de uma Índia religiosa.

Em Bali, alguns locais que serviram como locação, merecem, sim, a visita, seja você fã do filme ou não. O Ubud, uma cidade no meio da Ilha de Bali, é um dos cenários de filmes que dá vontade de conhecer. Localizada entre os arrozais e os morros da província de Gianyar, por muitos anos tem sido o centro cultural.

No mercado local, é possível comprar roupas tradicionais, bolsas de palha, souvenirs, esculturas e pinturas. O lugar foi muito utilizado durante as filmagens.

Chaves, Acapulco

Chaves é, sem dúvidas, um seriado que marcou gerações. Até hoje, décadas depois, os episódios continuam a ser transmitidos na televisão aberta. Afinal, é impossível esquecer toda a turma da Vila.

Uma das cenas mais marcantes da série é o “Vamos todos a Acapulco”! Ela foi dividida em três partes e gravada na praia de Acapulco, no México. Na série e na vida real, os atores se hospedaram em um hotel que se chama, atualmente, Empório.

Se você sonha em conhecer a cidade por conta do Chaves, vai adorar conhecer o hotel. Muita coisa mudou mas, a piscina com uma ilha no meio e a porta giratória da entrada continuam iguais. Então, se você assistiu e é fã, vai ser uma experiência inesquecível!

Se Beber, Não Case!, Las Vegas

“O que acontece em Vegas, fica em Vegas”. Falar na cidade estadunidense de Las Vegas é lembrar dos inúmeros cassinos e dos cenários do famoso Se Beber, Não Case!.

O primeiro filme da trilogia reúne quatro amigos para uma despedida de solteiro na “cidade do pecado”. E, provavelmente, você se lembra do resultado após uma noite de bebedeira: um bebê desconhecido no quarto, um tigre no banheiro, uma viatura policial no estacionamento do hotel e o noivo desaparecido. Além, claro, de uma ressaca surreal.

las vegas é cenário para o filme se beber, não case

A cidade de Las Vegas, que se impressiona com as suas luzes e cores , foi o cenário escolhido para o filme Se Beber, Não Case | Foto: Passagens Imperdíveis

As cenas dos elevadores, da piscina e do lobby foram gravadas no Caesars Palace, um dos hotéis mais tradicionais. Situado na The Strip, principal avenida de Vegas por onde viajou o Mercedes-Benz – que viria a desaparecer – do sogro de Doug, o noivo. O terceiro filme da série também registrou cenas nesses locais.

O Golden Nugget, o Bellagio, o Circus Circus e o Aria Resort & Cassino são alguns dos cenários que foram retratados nas filmagens.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, Paris

Paris é um dos destinos mais procurados por turistas do mundo todo e a cidade perfeita para vários cenários de filmes. O queridinho O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, como o próprio nome diz, conta a história de Amélie, e se passa em Montmartre, um bairro boêmio parisiense.

As locações para as gravações foram as mais diversas. Quem assistiu ao filme certamente se lembra de que Nino trabalhava no Palace Video. Esse lugar de fato existe, com a exceção de que o nome real é Toys Palace.

O Café des Deux Moulins foi mais um cenário escolhido. Para chegar lá não é difícil: basta continuar na Boulevard de Clichy (próximo ao Toys Palace) até chegar à Rue Lepic, onde você vai encontrar o famoso Moulin Rouge. Atravesse a rua e continue subindo até chegar ao número 15, onde fica o café. Era nesse charmoso local que Amélie trabalhava como garçonete.

basílica de sacré coeur no bairro montmartre

Basílica de Sacré Coeur no bairro parisiense Montmartre | Foto: Passagens Imperdíveis

A Basílica de Sacré Coeur é o ícone do bairro de Montmartre. Em português, Basílica do Sagrado Coração, fica no ponto mais alto de Paris e é o local onde Amélie deixa pistas para que Nino possa registrar seu álbum de fotografias. É lá também que os dois passam de motocicleta no final do filme.

Ficou animado para fazer uma viagem por esses destinos que são verdadeiros cenários de filmes? “É como nos filmes!” e é mesmo! Todos esses lugares remetem a uma lembrança especial do que já assistimos como plateia. E, com certeza, ao conhecer, você vai achar ainda mais especial.

Então, já sabe: comece a planejar a sua viagem e defina em quais desses ambientes você deseja ser mais que um espectador!

Passagem aérea em promoção, para viajar e conhecer os mais belos cenários de filmes, é aqui!

Siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebook e Twitter) e fique de olho nas nossas ofertas! Você também pode baixar o nosso aplicativo, que é gratuito, e te notifica em tempo real. Bora viajar!