O que fazer em Roma e Vaticano: sugestão de roteiro de 3 dias.

27-06-17 às 8:02 am 1 comentário

Por Patricia do Carmo Guedes e Jairo Santos de Jesus    –    Está programando sua viagem e não sabe o que fazer em Roma? Confira agora a nossa sugestão de roteiro de 3 dias, e saiba como aproveitar melhor o seu tempo nesta cidade que, sem sombra de dúvidas, é uma das mais incríveis do MUNDO!

Com muito carinho, estamos preparando o compartilhamento, com vocês, das dicas da nossa viagem da Itália.

A grande parte do conteúdo já foi liberada, faltando apenas, neste momento: Assis, Pompeia e dicas mais detalhadas sobre o que fazer em Roma, já que é um dos destinos mais complexos e completos da Itália, dado o grande número de atrações a se visitar, e os inúmeros detalhes históricos a se compartilhar.

Como sabemos que muitos de vocês estão com viagem marcada, e precisam de ajuda, principalmente, para a compra dos ingressos e para o direcionamento de onde ficar na cidade, adiantaremos o conteúdo nesse sentido, de maneira bem sucinta e direta.

E, em breve, faremos com o tópico “o que fazer Roma”, o mesmo que fizemos com todas as outras cidades da Itália sobre as quais falamos: Veneza, Módena, Florença, Greve in Chianti, San Gimignano, Montalcino, Siena e Pienza!

Roma, Itália, Maio/2017

Roma, Itália, Maio/2017

O que fazer em Roma – como chegar

Viemos da Toscana para Roma, de carro alugado através da Rentcars.

Em nosso post de dicas para a Itália em 15 passos, falamos mais sobre o aluguel do carro. Dá uma olhada lá e, se tiver dúvidas, é só deixar aqui nos comentários! Vamos adorar ajudar!

Como não precisaríamos do carro em Roma – NÃO PRECISA VIU, GENTE?! – fizemos a entrega do veículo no Aeroporto Fiumicino e, de lá até o nosso hotel, localizado na Piazza Navona, fomos de taxi, que tinha o preço fixo de 48 EUR.

Para duas ou mais pessoas, e na contramão de todos os outros destinos do mundo, em Roma, o Taxi é a opção mais vantajosa de transporte do aeroporto para o Centro.

A viagem do aeroporto até o centro é longa – cerca de 47 minutos – e, por isso, achamos bem justo o preço cobrado!

Roma, Itália, Maio/2017

Roma, Itália, Maio/2017

O que fazer em Roma e Vaticano em 03 dias de roteiro

É super tranquilo andar e perambular por Roma, qualquer que seja o horário. Há policiamento nas ruas, o tempo todo e, durante o período em que lá permanecemos, não vimos nada de anormal, e muito menos alguma situação em que nos sentíssemos ameaçados.

Bora, então, descobrir o que fazer em Roma, aproveitando melhor o seu tempo e o seu rico dinheirinho?

Roma Pass

Se você vai ficar em Roma por pelo menos 48 horas, e pretende utilizar o transporte público e visitar, ao menos, o Coliseu, o Palatino e o Fórum Romano, adquira o Roma Pass!

Você pode comprá-lo ao chegar na cidade. É vendido nos aeroportos, nas estações de ônibus, metrô e tram. Super tranquilo de encontrar! Ou então, você pode comprá-lo online, clicando NESSE LINK AQUI, e fazer a retirada em algum dos pontos que serão indicados no momento da sua compra pela internet.

Em dinheiro, deve ficar elas por elas, caso você não vá a todos os museus cobertos pelo passe (que podem ser conferidos CLICANDO AQUI). Mas o que será impagável, no entanto, será as “furadas” de fila que você poderá dar. Você verá, de um lado, uma fila GIGANTE, com muita muita gente. E, se você tiver comprado o Roma Pass, respire: não será essa a sua fila. A sua será uma fila da direita, bem pequenininha, que está quase às moscas.

Nessa brincadeira, você economiza 2 ou 3 horas, fácil fácil!

Há duas versões para o passe de atrações da cidade, sendo:

Roma Pass 48 horas

  • 1 museu incluído;
  • Transporte público incluído (metrô, ônibus e tram);
  • Descontos especiais para eventos temporais;
  • Válido por 48 horas a partir da primeira validação;
  • Custo: EUR 28.

Roma Pass 72 horas

  • 2 museus incluídos – podendo escolher, inclusive: COLISEU/PALATINO/FÓRUM ROMANO;
  • Transporte público incluído (metrô, ônibus e tram);
  • Descontos especiais para eventos temporais;
  • Válido por 72 horas a partir da primeira validação;
  • Custo: EUR 38.50

O Roma Pass não vale para entrar no Vaticano, e nem para o Tour Noturno do Coliseu, que ensinaremos logo abaixo como você pode fazer para reservar/comprar com antecedência.

Fontana di Trevi

  • Grátis;
  • Se quiser uma experiência menos tumultuada, com menos pessoas, vá por volta de meia-noite! É super vazio, e o clima chega a ser místico, de tão bonito e tranquilo! Inesquecível!
  • Vale a pena ir de dia também! Se puder, faça os dois: vá à noite/madrugada, e também de dia!
  • Como bem ressaltado pelos nossos seguidores durante as nossas transmissões através dos Stories do Insta, se for jogar a moeda na sorte na Fontana, faça isso de costas, com a moeda passando por cima dos ombros. Isso garante os bons presságios, e, além disso, garante o seu retorno a Roma, em breve! Ah, não custa nada tentar, vai?!

Pantheón

  • Grátis;
  • Impactante templo com 2 mil anos de idade;
  • Tem a maior cúpula de concreto sem reforço de toda a existência humana;
  • É a maior realização arquitetônica da Roma Antiga.
Roma, Itália, Maio/2017

Roma, Itália, Maio/2017

Piazza Navona

  • Grátis;
  • É a Praça mais icônica de Roma;
  • Erguida sobre as ruínas de uma arena construída no século I pelo Imperador Domiciano;
  • Há muitas fontes espalhadas pela praça, cada uma com sua particularidade de construção e finalidade.

Coliseu + Palatino + Fórum Romano

  • No primeiro domingo de cada mês, a entrada no Coliseu é gratuita. No entanto, as filas são enormes. Prepare-se, caso queira aproveitar a gratuidade!
  • Conhecemos o Coliseu de dia, e também à noite. Ambas as experiências foram MUITO VÁLIDAS, e faríamos tudo de novo! Durante o dia, o monumento está lotado, mas é legal vê-lo assim também, cheio, com uma energia de movimentação bem forte;
  • Agora, quanto ao Coliseu à noite, este sim é IMPERDÍVEL. Se nós pudéssemos te dar um conselho sobre Roma, seria: VÁ AO COLISEU À NOITE! É incrível! No próximo item, logo abaixo, falaremos mais sobre como reservar esse passeio;
  • IMPORTANTE: Vale a pena usar o Roma Pass, e aproveitar a entrada SEM FILAS nessa atração. Volte no primeiro item desse post e saiba como fazer;
  • Mas, se quiser, é possível comprar o ingresso separado por EUR 14 (EUR 12 do ingresso + EUR 2 de taxa de conveniência), clicando AQUI;
  • O Palatino: reza a lenda que foi onde Rômulo e Remo foram salvos por uma loba; tendo sido Rômulo, posteriormente, o responsável pela fundação de Roma, em 753 a.C;
  • Fórum Romano: foi o centro da República Romana.

O Coliseu à noite

  • Se pudéssemos te dar apenas um conselho sobre o que fazer em Roma, esse seria: VÁ AO COLISEU À NOITE;
  • A visita é guiada, com um número limitado de pessoas. O nosso grupo tinha 26 componentes + a guia falando em espanhol;
  • O tour guiado leva em torno de 1h15, e pode ser em inglês ou espanhol, com explicação SUPER detalhada sobre os detalhes do monumento e sua história;
  • Vai acontecer, a princípio, de março até dezembro/2017 – podendo vir a ser prorrogado;
  • Custa EUR 20, deve ser reservado com antecedência, e VALE CADA EURO INVESTIDO!
  • Vá, tire muitas fotos, faça muitos vídeos, aproveite bastante, e conte pra gente o que achou!
  • CLIQUE AQUI PARA RESERVAR O TOUR NOTURNO NO COLISEU
Roma, Itália, Maio/2017

Roma, Itália, Maio/2017

Arco de Constantino

  • Grátis;
  • Vizinho ao Coliseu, e foi construído com finalidade triunfal, no ano de 312, para celebrar uma das vitórias do Imperador Constantino.

Monumento a Vittorio Emanuele II

  • Inaugurado em 1911, em homenagem a Vittorio Emanuele II, primeiro rei da Itália depois da unificação.
  • Tudo feito em mármore branco, é um monumento que chama MUITO a atenção. Até destoa dos demais monumentos da cidade, que são mais discretos e antigos;
  • O monumento não é muito querido pelos italianos, que o chamam de “bolo de noiva”, por seu caráter chamativo. Além disso, para construí-lo, foi necessário derrubar muitos edifícios de enorme valor cultural, apresentando-se, a atitude, como uma manifestação impulsiva de egoísmo, o que foi, e continua sendo extremamente reprovado pelos patrícios.
  • Possui um elevador panorâmico (EUR 7 em Maio/2017), e vale a pena subir para conhecer, e para se ter uma vista bonita de parte da cidade.

Galleria Borghese

  • No primeiro domingo de cada mês, a entrada na Galleria Borghese é gratuita. No entanto, esta atração em específico, é preciso que seja reservada com antecedência, CLICANDO AQUI;
  • Ainda que não queira aproveitar a gratuidade do primeiro domingo do mês, será necessário comprar o ingresso/reservar sua visita com antecedência, CLICANDO AQUI;
  • Ainda que vá fazer uso do Roma Pass para ingressar nesta atração, ainda assim será necessário reservar sua data com antecedência, CLICANDO AQUI. 

Vaticano e Cappella Sistina

  • IMPRESCINDÍVEL: Compre o seu ingresso com antecedência. As filas para quem não faz isso são INACREDITÁVEIS.
  • Com ingresso comprado online, gastamos 10 minutos para entrar. Sem o ingresso comprado com antecedência, teríamos gasto, no mínimo, 1h30.
  • Para comprar seu ingresso com antecedência para o Vaticano e Cappella Sistina, CLIQUE AQUI! 
  • Valor do ingresso em Maio/2017: EUR 25, sendo EUR 21 do ingresso + EUR 4 pela taxa de conveniência, ou o chamado “fura-filas do bem”;
  • Há audioguia em português – OPCIONAL – e custa EUR 7. Nós pegamos, e achamos que vale super a pena!
  • ATENÇÃO: é proibido ingressar nas Igrejas do Vaticano com blusas sem mangas (regatas) ou bermudas/saias acima do joelho;
  • No último domingo de cada mês, a entrada no Vaticano e na Cappella Sistina é gratuita. No entanto, as filas são enormes. Prepare-se, caso queira aproveitar a gratuidade!
  • No Vaticano, há um programa muito legal que, infelizmente, não conseguimos fazer: Scavi Tour. Tentamos reservar com 2 meses de antecedência, mas não havia mais vagas. Portanto, o ideal é que você o faça o quanto antes, 6, 5, 4 meses antes.
  • Quantas horas para conhecer o Vaticano + Cappella Sistina? Pelo menos 4 horas!
  • Quando está em Roma, o Papa abençoa a multidão na Praça de São Pedro, no domingo à tarde. Não precisa de ingresso, é só chegar!
  • Um passeio IMPERDÍVEL.
Roma, Itália, Maio/2017

Roma, Itália, Maio/2017

Trastevere

  • Significa: “Além Tibre”, ou seja, do outro lado do Rio Tibre;
  • Um bairro super charmoso e boêmio, cheio de cores, músicas, bebidas e comidas;
  • Vale a pena passear por lá, com tempo para apreciar o movimento do bairro, e sentar-se onde tiver vontade.

O que fazer em Roma e Vaticano em 03 dias de roteiro: onde ficar

Nos hospedamos na região da Piazza Navona, e a localização foi uma EXCELENTE ESCOLHA.

Todos os pontos visitados, inclusive o Vaticano, foram alcançados à pé, com tranquilidade de deslocamento através de caminhadas bem moderadas e sossegadas.

Para você ter uma ideia, do nosso hotel até o Vaticano, levamos 25 minutos andando em ritmo lento, parando diversas vezes para fotografar e observar o lugar. Quando lá chegamos, até desacreditamos! Pois, sabíamos de várias pessoas que alcançavam o mesmo ponto fazendo uso de transporte público: metrô ou ônibus.

No entanto, não gostamos do nosso hotel (Suite Art Navona Hotel), razão pela qual não o indicaremos.

Achamos que o preço pago (EUR 190) por quarto, sem café da manhã, não justificou a localização.

Por isso, selecionamos aqui, agora, 06 opções de hoteis em regiões consideradas boas, próximas à Piazza Navona (onde nos hospedamos), além do Panteão, etc.

Vamos lá!

Regola Suite – Piazza Navona

  • Diárias a partir de EUR 98
  • Café da manhã incluído
  • WI-FI incluído, e constantemente elogiado pelos hóspedes
  • Nota: 9,4 no Booking.com

Campo dè Fiori Suites – Panteão

  • Diárias a partir de EUR 86
  • Café da manhã incluído
  • WI-FI incluído
  • Nota: 9,4 no Booking.com

Residence Regola – Piazza Navona

  • Diárias a partir de EUR 88
  • Café da manhã incluído
  • WI-FI incluído
  • Nota: 9,3 no Booking.com

The Club Navona

  • Diárias a partir de EUR 100
  • Café da manhã opcional (EUR 10 por dia/por pessoa)
  • WI-FI incluído
  • Nota: 9,3 no Booking.com

Di Rienzo Pantheon Palace

  • Diárias a partir de EUR 93
  • Café da manhã incluído
  • WI-FI incluído
  • Nota: 9,2 no Booking.com

Lea Luxury Rooms

  • Diárias a partir de EUR 90
  • Café da manhã incluído
  • WI-FI incluído
  • Nota: 9,1 no Booking.com

O que fazer em Roma – dicas de onde comer

Est Artigiani Del Gusto

Um dos lugares mais gostosos da viagem para a Itália, foi o restaurante EST ARTIGIANI DEL GUSTO, em Roma.

Fica numa ruazinha bem charmosa, longe da muvuca das grandes praças e avenidas.

Opções de pratos que variam de EUR 4 a EUR 28, e carta de vinhos bem extensa e completa!

Il Vero Alfredo

Onde foi criado o molho Alfredo, delícia que a gente ama e respeita. 🙂

Fomos até lá, com medo de ser uma pegadinha turística. Mas, no final das contas, o sabor surpreendeu!

É MUITO gostoso, de verdade!

O ambiente é super agradável, e um pratão de Fettuccine ao Molho Alfredo sai por EUR 19.

É para uma pessoa comer MUITO bem viu, gente?

 

Arco de Tito, Roma

Arco de Tito, Roma

Por enquanto é isso, pessoal!

Esperamos que as dicas iniciais possam ajudá-los!

Em breve, complementaremos as informações para que fiquem ainda mais detalhadas! Mas, o principal, o crème de la crime, está aqui, pronto para ser usado! 🙂

Obrigada pela companhia em mais essa viagem! 😉

Tags: , , , ,

por
  • Paolo Ugo

    HISTORY OF ALFREDO DI LELIO CREATOR IN 1908 OF “FETTUCCINE ALL’ALFREDO” (“FETTUCCINE ALFREDO”), NOW SERVED BY HIS NEPHEW INES DI LELIO, AT THE RESTAURANT “IL VERO ALFREDO” – “ALFREDO DI ROMA” IN ROME, PIAZZA AUGUSTO IMPERATORE 30

    With reference to your article (I thank you) I have the pleasure to tell you the history of my grandfather Alfredo Di Lelio, who is the creator of “Fettuccine all’Alfredo” (“Fettuccine Alfredo”) in 1908 in the “trattoria” run by his mother Angelina in Rome, Piazza Rosa (Piazza disappeared in 1910 following the construction of the Galleria Colonna / Sordi). This “trattoria” of Piazza Rosa has become the “birthplace of fettuccine all’Alfredo”.
    More specifically, as is well known to many people who love the “fettuccine all’Alfredo”, this famous dish in the world was invented by Alfredo Di Lelio concerned about the lack of appetite of his wife Ines, who was pregnant with my father Armando (born February 26, 1908).
    Alfredo di Lelio opened his restaurant “Alfredo” in 1914 in Rome and in 1943, during the war, he sold the restaurant to others outside his family.
    In 1950 Alfredo Di Lelio decided to reopen with his son Armando his restaurant in Piazza Augusto Imperatore n.30 “Il Vero Alfredo” (“Alfredo di Roma”), whose fame in the world has been strengthened by his nephew Alfredo and that now managed by me, with the famous “gold cutlery” (fork and spoon gold) donated in 1927 by two well-known American actors Mary Pickford and Douglas Fairbanks (in gratitude for the hospitality).
    See the website of “Il Vero Alfredo” (also for franchising news).
    I must clarify that other restaurants “Alfredo” in Rome do not belong and are out of my brand “Il Vero Alfredo – Alfredo di Roma”.
    I inform you that the restaurant “Il Vero Alfredo –Alfredo di Roma” is in the registry of “Historic Shops of Excellence” of the City of Rome Capitale.
    Best regards Ines Di Lelio

Copyright © 2014 - 2017 Passagens Imperdíveis. Todos os direitos reservados.