São Paulo: roteiro de um dia pelo Centro

27-04-17 às 12:40 pm 1 comentário

Por Talita Ribeiro | Não é preciso estar de passagem por São Paulo para aproveitar esse roteiro. Se você mora na cidade, pode tirar um dia para turistar por ela, vivendo o melhor da capital paulista: sua diversidade.

Em um mesmo dia você pode viajar pelo Peru, Portugal, Japão… E o melhor: boa parte dos programas listados são gratuitos e dá para fazer a pé ou apenas usando o metrô! Bom passeio! 🙂

Começando pelo início…

Visitar o centro pode ser uma viagem pela nossa história também. Você pode, por exemplo, começar o dia tomando um café da manhã caprichado no Patteo do Collegio, mais especificamente nos jardins do Museu Anchieta.

Lá você pode experimentar cafés paulistas, que impulsionaram e muito a economia, e também um pãozinho inspirado nos relatos do primeiro padre da cidade, José de Anchieta, sobre a alimentação dos jesuítas que para cá vieram.

Você pode seguir depois para o Solar da Marquesa, onde hoje fica o Museu da Cidade de São Paulo, sempre com exposições lindas de fotografia e entrada gratuita. A arquitetura do predinho do século 18 já vale a visita.

fachada_solar_da_marquesa

Seguindo para a Praça da Sé, onde está o Marco Zero – ou seja, “o centro do centro” -, a sua esquerda estará a Caixa Cultural, um espaço com exposições de arte e espetáculos muito legais também, com destaque especial para a seleção de fotos, sempre maravilhosa. A entrada é free e há um vitral com seis metros de altura, retratando as riquezas de São Paulo

Na Praça da Sé está também a Catedral Metropolitana de São Paulo, cenário de diversos momentos históricos do país, que tem muitos elementos góticos em sua estrutura, além de vitrais coloridos.

praça_da_se_sp

Peru ou Japão?

 

bairro_liberdade_sao_paulo

Nesse momento, possivelmente, você já estará com fome, por isso sugerimos duas opções: seguir para o bairro da Liberdade – dá para ir andando -, ou pegar um metrô até a estação República (também dá para chegar lá caminhando, mas demora um pouquinho mais).

Na Liberdade, onde vivem majoritariamente descendentes de japoneses, você pode experimentar o melhor da culinária oriental. E não é preciso desembolsar muito dinheiro para isso, já que há bons restaurantes por quilo, como o Nandemoyá, onde dá para colocar em um mesmo prato sushis, sashimis e churrasquinho.

Recomendo que você deixe apenas um espacinho para a sobremesa, já que ali pertinho está o Espaço Kazu, onde há uma bela loja de chás com doces maravilhosos, inspirados na patisserie francesa, mas adaptados ao paladar japonês.

Outra opção gastronômica, também com base em peixes e frutos do mar, mas com ótimas opções de pratos com carne de boi, é o restaurante Rinconcito Peruano, fruto de uma recente onda de imigração dos nossos vizinhos sulamericanos.

Ele fica em uma área menos turística do Centro, por isso, recomendo que você vá apenas de dia e fique um pouco mais atento ao andar pelas ruas para chegar até ele, que está perto do metrô República. Eu AMO os ceviches que servem nesse restaurante, assim como o alcoolico suspiro limeño na sobremesa.

Perto do Rinconcito há também restaurantes abertos por imigrantes africanos, que eu ainda não tive o prazer de visitar, mas que estão sendo muito elogiados, como o Biyou’Z.

Mais riquezas

 

centro_cultural_brasil_sao_paulo

Voltando ao nosso roteiro, você pode visitar o Centro Cultural do Banco do Brasil, que recebe exposições, peças teatrais, shows… E tem uma arquitetura deslumbrante! Ah! E uma das salas abertas ao público é o cofre desativado do banco. Você não paga para entrar, porém, é necessário comprar o ticket de algumas atrações, mas sempre por preços populares.

Ali pertinho está a BOVESPA e a BMF, que oferece tours gratuitos para quem quer ver e entender como funciona a Bolsa de Valores de São Paulo. Grupos a partir de 20 pessoas podem agendar previamente a visita, já grupos menores devem ir diretamente ao prédio na rua 15 de Novembro, das 9h às 17h, para saber se há vagas.

No dia que nós visitamos o centro, o acesso a cobertura do Edifício Martinelli, primeiro arranha-céu da cidade, estava suspenso por tempo indeterminado, mas como essa é uma atração muito legal, vale a pena conferir no site se eles já reabriram.

Você também pode ver a cidade do alto no edifício Itália, onde há o famoso e caríssimo restaurante do Terraço Itália. Mas não é necessário desembolsar uma fortuna para aproveitar a vista dele, há um charmoso bar, onde você pode apenas tomar um drink, ou então subir ao local durante o dia, de forma gratuita – mas confirme antes o horário disponível para visitação!

Docinhos de Portugal ou dos monges

Ao lado do edifício Martinelli há a Casa Mathilde, que já se tornou um clássico de São Paulo, com seus maravilhosos pastéis de nata – aqueles mesmos servidos em Belém/Lisboa! -, e outros doces portugueses.

Ali pertinho está o belo Mosteiro de São Bento, que também conta com uma produção refinada de pães e doces, vendidos em sua lojinha, do lado esquerdo da entrada da igreja. Faça um favor a si mesmo e experimente o pão de mel recheado com geléia de damasco, é dos deuses! Ou santos! Ou seja lá o que você acredita 😉

Outros locais

Nós não visitamos alguns lugares marcantes do centro de São Paulo, mas que você pode incluir em seu roteiro também, são eles: Theatro Municipal, Praça das Artes, Mercado Municipal e Biblioteca Mário de Andrade.

Para comer, recomendamos também: sanduíche de pernil do Estadão, A Casa do Porco Bar, Bar da Dona Onça e empadas da Casa Godinho.

Se você quiser se hospedar perto de todas essas atrações, pode alugar um apê no Copan, um dos prédios mais famosos de São Paulo, projetado por Oscar Niemeyer. Para saber mais sobre essa opção, clique aqui.

Acompanhe nossas viagens em tempo real!

Nós compartilhamos esse roteiro de São Paulo no Stories do nosso Instagram, onde você pode acompanhar nossas viagens, interagir com os viajantes, compartilhando dicas e dúvidas. Aproveite! 🙂

Tags: , , , , , , , , , ,

  • Kevin

    Muito bom, pena que esses lugares do centro são cheios de mendigos e parece abandonado. Felizmente agora com Joao Doria prefeito e o programa Cidade Linda, a cidade está melhorando.

Copyright © 2014 - 2017 Passagens Imperdíveis. Todos os direitos reservados.