Belo Horizonte: aproveite o melhor da capital mineira!

05-05-17 às 11:59 am 2 comentários

roteiro_Belo_Horizonte_mg

 

O Passagens Imperdíveis é mineiro, nascido e criado em Belo Horizonte, e é claro que sabe receber as pessoas muito bem.

Na minha passagem pelo Brasil, fui convidada a conhecer o melhor da capital mineira e compartilhar a viagem com todos os nossos seguidores, através do Stories do nosso Instagram.

Recebi centenas de dicas de outros mineiros apaixonados por BH – muito obrigada! -, e pude comprovar que, além de deliciosa, a cidade é também cheia de atrações culturais interessantes.

Veja abaixo a nossa seleção e surpreenda-se com uma das capitais mais incríveis do Brasil!

Ah! E se quiser dar uma esticadinha até Ouro Preto, veja aqui  o nosso bate e volta para lá!

Comer, comer e amar

Se BH não te conquistar pelo coração, com certeza o fará pelo estômago. E, para começar a conhecer o incrível mundo da culinária mineira, vale a pena visitar o Mercado Central, onde são vendidos queijos, doces, pimentas e muitos outros produtos locais.

Além disso, há vários restaurantes, onde você pode experimentar clássicos como o fígado e jiló na chapa, acompanhado de cerveja geladinha. Ah! E é um excelente local para comprar lembrancinhas por bons preços.

Mercado_central_BH_MG_Figado_com_Jilo

Para ver uma faceta mais contemporânea da gastronomia mineira, você precisa conhecer o restaurante Glouton, onde o chef Léo Paixão faz releituras saborosíssimas de pratos clássicos, como a arroz de galinha caipira com couve, quiabo e jerez.

Sem falar nas entradinhas, que também são incríveis, como a Pastilha de Queijo Canastra com Mel, e as sobremesas, que além de deliciosas, são muito fotogênicas, como você pode ver na foto abaixo 😉

 

Sobremesa_Morango_BH_MG_Glouton

 

Outro restaurante que vale a pena visitar é o Mercearia 130, que serve boas carnes com acompanhamentos que variam a cada dia, como a farofa de banana, além do famoso “Picolé Mineiro”, um torresmo gigantesco e suculento.

Dois pratos pelo preço de um

Uma das melhores dicas gastronômicas para quem mora em BH ou deseja visitar os principais restaurantes da cidade, como o Glouton, é aproveitar os caderninhos de desconto.

Há duas opções: o Duo Gourmet e o Passaporte Gastrô. Ambos funcionam da mesma forma, contam com páginas destacáveis, que te dão direito a comprar dois pratos nos restaurantes parceiros pelo preço de um – ambos devem custar o mesmo valor ou você pagará apenas o preço cheio do mais caro. Cada restaurante especifica as regras de uso, dias e horários em que o cupom é válido.

Você pode comprá-los diretamente no site de cada um, ou em supermercados, como o Verdemar e o Super Nosso. Eles custam em média R$ 60, variando de acordo com a promoção vigente, e incluem cupons de desconto para aproximadamente 50 restaurantes.

Arquitetura e história

 

Casa_do_Baile_Pampulha_BH_MG_2

 

Se você gosta de arquitetura, vai amar ver as construções desenhadas por Oscar Niemeyer espalhadas pela cidade. Ao redor da Lagoa da Pampulha estão as mais famosas, a Casa do Baile, a Igreja de São Francisco de Assis e o Museu de Arte da Pampulha.

Dá para fazer o passeio ao redor da lagoa caminhando ou de bike, desde que você tenha bom condicionamento físico e tempo, já que são 18 quilômetros de orla. Outra opção é pegar uma jardineira retrô, da década de 50, que conecta as atrações da região aos sábados, domingos e feriados, por R$ 20, com direito a guia.

O meu lugar favorito é a Igreja de São Francisco, por conta de seus belíssimo painéis assinados por Cândido Portinari, que retratam a via sacra de Cristo, mas também a vida do santo que dá nome à igreja.

A Casa do Baile é um ótimo local para tirar fotos, principalmente na parte externa com azulejos lindos e jardins de Burle Marx, além de ver exposições gratuitas.

Bem mais recente, a Cidade Administrativa também foi desenhada por Oscar Niemeyer e suas obras foram concluídas em 2010. Não é um lugar para ser visitado por turistas, já que abriga apenas os servidores públicos, porém, você provavelmente a verá se descer no Aeroporto Internacional Tancredo Neves. Falando nele…

Dos Confins da terra até Beagá

O aeroporto que recebe a maior parte dos voos fica bem longe dos principais bairros da capital mineira e, muitas vezes, se você pegar um táxi ou até mesmo Uber lá, vai acabar gastando mais pela corrida que pelo bilhete aéreo – ainda mais se aproveitou uma promoção do Passagens Imperdíveis 😉

Para economizar dinheiro e até mesmo tempo, recomendamos que você utilize um dos dois ônibus que conectam o aeroporto à cidade.

O Conexão Aeroporto é excelente para quem quer ir para o centro, já que ele pára na Pampulha, na Rodoviária e no Terminal da Álvares Cabral, e a passagem custa entre R$ 13,45 e R$ 29,35.

Já o Conexão Nova Lima é a melhor opção para quem quer ir para Buritis, Belvedere e outros bairros mais distantes, e a passagem custa R$ 37,20.

Além de ser bem mais baratos que táxis, os ônibus ainda contam com água, ar condicionado e wifi a bordo.

Arte e cultura grátis!

Um dos principais pólos culturais da cidade é o Circuito da Praça da Liberdade, que é rodeada por excelentes museus e espaços de arte.

Nós conseguimos visitar o belíssimo Centro Cultural do Banco do Brasil, que, além de ficar na antiga Secretaria de Segurança Pública, abriga exposições gratuitas e também peças teatrais por preços populares.

Também fomos ao c, que conta a história do estado desde o século 17, através de mostras multimídias e muitas vezes interativas. Além disso, o espaço também tem salas em homenagem a artistas mineiros, como Carlos Drummond de Andrade e Guimarães Rosa.

Memorial_de_Minas-Gerais_Vale_BH_MG

Outros lugares que você pode visitar gratuitamente neste circuito são:

Casa Fiat de Cultura, que apresenta grandes exposições de arte no antigo Palácio dos Despachos, que foi completamente restaurado para abrigar obras de diversos artistas nacionais e internacionais;
Espaço do Conhecimento UFMG, mais focado na origem da vida e no desenvolvimento do conhecimento científico;
Museu das Minas e do Metal, que aborda questões relacionadas à mineração e à metalurgia;
Centro de Arte Popular, com exposições de artesanato local, feito com argila, madeira, pedra sabão e outros materiais;
Palácio da Liberdade, um dos principais cartões postais da cidade, é a antiga sede do governo mineiro e conta com lindos painéis;
Museu Mineiro, com uma coleção riquíssima de arte sacra, com mais de dois mil e seiscentos objetos, divididos em 32 coleções.
Arquivo Público Mineiro, que é a instituição cultural mais antiga de Minas Gerais e tem documentos dos períodos colonial, imperial e até republicano, como fotos e livros;
E a Biblioteca Pública Luiz Bessa, que foi projetada por Oscar Niemeyer – sim, Juscelino Kubitschek era fã do arquiteto! -, e conta com mais de 200 mil obras, além de galeria de arte e teatro.

Café e pão de queijo

Claro que uma visita à cidade precisa incluir um cafézinho com pão de queijo! E o que não faltam são excelentes opções para se deliciar com essa combinação em Belo Horizonte.

O nosso local favorito é a Academia do Café, que serve excelentes capuccinos e filtrados, além de vender deliciosos pães de mel e de queijo.
Para quem quer aprender mais sobre a produção, torra ou consumo do café, o local conta ainda com uma escola nos fundos, onde você também pode ver um pequeno cafezal.

Academia_Cafe_BH_MG

A Pão de Queijaria é um clássico de BH, com seus pães feitos com diversos tipos de queijo do estado – a cada dia da semana um diferente! -, além das opções recheadas, com outras delícias mineiras, como o doce de leite Viçosa.

Se você quiser levar para casa o pãozinho congelado, uma boa opção é ir ao Verdemar, onde a estrela é o feito com mais pedacinhos de queijo misturados com a massa. Ah! O mercado também conta com uma versão sem lactose!

Aos finais de semana é possível tomar um brunch, combinando as bebidas da Academia do Café com pães artesanais feitos na hora, no Mercado Grano, em Nova Lima, que conta também com restaurante, floricultura e uma programação cultural muito interessante.

Se você prefere chá, não tem problema, a cidade conta com um espaço super charmoso, com bolos e várias opções da bebida quentes e geladas, no Chá Comigo!

Ufa! Tem como não amar BH, com o estômago e coração? 🙂

Veja o mapa com todas as atrações que indicamos!

Por conta das inúmeras dicas que recebemos, após a minha ida para São Paulo – veja o roteiro aqui -, a Patrícia, uma das fundadoras do Passagens Imperdíveis, continuou o tour pela capital mineira e compartilhará seu roteiro em um próximo post!

Tags: , , , , , , , , ,

por
  • augustog81

    Pão de Queijaria classico? Menos.. Menos.. tem 3 anos de existência, pao de queijo carissimo e cheio de invencao de moda.. No Mercado Central temos A comercial Sabia, com seu otimo pao de queijo (com ou pernil), no VerdeMar temos um excelente pao de queijo, na Cafeteria Tamois o melhor pao de queijo barato da cidade. Nao falaram da praça do Papa? Eh.. tem muito que acrescentar nesse post ai…

    • passagensimperdiveis

      Oi, Augusto! Tudo bem? Sobre o seu comentário, com certeza ainda ficou muita coisa de fora. BH é uma cidade muita rica e há muito o que explorar. Por isso, tentamos dar preferência às dicas dos nossos seguidores mineiros, e a Pão de Queijaria foi citada por 99% das pessoas rs Mais pra frente, vamos fazer um complemento com mais dicas de BH. Obrigada por compartilhar suas experiências com a gente! Já anotamos por aqui. Grande abraço!

Copyright © 2014 - 2017 Passagens Imperdíveis. Todos os direitos reservados.