Home > Dicas de viagem > Turismo na Grécia: o que saber antes de montar seu roteiro

Turismo na Grécia: o que saber antes de montar seu roteiro

“Só sei que nada sei.” Essa frase, atribuída ao filósofo grego Sócrates, reconhece que sempre temos algo a aprender. Por isso, neste artigo sobre turismo na Grécia, explicamos ao menos o básico para você planejar sua viagem a Atenas e algumas ilhas gregas.

Assim, você pode ler na sequência ou navegar como quiser pelas dicas de viagem na Grécia:

Quando ir à Grécia

bandeira grecia

Bandeira da Grécia | Foto: Pixabay

Se você perguntasse a um filósofo sofista qual a melhor época para turismo na Grécia, provavelmente ele diria que é relativo. O argumento? Não há uma verdade absoluta, embora a temporada mais popular seja de maio a setembro.

Nesse sentido, você também pode analisar as condições em cada estação do ano e decidir qual lhe agrada mais, afinal, como diria Protágoras, “O homem é a medida de todas as coisas”, ou seja, é o seu gosto que manda!

  • Primavera (março a maio): as temperaturas são amenas, pode chover, mas não muito; em maio, fica ideal para praias, com a vantagem de ainda estarem vazias
  • Verão (junho a agosto): praticamente não chove, temperaturas chegam a 40 °C facilmente; é altíssima temporada, com preços altos e maior público
  • Outono (setembro a novembro): ainda em setembro, você aproveitará o tempo firme do verão, porém com menos público; depois disso, começa a esfriar um pouco e as atrações fecham mais cedo
  • Inverno (dezembro a fevereiro): as temperaturas seguem caindo, e as chuvas, aumentando; é raro nevar; baixa temporada, ainda mais nas ilhas gregas

Quanto tempo ficar na Grécia

Calcule ao menos 3 dias em cada cidade, de modo que consiga visitar os principais pontos turísticos de cada uma. Por exemplo, se a ideia é conhecer Atenas mais 3 ilhas, precisará de pelo menos 12 dias.

Mas ainda que sua agenda esteja mais apertada, é possível fazer turismo na Grécia. Assim, há opções de cruzeiros pelas ilhas gregas, que, apesar de serem mais corridos, dão a oportunidade de conhecer mais de uma. No entanto, também é possível visitar Atenas em 1 dia, mesmo que num roteiro limitado.

Seja qual for a sua disponibilidade, dá para aproveitar o país.

Como chegar à Grécia

Esclareça algumas dúvidas comuns para organizar sua viagem de turismo na Grécia. Por exemplo, precisa de visto?

Documentação para a Grécia

Como mostramos neste post sobre documentos para entrar na Europa, não precisa de visto para a Grécia.

Por outro lado, exigem apresentação de passaporte (veja como tirar o seu).

Mais um item obrigatório: seguro viagem, pois a Grécia faz parte do Tratado de Schengen. Então, entenda como funciona e faça uma cotação!

Já o Certificado Internacional de Vacinação (CIVP) não é necessário. Mas você pode emitir o seu CIVP gratuitamente on-line!

Resumo da documentação para turismo na Grécia, válida para até 90 dias de permanência no país:

  • Passaporte válido por pelo menos 3 meses após a saída do país
  • Seguro viagem

Voos para Atenas

Não há voos diretos do Brasil para a Grécia, portanto você fará conexão em outro país antes de chegar ao destino final.

Algumas cias. aéreas que operam voos para a Grécia saindo do Brasil:

  • Swiss
  • Lufthansa
  • Air France
  • Turkish
  • Air Italia
  • GOL

No Passagens Imperdíveis, divulgamos com frequência promoções de passagens aéreas para a Grécia. Veja este exemplo compartilhado em nosso Instagram:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Passagens Imperdíveis (@passagensimperdiveis) em

Para ficar sabendo de passagens aéreas promocionais como essa, siga a gente nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e baixe o aplicativo gratuito. Assim, você receberá alertas no celular e conseguirá aproveitar antes que os descontos acabem!

Chegando às ilhas gregas

Também não há voos diretos do Brasil para as ilhas gregas, como Santorini, Mykonos e Zakynthos. Logo, você pode optar por alguma destas opções:

  • Conexão de algumas horas em Atenas
  • Múltiplos trechos, ou seja, fica uma ou mais noites em Atenas e depois segue pela mesma cia. aérea para a ilha
  • Low cost na Europa, isto é, compra passagem para algum país na Europa e, de lá, embarca em outro voo, de uma aérea low cost, como Aegean e Ryanair, para a ilha desejada
  • Ferry (balsa): dependendo da distância e do preço, o transporte pelo mar pode valer mais a pena do que avião

Santorini

Algumas cias. aéreas e navais que chegam a Santorini:

  • Aeroporto de Santorini: Volotea, Ryanair, Olympic, Sky Express
  • Porto Athinios: Golden Star Ferries, l, Seajets

Mykonos

Algumas cias. aéreas e navais que chegam a Mykonos:

  • Aeroporto de Mykonos: Volotea, Olympic, Sky Express
  • Novo Porto: Golden Star Ferries, Fast Ferries, Seajets

Zakynthos

Algumas cias. aéreas e navais que chegam a Zakynthos:

  • Aeroporto de Zakynthos: Olympic, Sky Express
  • Porto de Zanke: Ionian Group

Fuso horário na Grécia

O fuso horário da Grécia é UTC/GMT +2. Na prática, são 5 horas à frente em relação ao horário de Brasília. E, no horário de verão, a diferença pode aumentar ou diminuir. Veja os exemplos:

  • Horário de Brasília: 10h aqui; 15h na Grécia
  • Horário de verão no Brasil: 11h aqui; 15h na Grécia
  • Horário de verão no Grécia: 10h aqui; 16h na Grécia

O horário de verão na Grécia vai de março a outubro. Já no Brasil, de novembro a fevereiro. Por isso, esse regime especial não costuma coincidir nos 2 países.

Pôr do sol na Grécia

De acordo com a época do ano, você poderá aproveitar a luz do dia mais do que está acostumado no Brasil. Veja a média na Grécia:

  • Primavera (março a maio): entre 18h e 20h
  • Verão (junho a agosto): entre 20h e 21h
  • Outono (setembro a novembro): entre 17h e 20h
  • Inverno (dezembro a fevereiro): entre 17h e 19h

Em resumo, de maio a setembro você terá dias mais longos.

Tomada e eletricidade na Grécia

A voltagem é 220 V e a maioria das tomadas é do padrão europeu, tipo C e F, com dois pinos redondos. Portanto, para aproveitar melhor seu turismo na Grécia, leve adaptador universal!

Moeda e câmbio

A moeda corrente na Grécia é o euro (€), cujo código é EUR. O câmbio, que varia diariamente, geralmente fica na média € 1 = R$ 4,50.

Como é uma moeda forte no Brasil, vale a pena fazer câmbio ainda por aqui.

  • Notas: € 500, € 200, € 100, € 50, € 20, € 10, € 5
  • Moedas: € 2, € 1, 50 centavos, 20 centavos, 10 centavos, 5 centavos, 2 centavos, 1 centavo

#DicaPI: siga estas dicas para obter o melhor câmbio na compra de moedas internacionais!

Idioma

Por acaso, quando você falou algo difícil de entender, alguém perguntou: “Está falando grego?”. Não é à toa, pois o grego, que é o idioma oficial da Grécia, além de super diferente do português, tem até alfabeto com caracteres próprios.

Porém, nos restaurantes, hotéis, pontos turísticos e transporte, os gregos também falam inglês. O mesmo vale para as placas de sinalização cidade afora. Dessa forma, comunicação não será problema ao fazer turismo na Grécia!

placa escrita em grego

Placa escrita em grego e inglês | Foto: Flickr, sob CC 2.0.

De curiosidade, algumas palavras comuns do vocabulário grego:

  • Olá = Yassa ou Yassou (se houver mais de 1 pessoa)
  • Tchau = Antio
  • Por favor = Parakalo
  • Obrigado = Efcharisto
  • Sim = Ne
  • Não = Ochi
  • Bom dia = Kalimera
  • Boa tarde = Kalispera
  • Boa noite = Kalinikta

Internet na Grécia

internet em portugal vodafone aeroporto

Loja da Vodafone no aeroporto de Lisboa | Foto: Passagens Imperdíveis

As principais operadoras de internet na Grécia são:

  • Vodafone
  • Cosmote
  • Orange
  • Wind

Considerando que você fará uma conexão em outro país europeu antes de chegar à Grécia, vale a pena comprar o chip da Vodafone. Isso porque vende em outros países e tem roaming dentro da União Europeia, além da boa cobertura.

Caso desembarque diretamente em uma das ilhas gregas, siga a mesma dica, pois os planos da Vodafone são os com melhor relação entre custo e benefício. Também há mais ofertas de lojas dessa operadora.

O que levar na mala

Alguns itens são essenciais em qualquer viagem, outros variam conforme o destino. No caso de turismo na Grécia, recomendamos o básico mesmo:

  • Remédios para digestão.
  • Protetor solar.
  • Roupas leves e tênis, porque se anda muito entre os pontos turísticos.

Onde ficar: dicas de hospedagem

O foco deste post é Atenas e nas ilhas Santorini, Mykonos e Zakynthos, portanto as dicas de hospedagem se referem a esses lugares.

Atenas

bairro plaka atenas grecia

Bairro Plaka, em Atenas | Foto: Pixabay

O bairro mais popular para ficar em Atenas é Plaka, porque a maioria dos pontos turísticos se localiza lá. Assim, você consegue visitar boa parte a pé, economizando tempo e dinheiro e aproveitando mais a cidade.

Veja sugestões de hotéis em Atenas de diferentes faixas de preço e estilos!

Ilhas gregas

De modo geral, a fim de facilitar seu roteiro, a dica é ficar no centrinho das ilhas. Afinal, terá ampla infraestrutura com hotéis, lojas, restaurantes, transporte, etc.

Santorini

Na ilha mais romântica para fazer turismo na Grécia, indicamos ficar na região de Óia, devido à proximidade de pontos de interesse.

Mykonos

Já na badalada Mykonos, seguindo a mesma lógica de localização central e de fácil acesso, procure ficar em Mykonos Town (Chora).

Zakynthos

Pela boa oferta de lojas, restaurantes e hotéis, sem impactar tanto no preço, recomendamos Zakynthos Town, a principal área da ilha.

Transporte na Grécia

Já que o roteiro pela Grécia costuma passar por diversas cidades, o transporte varia conforme cada uma.

Atenas

Boa parte dos pontos turísticos ficam próximos uns dos outros, portanto você andará bastante a pé pela cidade. Mas também há outras formas de transporte em Atenas.

Metrô

Quando necessário, o transporte público é uma boa alternativa, visto que o metrô conecta as regiões turísticas com facilidade, inclusive saindo do aeroporto.

metro em atenas grecia

Metrô em Atenas | Foto: Pixabay

O bilhete de metrô custa € 1,40 (R$ 6,30) e também serve para ônibus e tram (bonde). Para integrar os modais ou fazer baldeação entre as estações, o tempo limite é de 90 minutos.

É bem provável que você vá fazer integrações, porque o metrô de Atenas tem 3 linhas: verde (1), vermelha (2) e azul (3) – essa última atende o aeroporto. Porém, com a ajuda do Google Maps e da ampla sinalização em inglês na estações, fica fácil chegar aonde você deseja.

Tram (bonde)

Mais uma forma de andar em Atenas, o bonde elétrico tem 3 linhas que conectam a cidade. A depender do seu trajeto, pode ser que apareça como melhor alternativa. Por exemplo, o tram leva a algumas praias próximas. O bilhete é integrado ao do ônibus e metrô, custando € 1,40 (R$ 6,30).

Ônibus

Funcionam de maneira semelhante ao Brasil, com diversas linhas que param nos pontos cidade afora. Conforme o seu trajeto, pode ser mais interessante que o metrô. O bilhete, mesmo do metrô e tram, custa € 1,40 (R$ 6,30) e fica à venda nos guichês nos pontos e nas estações.

Uber e táxi

Embora o aplicativo de transporte funcione em Atenas, a única modalidade ativa é a de… táxis. Sendo assim, a diferença é a comodidade para chamar o carro pelo celular, em vez de acenar na rua.

Quando você simula uma viagem, aparecem os preços da bandeirada, não o valor final estimado.

Por sua vez, um outro aplicativo, chamado Beat, é ideal para chamar táxis. Ele funciona de maneira semelhante ao Uber, com a vantagem de mostrar o valor estimado da corrida antes de você pedir.

Carro alugado

Para passeios bate-volta, como o Templo de Poseidon, no Cabo Sounio, ou nos arredores de Atenas, como Delfos, Corinto e Olímpia. O aluguel gira em torno de € 60 (R$ 270) por dia, fora a gasolina. E para retirar o carro, você precisa apresentar Permissão Internacional para Dirigir (PID).

Ilhas gregas

quadriciclo transporte ilhas gregas

Quadriclo nas ilhas gregas | Foto: Passagens Imperdíveis

As ilhas gregas não são grandes a ponto de oferecem infraestrutura completa de transporte público. Mas também não são pequenas a ponto de dispensarem o uso de veículos.

Dessa forma, uma alternativa é alugar carro, quadriciclo ou moto para andar dentro nas ilhas gregas com liberdade. Há, também, passeios guiados de ônibus e de barco nos arredores. Por fim, você pode circular de transporte público, que atende as principais praias, portos e pontos turísticos.

Já o transporte entre elas é ou por balsa (ferry), ou avião. A escolha entre um e outro vai depender do seu orçamento e disponibilidade de tempo.

Aeroportos e portos na Grécia

Veja dicas sobre os aeroportos de Antenas e de algumas ilhas gregas: Santorini, Mykonos e Zakynthos.

Atenas

O aeroporto de Atenas (Eleftherios Venizelo) fica a cerca de 30 km do bairro Plaka, o mais popular para hospedagem na cidade. Isso significa que, de metrô, a viagem dura, em média, 40 minutos. Já de carro e ônibus, pode chegar a 1 hora, conforme o trânsito.

Você pode sair do aeroporto de metrô, ônibus, táxi e transfer. A média de preços é a seguinte:

  • Metrô: € 10 (R$ 45) ou € 18 (R$ 81) para 2 pessoas – melhor custo e benefício
  • Ônibus: € 6 (R$ 27)
  • Táxi: faixa de €. 40 (R$ 180) – recomendado se tiver em grupo ou em caso de greve do transporte público em Atenas
  • Transfer: a partir de € 30 (R$ 135)

Dependendo do caminho que fizer para ou do aeroporto de Atenas, pode ser que passe por um pedágio. Nesses casos, a quantia já deve estar inclusa no preço inicial da viagem.

Santorini

Estes são alguns meios de sair tanto do  porto quanto do aeroporto de Santorini:

  • Táxi: varia, em média, de € 15 (R$ 67,50) a € 30 (R$ 135), podendo ser mais, conforme a bagagem e temporada; leva cerca de 15 a 25 minutos, sem trânsito, até Firá
  • Ônibus: leva até Firá, a capital da ilha, de onde pega outro, conforme a localização do hotel; pode demorar até 2 horas, dependendo do horário (veja a tabela). Passagens a partir de € 2,30 (R$ 10,35), compradas com o motorista
  • Carro alugado: seja no aeroporto, seja no porto Athinios, é possível alugar carro, cujo valor você pode consultar na Rentalcars
  • Transfer agendado: sobretudo em alta temporada, quando o movimento e as filas são grandes, uma alternativa é combinar com o hotel ou empresa especializada; apesar de mais caro, pode economizar tempo

Mykonos

Alguns meios para sair do aeroporto ou do Novo Porto de Mykonos.

  • Táxi: saindo do Novo Porto ou do aeroporto, leva cerca de 15 minutos ao centro de Mykonos, com preço médio de € 15 (R$ 67,50)
  • Sea bus (ônibus aquático): parte direto do Novo Porto para diversas praias, com viagens durando 8 minutos e preço baixo, € 2 (R$ 9); horários e detalhes no site oficial
  • Ônibus: com passagens a partir de € 1,80 (R$ 8,10), levam média de 25 minutos para ir ao centro da cidade; veja horários e detalhes
  • Carro alugado: há locadoras disponíveis tanto no Novo Porto quanto no aeroporto, para você sair dirigindo pela ilha
  • Transfer agendado: opção disponível com o seu hotel ou empresa de transporte; a vantagem é não ter de pegar fila para táxi ou ônibus

Zakynthos

  • Táxi: com preço na média de € 10 (R$ 45), leva de 10 a 15 minutos até o centro da cidade
  • Carro alugado: é possível retirar seu carro no próprio aeroporto
  • Transfer agendado: alternativa mediante negociação com hotel ou empresa especializada, com preço a combinar
  • Ônibus: não há ônibus saindo direto do aeroporto; então resta pegar um táxi até o centro e, de lá, seguir de transporte público até o hotel; passagens variam entre € 1, 80 (R$ 8,10) e € 3,60 (R$ 16,20).

Cultura local

Confira alguns aspectos que marcam o povo grego, de modo que aproveite melhor seus dias de turismo na Grécia!

Alfabeto

Já ouviu falar nos nomes “alfa”, “beta” e “gama”? Pois bem, estas são as primeiras letras do alfabeto grego, utilizado até os dias de hoje. Sendo assim, você verá palavras escritas com caracteres totalmente diferentes dos nossos.

Mas antes que se assuste, a boa notícia: as informações relevantes ao turistas têm versão em inglês, escritas com alfabeto romano, ou seja, com as letras que você está lendo.

Hospitalidade

Se você tem, já teve experiência ou já ouviu falar que os europeus são frios, na Grécia a história muda. Isso porque os gregos são bastante animados e conversadores, quase como os próprios brasileiros. Então espere uma recepção calorosa durante sua viagem.

Gorjeta

Ao contrário de outros países, como nos Estados Unidos, em que a gorjeta é praticamente obrigatória, na Grécia os profissionais não esperam receber. Todavia, se você achar que foi muito bem atendido, nada impede de dar umas moedas a mais.

O mesmo vale para os restaurantes, os quais incluem as taxas na conta, mas aceitam gorjeta extra aos garçons.

O que fazer na Grécia

São muitas as possibilidades para seus dias de turismo na Grécia. Logo, separamos algumas ideias para te inspirar na montagem do seu roteiro.

Atenas

acropole atenas

Acrópole de Atenas | Foto: Pixabay

Na capital grega, você pode viajar no tempo e conhecer de perto sítios arqueológicos e museus que contam a história do berço da civilização ocidental. Alguns pontos populares são a Acrópole, Templo de Zeus Olímpico e bairro Plaka.

Ilhas gregas

navagio beach zakynthos

Navagio Beach, em Zakynthos | Foto: Pixabay

Santorini, Mykonos, Zakynthos, entre outras várias ilhas gregas, têm paisagens dignas dos deuses gregos. E além de curtir as famosas praias e baladas, você pode conhecer sítios arqueológicos, apreciar vistas deslumbrantes e viver momentos inesquecíveis!

Tudo o que você precisa saber para facilitar sua vida:

O que comer e beber

A culinária grega se destaca pelo uso de ingredientes frescos, com tempero equilibrado e de digestão leve. Por isso, os pratos mediterrâneos inspiram dietas saudáveis no mundo inteiro.

salada grega

Salada grega | Foto: Pxhere

  • Moussaka: espécie de torta de carne de carneiro, berinjelas e tomate
  • Iogurte grego
  • Feta: queijo coalhado, feito de leite de cabra ou ovelha
  • Souvlaki: espetinho de carnes variadas e vegetais
  • Gyros: sanduíche de carne assada em pão de pita
  • Salada grega: mistura de tomate, pepino, pimentão e cebola roxa
  • Frappé: café solúvel gelado com cubos de gelo e espumado<
  • Ouzo: bebida alcóolica à base de anis

Para seguir sua viagem de turismo na Grécia, veja a seção com todos os posts sobre esse país!