Home > Dicas de viagem > Visto para o Japão: passo a passo para tirar o seu!

Visto para o Japão: passo a passo para tirar o seu!

O assunto da vez é muito pedido por vocês: visto para o Japão – foco em turismo, como obter?

Por isso, se o seu sonho é conhecer o país ou até já está de passagens compradas, esse texto irá te auxiliar durante todo o processo.

Para ir direto à sua dúvida, clique no menu abaixo. Caso contrário, relaxe e siga o passo a passo.

Visto para o Japão: guia completo

Quando falamos em tirar visto para qualquer país – aqui com foco em turismo, a espinha até esquenta, já que logo associamos a um processo infinitamente burocrático.

A boa notícia é que o visto japonês é bem simples de solicitar, e não exige entrevista (como no caso do visto americano), já que será necessário apenas seguir uma lista de documentos a apresentar e levar os mesmos ao Consulado Japonês da sua região.

O primeiro passo é saber em qual Consulado Japonês você precisará comparecer, levando em consideração o seu endereço de residência. Para isso, clique aqui, vá até o fim da página e veja as informações.

Para quem mora em um estado onde não há o Consulado e precisa viajar para que o processo seja iniciado, outra boa notícia! O Centro de Visto Japonês (CVJ) está autorizado a receber os documentos de solicitação via Correios.

Importante: acesse o site e veja se a sua região está incluída nessa facilidade.

Por lá, você também poderá fazer a solicitação de forma presencial. Porém, apenas para pedidos feitos no CVJ, há a cobrança de uma taxa de R$ 179,00 no ato, referente ao serviço (além do valor do visto, que vamos falar mais à frente).

Então, veja o que é melhor para você, já que nos Consulados você irá pagar apenas o valor do visto.

“Mas, PI, qual a diferença entre ir ao Consulado Japonês e ir ao Centro de Visto Japonês?”. Bom, segundo relatos, já que o CVJ é voltado apenas para a solicitação de vistos, você será atendido mais rapidamente, além de conseguir fazer o pedido via Correios.

Entenda as opções de visto de turista para o Japão

Mais abaixo, vamos falar sobre os valores dos vistos para o Japão. Mas, antes, é importante que você entenda os tipos ofertados:

  • Visto de uma entrada – quando você, durante a sua viagem, irá fazer uma única entrada no país.
  • Visto de dupla entrada – quando você, durante a estadia, irá entrar por até 2 vezes no país.
  • Visto de múltiplas entradas – quando você, durante a sua viagem, irá fazer mais entradas no país.

Quer um exemplo? Digamos que você permaneça por 2 meses na Ásia e fique no Japão por 10 dias, vá para Singapura e volte ao Japão por mais uns dias. Depois, você decide conhecer a Tailândia e retorna ao Japão para o embarque ao Brasil. Então, o seu visto será de múltiplas entradas.

Se programe para solicitar o visto japonês

Vamos dizer que você comprou a sua passagem com 6 meses de antecedência e já quer dar entrada no seu visto para o Japão. Isso pode?

A resposta é não. Isso porque a solicitação só pode ser feita em, no mínimo, 3 meses antes do embarque, já que, após a aprovação do documento, o país te dá até 90 dias para registrar a entrada.

Outra observação sobre esse tema é: no seu visto, haverá exatamente o período em que você permanecerá no Japão, como mostra a simulação que fizemos – role a página para ver a imagem. Então, se você irá ficar no destino por 20 dias, o período estará indicado na data de início e também na de expiração.

A permanência máxima no Japão, para vistos de turista, poderá ser de até 90 dias.

Bônus: parentes diretos (pai, mãe, irmão (ã) ou conjugue) poderão dar a entrada e também retirar o visto para você. Para isso, é necessário apresentar documento que comprove o vínculo. Em caso de negócios, será aceito funcionário com identificação da empresa (crachá ou carteira de trabalho).

Mais dicas! Se for necessário que viaje a outro estado para solicitar o visto para o Japão, se programe para permanecer no local por 3 dias, já que o Consulado Japonês pede 2 dias para análise e entrega do visto. O mesmo acontece para o Centro de Visto Japonês.

Documentos necessários para solicitar o visto japonês

Agora que você já sabe a qual Consulado ir, além de quanto tempo poderá ficar no Japão e outras informações importantes para o processo, o próximo passo é separar os documentos necessários para dar entrada no visto para o Japão. Tome nota:

  1. Passagem aérea comprada, ida e volta. Imprima o comprovante e apresente.
  2. Passaporte brasileiro original, com validade de, pelo menos, 6 meses. É importante ter, ao menos, uma folha em branco, onde o visto será anexado.
  3. Formulário de solicitação preenchido. Baixe aqui, imprima e preencha com letra de forma.
  4. Cronograma de Viagem preenchido. Sim! É necessário indicar todo o seu roteiro, incluindo hotéis que você irá ficar. Baixe o formulário oficial.
  5. Comprovante de renda, incluindo Imposto de Renda completo. Caso você não tenha um emprego formal, leve a cópia do seu CNPJ e extrato de conta bancária que comprove seus ganhos mensais. Você também pode indicar um responsável financeiro pela sua viagem, levando os comprovantes de renda da pessoa + um documento que comprove o vínculo entre vocês.
  6. RG original (cópia simples).
  7. Foto 3×4 recente.

Taxas e valores para o visto japonês

Hora de ficar de olho nos valores! Sobre isso, é importante dizermos que o pagamento será feito apenas na entrega do documento, assim que aprovado, somente em dinheiro (trocado, de preferência):

  • Visto de uma entrada: R$ 86,00
  • Visto de dupla entrada: R$ 171,00
  • Visto de múltiplas entradas: R$ 171,00

#Seliga: vai visitar as regiões de Okinawa, Miyagi, Fukushima ou Iwate? Nesse caso, você terá a isenção da taxa, já que o Japão tem como intuito aumentar o número de turistas nessas áreas.

*valores levantados em Março de 2019.

Visto para o Japão: passo a passo para tirar o seu!

#PartiuJapão

Agora que você já sabe tudo sobre como tirar o seu visto para o Japão, viaje com a gente!

Como falamos no início do texto, você apenas poderá tirar o seu visto para o Japão após a sua passagem comprada. Por isso, fique ligadinho nas nossas promoções, diárias, que prometemos ficar sempre atentos a valores incríveis para que você conheça o país!

Siga a gente nas redes sociais (InstagramFacebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito. Ah… também estamos no Youtube, viu? Espalhe pros amigos <3