O que fazer em Módena: o destino que vai muito além da Osteria Francescana.

27-06-17 às 7:58 am 2 comentários

Por Patricia do Carmo Guedes e Jairo Santos de Jesus    –  A inclusão desta cidade em nosso roteiro não foi à toa. O intuito, a princípio exclusivo, era almoçar ou jantar naquele que, até então, era considerado como o melhor restaurante do mundo: a  Osteria Francescana, do chef Massimo Bottura. Mas, com a tentativa frustrada de um pedido de reserva não atendido, tivemos o prazer de descobrir o que fazer em Módena, que, felizmente, vai muito além da nossa programação inicial.

Um brinde aos acasos e aos planos frustrados que, se bem aproveitados, podem se converter em gratas surpresas!

O que fazer em Módena, Itália.

O que fazer em Módena, Itália.

1) O que fazer em Módena: como chegar. 

Saímos de Veneza – mais especificamente do Aeroporto Marco Polo, onde alugamos nosso carro – e, antes de seguir viagem para a Toscana, passamos por Módena.

De Veneza a Módena são aproximadamente 200km de distância, equivalentes a mais ou menos 2h e 10 minutos de carro.

O trajeto na estrada é tranquilo, devendo ser observados os mesmos procedimentos-padrão de direção que explicamos no post com as dicas gerais sobre como ser mais feliz em uma viagem para a Itália. 

E ao chegar na cidade, as regras de trânsito seguem o padrão das demais localidades do país: Zonas de Tráfego Limitado por todo lado, com regras de estacionamento para residentes, turistas e portadores de necessidades especiais, além de carros oficiais e de apoio. Vale a pena dar uma olhada nas dicas que compartilhamos sobre o assunto, para não ganhar de presente algumas multas italianas.

Para quem não está de carro, há opção de chegar a Módena de ônibus (a rodoviária fica na Via Molza, próxima ao Centro da Cidade); ou de trem (a estação fica na Piazza Dante).

2) O que fazer em Módena: onde ficar.

Critérios de escolha da hospedagem em Módena

Como o nosso objetivo inicial na cidade era o restaurante de Massimo Bottura – a Osteria Francescana – procuramos, no Booking, por uma hospedagem que nos desse a opção de ir e voltar a pé do referido restaurante; além de mobilidade para dar uma volta pela cidade e seus principais pontos.

A escolha: Vittorio Veneto 25, no coração de Módena

A nossa opção – acertadíssima, por sinal – foi o Vittorio Veneto 25, um flat adaptado para funcionar como hospedagem, porém, sem a impessoalidade de um hotel.

Lá, você é recebido, lhe entregam as chaves da porta principal juntamente com as chaves do seu cartão, e pronto!

As opções de hospedagem na Itália e a ausência de recepção 24 horas

Não são raros os flats/hoteis na Itália que possuem atendimento diferenciado, ou seja, que não disponibilizam nem café da manhã, e nem atendentes instalados em uma recepção com funcionamento de 24 horas/dia.

Isso garante uma maior sensação de “estar em casa”, mas, por outro lado, requer o mínimo de organização e comunicação com a empresa/pessoa responsável pela sua estadia.

Em nossa hospedagem em Módena, não foi diferente. Os horários de atendimento da recepção eram limitados.

E, nesses casos, é sempre importante alinhar, através das ferramentas de comunicação que o Booking disponibiliza – se a reserva tiver sido feita por lá – os seus horários de chegada ao hotel, com os horários de funcionamento da recepção/ckeck-in/check-out, que, na época da nossa visita, em Maio/2017, no Vittorio Veneto 25, era de 8 da manhã ao meio-dia.

Vittorio Veneto 25 – Reservado, Testado e Aprovadíssimo!

Permanecemos neste hotel por apenas 1 diária. Mas foi o suficiente para percebermos a excelência no atendimento e a preocupação com o bem estar do hóspede. Pagamos pelo quarto para 02 pessoas, EUR 130.

No interior da acomodação, tudo super explicadinho. Todos os procedimentos internos devidamente identificados, inclusive com o fornecimento de um número de telefone para casos de emergência, que poderia vir a ser acionado, 24 horas por dia.

Máquina de café com cápsulas à vontade, além de chás diversos.

O quarto, lindamente decorado. Aconchegante, amplo, claro, extremamente confortável. A cama, uma das melhores em que já pudemos dormir por aí, nessas andanças, com lençóis macios e cheirosos. Banheiro limpo e bem arejado.

Valeu a pena! Hotel reservado, testado e aprovado!

GOSTOU? RESERVE O VITTORIO VENETO 25 EM MÓDENA CLICANDO AQUI. 

O que fazer em Módena, Itália: Suíte do Hotel Vittorio Veneto 25

O que fazer em Módena, Itália: Suíte do Hotel Vittorio Veneto 25

 

O que fazer em Módena, Itália: Decoração do Banheiro da Suíte do Hotel Vittorio Veneto 25

O que fazer em Módena, Itália: Decoração do Banheiro da Suíte do Hotel Vittorio Veneto 25

 

O que fazer em Módena, Itália: Vista lateral da suíte do Hotel Vittorio Veneto 25

O que fazer em Módena, Itália: Vista lateral da suíte do Hotel Vittorio Veneto 25

3) O que fazer em Módena: a Osteria Francescana, de Massimo Bottura.

Comida + Netflix = <3

Somos fãs de Netflix e de comida boa. Partindo desses pressupostos, qual seria a chance de não gostarmos do tão falado documentário Chef’s Table? Isso mesmo! Chance zero!

E foi assim, assistindo ao primeiro episódio da Temporada 1, que nos apaixonamos por aquele 3 Estrelas Michelin que, em 2016, figurava como o melhor restaurante do mundo, segundo o Ranking “The World’s 50 Best Restaurants”: a Osteria Francescana.

O caráter exclusivo da experiência fica por conta da excelência e do histórico do chef Massimo Bottura, aliada ao número reduzido de mesas disponíveis para reserva, por refeição.

A Reserva de Mesas na Osteria Francescana e as opções de Menu

Trata-se do restaurante de um chef super conceituado e respeitado, e que, no ano de 2016, figurava com o melhor restaurante do MUNDO (em 2017, deu lugar ao Eleven Madison Park, de Nova York).

Assim, logo de cara, depara-se com a dificuldade em conseguir uma vaga no tão disputado almoço ou jantar da Osteria Francescana.

sistema de reservas é online, e aberto com 3 meses de antecedência, no próprio site do Restaurante. A lista tem data e hora certas para disponibilização ao público, sempre às 10h (horário da Itália), no início do mês, podendo o calendário destas datas de abertura, vir a ser previamente consultado no site da Osteria. 

No início de Julho (dia 03/07/2017), por exemplo, às 10h da manhã (horário da Itália), serão abertas as reservas para o mês de Outubro/2017. Enquanto isso, as vagas para almoço/jantar nos meses de Julho, Agosto e Setembro já estão todas classificadas como “Fully Booked”, “Al Completo”, ou, no nosso português bem claro: “Lotado. Cheio. Nem adianta chorar”.

As opções são variadas, havendo dois tipos de menu degustação, o de 9 ou 12 pratos, com ou sem harmonização de vinhos:

9-Course Tasting Menu – menu degustação de 9 passos = EUR 220

9-Course Tasting Menu+Wine Pairing – menu degustação de 9 passos + harmonização de vinhos = EUR 350

12-Course Tasting Menu – menu degustação de 12 passos = EUR 250 

12-Course Tasting Menu+Wine Pairing – menu degustação de 12 passos + harmonização de vinhos = EUR 420

O valor é alto, né? Nós também achamos.

Mas, quem já teve a oportunidade de ir, garante que vale cada centavo, e que, se outra oportunidade tivesse, novamente iria e novamente gastaria, euro por euro.

A nossa tentativa – FRUSTRADA – de Reserva de Mesa na Osteria Francescana

Nós, que pretendíamos conseguir uma reserva para o mês de Maio/2017, estávamos lá, a postos, no dia/hora marcados para abertura das vagas, em Fevereiro/2017.

Computador na mão; insere dos dados de cartão de crédito para garantia da reserva; seleciona o dia/refeição desejados; cruza os dedos; aperta “confirmar” – tudo isso em menos de um minuto – e… BOMBA!

Corre, tenta uma segunda opção, em outro dia, em outro horário e… BOMBA DE NOVO!

Em todas as nossas tentativas, fomos automaticamente direcionados a uma lista de espera/desistências. 🙁

A nossa insistência – também FRUSTRADA – de conseguir uma Mesa na Osteria Francescana

Como havia uma lista de espera/desistências, nossa esperança continuava lá, vivinha da silva.

E foi ela que nos fez descobrir, que eram frequentes as desistências por parte das pessoas que conseguiram concretizar reservas antecipadas, mas que, por motivos diversos, não poderiam comparecer na data/hora marcadas.

Assim, com a esperança no coração, lá fomos nós. Recém-saídos de Veneza, buscamos o carro no aeroporto Marco Polo – onde começaria nossa saga pela Toscana – e nos dirigimos a Módena.

Dava até dó. Checávamos o e-mail no esquema da Telesena – de hora em hora – e nada. Nem uma mensagem do “Tio” Massimo.

Chegamos ao cúmulo de ir até a administração do restaurante para confirmar se o nosso e-mail estava certo, se não tinha algo errado com alguma informação que poderíamos ter deixado de fornecer. Afinal, estávamos ali, na porta de uma das experiências que mais tínhamos vontade de viver. E não, não tinha nada de errado.

Resumo da Ópera

Apesar de estar ali, na porta do restaurante, não conseguimos uma vaga. Não provamos a comida do chef Massimo Bottura, e nem pisamos no salão da Osteria Francescana.

O que fazer em Módena, Itália: A fachada do restaurante Osteria Francescana

O que fazer em Módena, Itália: A fachada do restaurante Osteria Francescana

Contudo, a experiência daquele momento nos trouxe algumas reflexões que merecem compartilhamento.

Quando estamos próximos de uma viagem, fazemos mil planos. Dos lugares que queremos conhecer, dos restaurantes que queremos frequentar, das fotos que queremos tirar, das experiências que queremos vivenciar.

Mas, como em todos os momentos da vida, precisamos ser flexíveis também nas viagens. As coisas podem virar do avesso, principalmente as que não dependem só da gente. Mas, e quem disse que o avesso não é o melhor lado pra você, naquela situação, naquele momento?

Não deu certo? Bola pra frente!

Foi isso que fizemos! Depois de saber que não conseguiríamos uma vaga na Osteria Francescana, tínhamos a opção de ir embora de Módena, não tínhamos? Mas não fomos. Lá permanecemos, e foi uma das melhores decisões que podíamos ter tomado! Decidimos que caminharíamos pela cidade, com tranquilidade, e que procuraríamos uma opção bacana para o jantar.

E foi ali, depois de ter tomado o “não”, que tivemos o melhor “sim” da nossa viagem, em questão de restaurante. E isso é assunto para o próximo tópico.

Dica Extra:

Também em Módena, Massimo Bottura é dono de um pequeno bistrô, aberto em sociedade com um dos antigos funcionários da Osteria Francescana.

É o restaurante Franceschetta 58, instalado em uma antiga concessionária. Lá, é possível encontrar duas opções de Menu Degustação, uma mais em conta, no valor de EUR 48; e outra um pouco mais cara, no valor de EUR 65; além, é claro, das opções a la carte, com pratos a partir de EUR 9.

Esta foi uma indicação da recepção do hotel/flat em que nos hospedamos. Mas, infelizmente, para aquele mesmo dia, à noite, não havia mais disponibilidade de mesas.

Se quer viver a experiência que envolve o Massimo Bottura, sem pagar o preço cobrado na Osteria Francescana, essa é a opção pra você!

Faça a reserva com antecedência, pelo site, preenchendo o formulário de “Prenotazioni” (Reserva); ou então, por telefone ou por e-mail. O ideal é que a reserva seja feita com, pelo menos, uma semana de antecedência, pelo que nos disseram os queridos que nos ajudaram lá no Vittorio Veneto 25, onde nos hospedamos.

4) O que fazer em Módena: o restaurante “Antica Moka” e a melhor refeição que fizemos na Itália.

Módena e seus mistérios

Que há algum mistério em Módena, isso é verdade.

A população de menos de 200.000 habitantes, reunida em uma cidade pacata, onde as lojas fecham após o almoço para o descanso de seus donos e funcionários, guarda, em seu histórico e acervo, acontecimentos, monumentos e símbolos importantes para a humanidade.

Você sabia que foi em Módena que nasceram o tenor Luciano Pavarotti, e Enzo Ferrari, o fundador da Scuderia mais famosa do mundo? Você sabia, ainda, que Módena é sede da fábrica da Maserati? Ah! E se você é fã de vinagre balsâmico, saiba que é lá a origem do verdadeiro “aceto”!

A verdade é que, ao decidirmos permanecer em Módena, apesar da tentativa frustrada de jantar no Osteria Francescana, mal sabíamos que nos aguardava, naquela mesma noite, a experiência gastronômica mais surpreendente e deliciosa de toda a Itália.

Antica Moka – um restaurante imperdível em Módena

Um casa rosada, em um canto mais afastado da cidade, esconde um restaurante italiano refinado, com ambiente e música agradáveis, garçons educadíssimos e aptos a explicar sobre todos os vinhos da carta de bebidas.

O que fazer em Módena, Itália: A fachada do restaurante Antica Moka

O que fazer em Módena, Itália: A fachada do restaurante Antica Moka

Pães quentinhos, azeite frutado, pratos delicadamente preparados, mas de sabor marcante. Comida temperada na medida e servida, sem pressa, em um jantar suave, no estilo “slow food”, integralmente harmonizado com vinho branco. Ousadia pura.

Tudo isso, e um grande detalhe – definitivo – para encher o nosso coração de amor: a “Nonna” Italiana, Anna Maria, dona do restaurante, ali, rodopiando pelo salão, cumprimentou a todos os clientes, mesa por mesa, quando explicou, com suas bochechas rosadas e sorriso largo, que, de toda a produção, ela participou e participava, diariamente, desde 1973, quando o restaurante era apenas um Café.

Ao final da refeição pudemos entender o motivo de tanta hospitalidade. Aquele restaurante familiar – iniciado há mais de 40 anos pela Nonna, seu falecido esposo e seu filho – representou/representa, pra todos eles, uma extensão da sua casa.

E nós, os clientes, não éramos apenas clientes. Éramos os convidados da noite, e tudo ali tinha sido preparado com o cuidado de quem quer transmitir ao ente ou amigo querido, através da comida, a sua satisfação, alegria e gratidão pela presença.

E ainda bem que existem as fotografias, para eternizar, de uma maneira mais palpável, as lembranças dos momentos incríveis que tivemos a oportunidade de viver por essa vida! “Nonna, sorria!”

O que fazer em Módena, Itália: Anna Maria, a Nonna do Antica Moka

O que fazer em Módena, Itália: Anna Maria, a Nonna do Antica Moka

O menu, os preços e o valor da experiência

O menu é farto de possibilidades para todos os bolsos e gostos. A opção por nós escolhida foi o Menu Degustação “Viaggio nel Gusto”, com 5 pratos + sobremesa, por EUR 65 por pessoa. Pedimos, ainda, pela harmonização de vinhos conforme sugestão da casa e, por esse adicional, pagamos EUR 25 por pessoa.

Geralmente, quando se participa de um menu degustação com harmonização de vinhos, são servidas rodadas em taças com 2 ou 3 dedos da bebida, conforme a apresentação de cada prato/etapa. Pela lógica, provaríamos 5 taças de vinho, combinadas com 5 pratos do menu degustação, finalizando com a sobremesa.

No Antica Moka, foi diferente. Estávamos em 4 pessoas. E, ao invés de nos servir os costumeiros 2 ou 3 dedinhos de vinho, o garçom deixava, em nossa mesa, a cada nova etapa do menu, uma garrafa INTEIRA de vinho.

E sabem os 5 pratos do menu degustação? Viraram 8, minha gente! Era tanta comida e tanto vinho chegando, que, na hora de ir embora, foi difícil conseguir ter mobilidade para se dirigir até o taxi.

F-A-R-T-U-R-A. Esse é o nome do que você irá encontrar no Antica Moka.

O que fazer em Módena, Itália: Restaurante Antica Moka

O que fazer em Módena, Itália: Restaurante Antica Moka

Portanto, se for a Módena e tiver a oportunidade de escolher um lugar especial para fazer uma refeição, siga o nosso conselho e vá ao Antica Moka. Apenas VÁ!

5) O que fazer em Módena: mais sugestões de lugares para comer/beber 

Neste post, já falamos do Antica Moka, do Franceschetta 58 e da Osteria Francescana.

Mas, na nossa rápida passagem por Módena, conhecemos outros 2 lugares que merecem a nossa menção e indicação, caso este seja um dos seus destinos na Itália.

Mon Cafè – Piccola Caffetteria

Sabe aquele lugar fofo, com opções de mesinhas no salão interno ou no salão externo – que fica na calçada, ao ar livre – pra você parar, sentar, respirar e, por que não, tomar o melhor chocolate quente da vida?

Então! Esse lugar é o Mon Cafè, em Módena!

Além das opções de cafeteria – o carro-chefe do estabelecimento – no horário das 18h às 20h, o Mon Cafè se transforma em um bar de “tapas” ou petiscos (a partir de EUR 7), com ênfase nos mais diversos tipos de cocktails.

Nos sentamos por lá em um final de tarde, e tomamos um chocolate quente que estava DELICIOSO (EUR 4).

O que fazer em Módena, Itália: Chocolate Quente do Mon Cafè

O que fazer em Módena, Itália: Chocolate Quente do Mon Cafè

Calle 9 Lounge&Pizza

Essa dica é pra você que, assim como nós, tem dificuldades de voltar cedo pra casa.

A proposta do Calle 9 Lounge&Pizza é a de oferecer – em meio a uma cidade mais tradicional, onde os estabelecimentos fecham mais cedo – cerveja gelada, pizza gostosa, música boa, gente bonita e descolada, até, pelo menos, 1 da manhã, diariamente.

Há petiscos a partir de EUR 6,50, além de bebidas alcóolicas a partir de EUR 3,50.

Vale a visita!

Dica do nosso amigo/seguidor Lipe Paiga. Valeu demais, Lipe! 😉 

Ristorante Montana

Este restaurante fica em Maranello, onde está instalada a fábrica da Ferrari.

Os donos, Rosela e seu esposo, são pessoas fantásticas!

O estabelecimento é todo decorado com peças de carros de Fórmula 1 da Ferrari, e com capacetes de pilotos.

A comida, além de barata, é deliciosa. Os pilotos e a cúpula da Ferrari são clientes assíduos do Ristorante Montana. 

Outra dica do nosso amigo/seguidor Lipe Paiga. Valeu demais, Lipe! 😉 

Outras opções de restaurantes para Café da Manhã, Almoço e Jantar em Módena: indicações do Hotel Vittorio Veneto 25

Além das opções que já repassamos a vocês acima, achamos que seria legal também compartilhar a listagem que nos foi disponibilizada pelo Vittorio Veneto 25 durante a nossa estadia, com algumas indicações de restaurantes para café da manhã, almoço, jantar e o “after” do jantar. Vejam o mapinha abaixo:

Dos estabelecimentos por eles indicados, estivemos apenas no Mon Cafè. Mas, se você vai passar por Módena com mais tempo do que a gente, aproveite! E se experimentar alguma das indicações deste post, contem aqui nos comentários! Vamos adorar saber! 🙂

6) O que fazer em Módena: mais pontos e atividades de interesse 

Como dissemos acima, a nossa passagem por Módena foi relâmpago. Permanecemos na cidade por menos de 24 horas e, como já estávamos com a nossa programação apertada, infelizmente não tivemos a oportunidade de conhecer alguns dos pontos de interesse mais procurados neste destino.

Mas, de qualquer maneira, listaremos abaixo as principais atividades disponíveis em Módena para que, se você passar por lá com mais tempo do que a gente, possa avaliar o que vale a pena conhecer!

A Catedral / Musei Del Duomo / Torre Ghirlandina / Palazzo Comunale

Museo Casa Enzo Ferrari (onde o criador da Scuderia nasceu, em 1898)

Teatro Comunale Luciano Pavarotti (excelente casa de ópera, aberto em 1841). Foi assim nomeado apenas em 2007, quando da morte do tenor, “filho” de Módena.

Enoteca Ducale – excelente lugar para comprar vinagres balsâmicos – de verdade – envelhecidos de 3 a 100 anos; onde, além de comprar, é possível experimentar.

É isso, pessoal!

Esperamos que as dicas possam ajudar! E se tiverem sugestões ou comentários, compartilhem com a gente! Vamos adorar saber! 🙂

Tags: , , , ,

por
  • Divã da Moda

    Olá! Gostaria de saber se é necessário reservar o Antica Moka

    • passagensimperdiveis

      Olá! Nós reservamos lugar no Antica Moka e sempre aconselhamos a fazer o mesmo em todos os restaurantes da Itália.

      Dica: Acesse o The Fork, do Trip Advisor e faça as suas reservas online: https://www.thefork.com.br

      Abraços e aproveite a viagem! Amamos a Itália!

Copyright © 2014 - 2017 Passagens Imperdíveis. Todos os direitos reservados.