Governo da Argentina divulga novos requisitos de viagem para turistas

O governo da Argentina anunciou que vai flexibilizar os requisitos de entrada no país, mas ainda sem data exata para valer na prática. Desse modo, as exigências serão as seguintes:

  • Certificado de vacinação contra Covid-19: emitido no mínimo 14 dias antes da viagem (todas a vacinas aplicadas no Brasil são reconhecidas) – veja como emitir o seu
  • Teste RT-PCR negativo: realizado até 72 horas antes do voo
  • Quarentena: adultos vacinados não precisam; menores de 18 anos não vacinados não precisarão e ainda poderão se vacinar na Argentina; já os maiores em viagem essencial deverão se autoisolar por 7 dias
  • Seguro-viagem: obrigatório, com cobertura para Covid-19 – contrate o seu
  • Formulário de saúde: preenchimento on-line obrigatório – acessar documento

Com isso, deixará de ser obrigatório realizar um segundo teste RT-PCR entre o quinto e sétimo dias de viagem, além da flexibilização para menores de idade, que atualmente precisam ficar de quarentena caso não estejam totalmente imunizados contra a Covid-19.

Apesar do anúncio publicado em forma de notícia no site e redes sociais do governo, a página oficial em que se listam os requisitos de entrada vigentes, bem como as companhias aéreas, a exemplo da LATAM, seguem sem atualização até o momento da publicação deste post (27/10).

A propósito, durante a coletiva de imprensa em que o governo anunciou as novidades, também não se cravou uma data específica para vigorar a novidade. Por isso, sugerimos que confira diretamente com a cia. aérea antes de viajar. O anúncio começa aos 10min30s:

Como a Argentina vai reabrir em 1° de novembro as fronteiras para estrangeiros de outros países que não os fronteiriços (para estes, a Argentina está aberta desde outubro), existe a expectativa de que essa flexibilização entre em prática também em novembro.

Diante disso, seguiremos acompanhando as fontes oficiais para confirmar o início efetivo de tais medidas!